Equipe Personare
  • Por Equipe Personare
  • Leia em 4 min.
  • 19/06/2019
  • Atualizado em 04/06/2020 às 13:07

Tudo sobre o signo de Câncer

Todo mundo tem Câncer no Mapa Astral. Descubra quais características cancerianas você manifesta na sua vida

Características de Câncer: proteção, instinto materno/paterno, sensibilidade, emoção e acolhimento

Tudo sobre o signo de Câncer

O signo de Câncer é o quarto do Zodíaco e o o primeiro da tríade do elemento Água. Se em Áries temos a época do plantio, em Touro a germinação da semente e em Gêmeos a transformação da semente em planta, em Câncer temos os frutos.

Em Câncer encontramos as nossas emoções, a nossa mãe, a nossa relação com a maternidade, com o nosso lado feminino, assim como aquilo que trazemos do nosso lar, da nossa infância e do nosso passado.

Signo de Câncer

  • Elemento: Água;
  • Planeta regente: Vênus e Júpiter;
  • Cores: branco, cinza-claro, prateado, creme, azul-acinzentado, e bege-perolado;
  • Flores e aromas: lírio branco, rosa branca, camélia, palma rosa, dália, miosótis, papoula, hortênsia, crisântemo, copo-de-leite, madressilva, lavanda, camomila e mirra;
  • Pedras: ágata, pedra da lua, opala branca, cristal, madrepérola, pérola, selenita e diamante.

Signo de Câncer: datas

  • 21 de junho a 22 de julho (O dia que um signo inicia ou termina pode sofrer variações anualmente. Entenda aqui)
  • Em 2020, o Sol entra em Câncer em 20 de junho, às 18h43.

Signo de Câncer: personalidade

Entre suas virtudes temos sua capacidade criativa (como todo signo de água), sua capacidade de amar profundamente e de empatia.

Entre seus pontos problemáticos temos a instabilidade emocional, que como a Lua, é feito de fases, sua dificuldade em enfrentar conflitos ou confrontar problemas faz com que sua abordagem às situações é sempre indireta e sua dificuldade em perceber eventos de forma objetiva.

Tudo que lhe chega desde o ambiente é “filtrado” pelas suas emoções e, como tal, são passíveis de interpretação subjetiva, que nem sempre pode ser facilmente entendido pelos demais.

Signo de câncer e o Amor

Em Câncer temos o primeiro signo romântico na mandala zodiacal. Eles são emotivos, sensíveis e perceptivos, e sentem uma grande necessidade de proteção.

Para isso, rodeiam-se de seus seres queridos, na esperança e desejo de que, dentro de uma unidade familiar, seja possível proteger-se do mundo lá fora- que, a seu ver, é duro, frio e cruel.

Protetor e sensível, Câncer inventa formas de cuidar do outro, tornar-se necessário e exercer com ternura suas artes lunares.

Ninguém resiste aos seus rituais de conquista. Ele cerca a pessoa tão carinhosamente, mima com tantos requintes, que o outro, em muito pouco tempo, está instalado “no colo canceriano”.

O canceriano pode parecer frio ou seco quando, na verdade, é apenas contido por alguma timidez inata dentro de silenciosas e ternas atitudes que, por serem discretas, passam despercebidas para os menos sensíveis ou para todos aqueles que não sabem ouvir o silêncio.

Signo de Câncer: Casa e a família

A ideia de família, a valorização dos laços de parentesco e de relacionamentos afins, deriva da ideia de casa que, por decorrência, também deu origem à ideia de pátria.

Nada é tão importante para Câncer como ter e manter sua casa criando um ambiente acolhedor onde todos se sintam bem recebidos e alimentados. A figura da casa tornou-se o arquétipo universal em qualquer região do mundo.

Os cancerianos são sempre um ponto de união: são agregadores, adoram nutrir os que amam  e precisam ter raízes.

É só quando sabem que têm um lugar ao qual pertencem e para onde sempre podem voltar para recarregar as energias que eles se sentem fortes e capazes o suficiente para ir atrás de suas grandes ambições. E quando lhe falta a família?

O Canceriano típico pode perder seu sentido de direção ou ter muita dificuldade para encontrar seu propósito de vida. O lar, a relação com a mãe e com o pai e o núcleo familiar são as bases que lhe formam e lhe constroem.

Na falta disso, eles podem se desconectar do seu mundo emocional e tornarem-se tímidos, medrosos, carentes e infantis.

Para se resgatarem e voltarem a viver dentro da manifestação mais elevada do arquétipo, eles precisarão passar por uma reconstrução interna que lhes permita se reconectar com aquilo que os move – seus sentimentos.

Mas só conseguirão faze-lo quando tiverem coragem de olhar para grande dor que sentem pela ausência da base familiar.

Signo de Câncer: maternidade e paternidade

As mães e pais de Câncer são os que desempenham melhor as três mais importantes funções necessárias ao desenvolvimento de todo indivíduo:

  1. A função educadora: preparam a criança para se adaptar às normas da escola e receber o aprendizado.
  2. A função agregadora; preparam a criança para se integrar à família, aceitando suas hierarquias naturais como base da sociedade. Ensinam o prazer de pertencer a um grupo unido por laços de parentesco e amizade e a honrar o espírito de família.
  3. A função sociopolítica: preparam o indivíduo psiquicamente para se integrar á sociedade como futuro cidadão ético, respeitoso e participante do destino de seu país.

Signo de Câncer e finanças

Câncer se relaciona com tudo em sua vida desde uma perspectiva emocional. Assim, ele é do tipo que poderá ganhar ou gastar mais segundo seu estado emocional.

De forma geral, os cancerianos encaram o dinheiro como um meio que lhes permite não deixar faltar nada para quem amam – uma ferramenta de nutrição e proteção.

Mas, em sua manifestação mais problemática, o dinheiro será mais importante na medida em que lhe faltarem elementos de nutrição emocional.

Com isso, ele pode ser tão possessivo em relação a bens como em relação a pessoas – tudo depende do quanto ele esteja nutrido.

A pessoa do signo de Câncer pode ter dificuldades em ser produtivo se estiver com problemas familiares ou de relacionamento.

Ou, diante de uma grande perda emocional, pode focar na acumulação financeira, tentando compensar a falta que sofreu e (inconsciente e simbolicamente) tentando evitar que ocorra uma nova falta futura.

Signo de Câncer: carreira e profissão

Muito ambicioso, a pessoa do signo de Câncer sempre terá preferência por trabalhos envolvendo atividades de ajuda, assistência e cuidado.

Isso não significa que todos trabalharão nas áreas de humanas ou sociais, mas sim que (mesmo se estiverem trabalhando em um ambiente corporativo focado em tecnologia) a forma como exercerão o seu trabalho será focada em trazer algum tipo de assistência, ajuda ou cuidado para o seu público.

Além disso, seus talentos artísticos favorecem trabalhos em áreas de publicidade e marketing pessoal.

Sua natureza gentil e diplomática, e sua capacidade de captar intuitivamente o que outro deseja para entregar a ele aquilo que espera, facilita a comunicação e a “venda” de uma ideia, imagem ou produto.

Ascendente em Câncer

Os nativos com ascendente no signo de Câncer costumam ser sensíveis, deixando as pessoas confortáveis em sua presença.

Dotados de uma atitude naturalmente cuidadora, são muitas vezes considerados pelos outros como um ponto de segurança e um referencial de comportamento.

Por não gostarem de brigas, preferem se esquivar de situações de conflito. Mesmo quando se envolvem em discussões, costumam ter uma atitude delicada, procurando pensar na melhor maneira de dizer algo, evitando magoar as pessoas.

Esses nativos podem ser bastante tímidos, muito embora sejam capazes de sentir as emoções de forma intensa.

ascendente é a “máscara social” que uma pessoa usa para se mostrar ao mundo.

É por isso que o posicionamento revela, por exemplo, as formas de se vestir e se expressar de alguém, já que isso ajuda a construir a impressão que você passa ao conhecer e conversar com outras pessoas.

O ascendente atua como um cartão de visitas, apresentando quem cada um é.

Todo mundo tem Câncer no Mapa Astral

No vídeo abaixo, a maior astróloga do país, Maria Eugênia de Castro, fala tudo sobre Câncer e suas principais características com muito bom humor!

 

Olá, essa matéria foi útil para você?
Equipe Personare

Equipe Personare

Nós, da equipe Personare, também estamos em um processo constante de conhecimento sobre nós mesmos, sobre o mundo e sobre as relações humanas. Saiba mais