Guia de alimentos que aumentam a imunidade

Saiba quais alimentos, chás e probióticos podem ajudar a melhorar sua saúde

Em primeiro lugar, antes de pensar em alimentos que aumentam a imunidade, devemos nos prevenir do contágio de vírus, bactérias e outros agentes causadores de doenças. Nesse momento, isso significa:

  • Permanecer em isolamento social
  • Lavar as mãos com água e sabão frequentemente
  • Seguir todas as orientações que a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda

Porém, mesmo tomando todos estes cuidados, corremos o risco de nos contagiar com vírus, bactérias, protozoários ou outros microorganismos e desenvolver doenças. E então? O que fazer?

O que podemos fazer desde sempre é cuidar da nossa saúde e, mais especificamente neste momento, da nossa imunidade. Alimentação é a base para isso! Beber muita água e chás é um ponto extremamente importante para aumentar a imunidade.

Neste guia de alimentos para aumentar a imunidade, vou listar quais itens e nutrientes você deve incluir na sua alimentação com o objetivo de melhorar sua saúde como um todo.

Alimentos que aumentam a imunidade

Frutas, Legumes e Verduras

Opte principalmente por aqueles que são ricos em vitamina C e vitamina A. É importante consumir 0,5 kg de vegetais por dia e incluir três porções (xícaras) de frutas, espalhadas ao longo do dia.

  • Frutas e Sucos: capriche nas cítricas como laranja, limão, mexerica, abacaxi, acerola, goiaba, açaí, kiwi.
  • Alho: óleo de alho (suplemento nutricional), macerado, molho pesto, tempero verde.
  • Gengibre: chá, no suco, como tempero ou no shot.
  • Cúrcuma: no suco, no shot, como tempero na comida.
  • Castanha do Pará: tem selênio (facilmente temos deficiência).
  • Abacate: rico em vitamina E, é um antioxidante poderoso.
  • Vitaminas do Complexo B: cereais integrais, folhas verdes escuras, leguminosas, salmão, fígado e vísceras, ovos, carnes, frutos do mar.
  • Caldo de Ossos: beba em forma de canja.
  • Proteínas: ovos, leguminosas (feijões, grão de bico, lentilha, ervilha), tofu, frango orgânico, peixes menores (sardinha).
  • Zinco: Nozes, amêndoas, castanhas, sementes de abóbora (antioxidantes).

Infusões e chás

Esses são os que eu indico: gengibre, alho, limão, anis estrelado, cravo, unha de gato, Echinácea (angustifloia ou purpúrea), Espinheira Santa, Melão de São Caetano.

Pré e probióticos

  • Aveia: contém fibras prebióticas (betaglucana) que são alimentos para as bactérias benéficas do intestino.
  • Verduras: capriche nas folhas refogadas ou como salada
  • Fermentados: iogurte de inhame, missô, chucrute, rejuvelac, kefir de água e Kombucha.

Alimentos para evitar

Evite leite e derivados, açúcar, farinha branca e alimentos industrializados (aditivos alimentares e gordura vegetal hidrogenada).

Como aumentar a imunidade

A alimentação é muito importante no processo sobre como aumentar a imunidade, mas não é a única coisa que você deve ter atenção. Aqui vão mais algumas dicas para você cuidar da sua saúde:

Higiene do sono

  • Não ficar na frente de eletrônicos até uma hora antes de dormir porque a luz azul que incide nos olhos impede a produção de melatonina (hormônio do sono).
  • Abaixe as luzes do ambiente, de preferência que sejam luzes indiretas (abajures e luminárias) e amarelas ao invés de brancas.
  • Não assista a programas e filmes violentos, sensacionalistas e estimulantes logo antes de dormir.
  • Não jogue videogame e jogos que estimulam o cérebro perto da hora de dormir.
  • Faça uma meditação ou respiração profunda antes de dormir.
  • Use óleo essencial de lavanda na sola dos pés antes de dormir ou no difusor ao lado da cama.
  • Faça um escalda pés com sal marinho e óleo de eucalipto ou lavanda.

Yoga e Meditação para reduzir o estresse

A respiração que fazemos durante a prática de Yoga ajuda a alcalinizar o sangue, portanto dificulta o ambiente endógeno para possíveis infecções. Além disso, a meditação melhora o estresse e a ansiedade.

Lembre-se que o nosso estado emocional tem grande influência sobre nossa imunidade. Sendo assim, manter-se calmo e com saúde emocional tem efeitos benéficos para o organismo.

Praticar atividade física regularmente e expor-se ao sol por 15 minutos todos os dias também ajudam a aumentar a imunidade. O sol ajuda na síntese da vitamina D.

Outra dica é manter o corpo quente e evitar passar frio.

Suplementos e imunidade

Antes das dicas de suplementos nutricionais é importante destacar que você NÃO DEVE FAZER SUPLEMENTAÇÃO POR CONTA PRÓPRIA. Sempre consulte um nutricionista ou médico e siga as recomendações desses profissionais.

  • Produtos apícolas: Extrato de Própolis (20 a 30 gotas por dia), mel e geleia real.
  • Selênio (quelado)
  • Zinco (quelado)
  • Glutamina
  • Vitamina D
  • Vitamina C revestida: NÃO tomar efervescente! (manipulada: sem açúcar e sem corantes).
  • Echinácea: tintura – fitoterapia (se sentir sintomas).
  • N-acetilcisteína: aumenta níveis de glutationa, um ótimo antioxidante produzido pelo próprio corpo (fluidificante de muco, expectorante).
  • Ferro (quelado): somente se houver deficiência.