Vida caótica? Florais e Aromaterapia podem ajudar a reencontrar seu centro

Aromas e essências florais trazem o equilíbrio necessário para a vida

Vida caótica? Florais e Aromaterapia podem ajudar a reencontrar seu centro

Há épocas em que tudo acontece ao mesmo tempo: perda do emprego ou excesso de trabalho, filhos doentes, entrega da tese de mestrado, parceiro estressado… daria para encher páginas de problemas – dos mais simples, mas que tiram nosso sono, aos mais sérios, como os que mexem com nossa saúde ou a de alguém próximo. Pensando em levar conforto com foco e esperanças renovadas, propomos unir aromas e essências florais para encorajar o equilíbrio necessário que descomplica a vida em determinados temas.

Como você reage às adversidades?

Diante do caos, as pessoas têm reações diversas: paralisam e deixam a imaginação fazer com que os problemas cresçam, começam a tomar atitudes precipitadas e desconexas para aplacar a ansiedade, buscam vários ouvidos e ombros amigos soltando lamúrias sem uma reflexão maior, ou se vitimizam acreditando que são as pessoas mais sem sorte do planeta.

Por outro lado, existem aqueles que deixam que o excesso de otimismo os afaste da realidade pouco confortável: o mundo está desabando e elas entram em estado de negação achando que “isso não é nada” e que vai passar como mágica sem que seja necessário interferir de alguma forma. São os que não têm energia para tomar uma atitude e vão deixando para amanhã ou ficam buscando razões para adiar o que precisa ser feito.

Aumentar ou minimizar os problemas gera desconforto, seja pela dramaticidade ao encarar os fatos, seja pela expectativa das soluções alheias à nossa ação. Nem o pessimismo nem o excessivo otimismo parecem trazer resultados confortáveis. Às vezes estamos, também, sem inspiração para reflexões profundas e desejamos algum tipo de ajuda que desperte em nós um olhar mais suave sem deixar de ser realista. Precisamos de um caminho do meio.

Como usar essas terapias complementares e integrativas

Para achar esse caminho do meio e reencontrar o nosso centro, podemos usar terapias complementares e holísticas como Aromaterapia e florais para buscar o equilíbrio em situações de ansiedade, pessimismo, medo, escassez e também exaustão física e mental. Veja abaixo sugestões de fórmulas florais e óleos essenciais para cada situação.

Para a fórmula floral (florais de bach):

Às vezes, parece que todas as essências foram feitas para nós. Por isso é preciso refletir honestamente e escolher apenas as essências que refletem seu estado de alma. O melhor é escolher até seis essências para compor uma fórmula para que se possa perceber com mais nitidez e consciência os efeitos. Se optar por usar mais, não haverá problema algum.

Modo de usar:

Tomar quatro gotas debaixo da língua ou diluída em água, pela manhã, após o almoço, no final da tarde e antes de dormir. Caso sinta necessidade de tomar mais vezes no dia, não há restrição. Um frasco de 30ml dura aproximadamente de 20 a 30 dias, dependendo do consumo. Se houver restrição a álcool, peça o preparo da fórmula em glicerina vegetal.

Para os óleos essenciais (aromaterapia):

Em que momento utilizar? Logo pela manhã, ao acordar, após o almoço, no final da tarde e antes de dormir (com exceção para óleos estimulantes como canela, hortelã e alecrim).

Alguns óleos essenciais têm contra indicações. O alecrim (estimulante) não deve ser utilizado por hipertensos e em casos de epilepsia. Evitar também o uso na gravidez. Por isso, antes de fazer uso dos óleos essenciais é necessário consultar um aromaterapeuta para que através da anamnese possa te ajudar na escolha dos óleos corretos para você.

Florais e óleos essenciais

Juntos, florais e os óleos essenciais potencializam e reforçam o objetivo a ser alcançado. Os produtos estão disponíveis para compra geralmente em farmácias e lojas de produtos naturais. Todavia, cada pessoa tem suas singularidades e, embora as essências florais e óleos essenciais possam ser escolhidos e utilizados por todos, é desejável consultar um terapeuta especializado ou aromaterapeuta para obter orientações específicas de uso.

Nem sempre, a pessoa percebe determinados estados de alma como medo e insegurança. Um profissional experiente pode identificar com mais precisão suas demandas emocionais.

No caso dos óleos essenciais, porém, se usados de forma errada, sem orientação do aromaterapeuta, podem sim causar problemas. Uma gota de óleo essencial pode ajudar e muito, não há necessidade de usar grandes quantidades. A lavanda, por exemplo, em grande quantidade, em vez de relaxar, pode deixar a pessoa agitada. Por isso, existe a necessidade de consultar o aromaterapeuta ou terapeuta para indicar o melhor tratamento.

*Colaborou Solange Lima

Consulta com a colaboradora

Celia Lima

Celia Lima

Psicoterapeuta Holística, utiliza florais e técnicas da psicossíntese como apoio ao processo terapêutico. Presta atendimento individual e em grupo, e serviços de mentoring pessoal e profissional.