Marcelo Anselmo
  • Por Marcelo Anselmo
  • Leia em 2 min.
  • 29/03/2020
  • Atualizado em 15/09/2020 às 15:41

Três benefícios do Mindful Eating para controlar a fome emocional

Meditação na hora da alimentação pode atuar na prevenção dos sintomas gerados pelo Transtorno de Ansiedade

Três benefícios do Mindful Eating para controlar a fome emocional

Você sabia que a população brasileira é a que apresenta a maior taxa de Transtorno de Ansiedade Generalizada do mundo? Aproximadamente 10% dos brasileiros têm esse diagnóstico, resultando em mais de 21 milhões de pessoas com sintomas de ansiedade que podem desencadear questões como a fome emocional.

A Ansiedade nos leva a inúmeros desequilíbrios no que costumo chamar de Triângulo da Dinâmica Humana, isto é, a união Mente, Corpo e Emoções, que apresenta-se em algumas manifestações como: agitação mental, perda de memória, aumento da tensão muscular, acidez estomacal, insônia, baixa tolerância às adversidades e irritação excessiva.

E é a fome emocional, dentre essas manifestações, vem chamando bastante atenção da sociedade.

Mindful Eating para controlar a Fome Emocional

O Transtorno de Ansiedade faz com que tenhamos mais ânsia do futuro, não é mesmo? Este quadro nos gera uma reação de estresse duradoura, gerando aumento do gasto energético, onde precisaremos mais de energia (alimento).

Isto é o que chamamos da fome fisiológica, que também está dentro do leque de consequências da Ansiedade.

Nesse contexto, você pode somar à fome fisiológica, o que intitulo de Fome Emocional, isto é, colocarmos na alimentação as “válvulas de escape” que todo o ser humano tem necessidade. Dessa forma, empregamos na comida nossas frustrações, angústias e desagrados!

Uma das técnicas mais simples e efetivas para a redução desta Fome Emocional propagada pela Ansiedade é o Mindful Eating, o Comer Consciente! Dentre diversos benefícios desta técnica, trago aqui três dos principais:

  1. Colocar a Atenção Plena na alimentação gera maior consciência do ser no ato da refeição em si. Dessa maneira, conseguimos ter a percepção se estamos comendo no piloto automático, ou seja, se alimentando muito rápido ou justamente apenas para compensar uma insatisfação;
  2. Os exercícios de percepção sensorial perante ao que estamos comendo aprofundam a conexão com o alimento, com aumento da profundidade de experiência e liberando sensações de prazer e felicidade para todo o organismo, evento que reduz o fenômeno de fome emocional.
  3. Praticar o Mindfulness, Meditação da Atenção Plena, em um plano de prevenção e/ou tratamento complementar e aliado ao Mindful Eating ajuda nosso equilíbrio emocional ao longo do dia, minimizando a irritabilidade e aumentando a tolerância comportamental, o que, por sua vez, atua diretamente na diminuição da Ansiedade.
Olá, essa matéria foi útil para você?
Marcelo Anselmo

Marcelo Anselmo

Fisioterapeuta e Professor de Educação Física; Mestre em Educação; MBA em Marketing; Especialista em Gerontologia; Certificado em Gerenciamento de Estresse; Especialista em Mindfulness e Mindful Eating. Contato: marcelo@plenitudebemestar.com.br Saiba mais