Marcia Fervienza
Por Marcia FervienzaLeia em 5 min.11/05/2020 Atualizado em 13/05/2020

Planetas retrógrados e os signos: as previsões para maio e junho de 2020

Sensação pode ser de vida em pausa com a retrogradação de Plutão, Saturno, Vênus, Júpiter, Mercúrio e Netuno

Durante os meses de maio e junho de 2020, seis planetas pessoais e transpessoais entrarão em aparente movimento retrógrado no céu. São eles:

O movimento retrógrado é aparente porque a órbita dos planetas não entra em movimento retrógrado. O que ocorre, na verdade, é que o seu posicionamento em relação ao Terra durante tais períodos faz com que os vejamos como se estivessem “andando para trás”.

E como a Astrologia trata da interpretação dos eventos conforme nós os vemos desde a Terra, o aparente movimento retrógrado dos planetas costuma influenciar os aspectos psicológicos que tais planetas representam.

Vênus retrógrado em 2020: atenção Gêmeos, Virgem, Sagitário e Peixes

De 13 de maio a 24 de junho, Vênus – planeta que representa valores, relacionamentos e autoestima – entra em movimento retrógrado no signo de Gêmeos.

Isso significa que para todos os signos, mas especialmente para geminianos, virginianos, sagitarianos e piscianos, o momento é de revisão, de olhar para dentro e olhar para trás no que se refere a assuntos tratados por Vênus.

Temos várias opções a nossa disposição, mas as opções são boas? Têm profundidade? Têm substância?

Durante Vênus retrógrado, evite começar novos relacionamentos ou investimentos financeiros, e esteja preparado para o retorno de gente do passado.

Para saber se vale investir ou não, pergunte-se: deu certo antes? Se não deu, porque daria agora? Você tem o sinal verde, no entanto, para retomar projetos discutidos anteriormente, amorosos ou financeiros, que não progrediram.

20 de maio: o encontro de Vênus e Netuno retrógrados

Note que em 20 de maio, Vênus se encontrará com Netuno no céu, em movimento retrógrado. Cuidado para não retomar sonhos ou ilusões passadas em relação a relacionamentos ou dinheiro porque, se antes eles não tinham base para se concretizar, agora também não têm, ainda que pareça que sim.

Se precisar abraçar o sonho temporariamente para trazer cor a uma vida que anda meio cinza, vá com tudo. Mas não tome nenhuma decisão radical ou irrevogável sob a influência de Vênus-Netuno.

Mercúrio retrógrado em 2020: alô, Áries, Câncer, Libra e Capricórnio!

De 18 de junho a 11 de julho, é tempo de Mercúrio retrógrado no céu. O segundo, de três, em 2020. Aqui, as comunicações serão (como sempre) afetadas, especialmente para os nativos de Áries, Câncer, Libra e Capricórnio.

As nossas decisões e nossa lógica estarão bem parciais e embebidas de sentimentos. Por isso, é preciso atenção, especialmente para não nos deixarmos levar pela memória daquilo que existiu um dia, e que gostaríamos que existisse até hoje.

De 18 a 24 de junho, Vênus e Mercúrio retrógrados no céu

Quando Vênus e Mercúrio estiverem retrógrado podem reforçar o retorno de questões passadas e colorir nossas comunicações de emotividade que cria mais mal-entendidos do que esclarecimentos.

Evite conversas importantes durante esse período e, se puder, adie a assinatura de contrato ou o estabelecimento de acordos.

Não acredite que você está de posse de tudo que precisa saber para decidir agora, e ache que você não está de posse da lógica e imparcialidade que precisa para tomar decisões amorosas ou financeiras que te beneficiam no longo prazo.

Note que entre 13 e 24 de junho, Júpiter e Plutão também estarão em conjunção no céu em Capricórnio, um dos signos que pode viver as tendências da retrogradação de Mercúrio de maneira mais forte, ambos também em movimento retrógrado.

O combo Júpiter/Plutão acentua a ambição e o desejo de expansão e de poder, mas a retrogradação sugere que um trabalho interno é necessário antes que possamos continuar crescendo ou expandindo externamente.

Como a primeira conjunção Júpiter/Plutão aconteceu em 4/4, este reencontro entre estes dois planetas estará se referindo a algo ocorrido ao redor daquela data, e poderá ser uma reencenação daquele episódio, uma revisão, uma retomada, ou uma pausa no crescimento que começou lá.

Certamente haverá em você um impulso de retomada de crescimento diante de um possível quadro de retração, mas com Vênus e Mercúrio retrógrado, o momento não é de crescer nem de expandir, e sim de revisar.

Então, “morda a toalha” e “segura a onda”. Não aja por impulso (tendência comumente encontrada nos signos cardinais de Áries, Câncer, Libra e Capricórnio). Concentre-se em fortalecer suas bases internas para dar conta do crescimento externo, quando este chegar.

Júpiter retrógrado em 2020: tendência mais forte para Áries, Câncer, Libra e Capricórnio

De 15 de maio a 13 de setembro, Júpiter em movimento retrógrado nos convida a olhar para uma área específica da nossa vida onde nosso crescimento e expansão em relação a regras, estrutura e autoridade precisa de revisão.

Durante este período, dificilmente conseguiremos expandir nosso negócio, até porque carreira e profissão são assuntos de Capricórnio.

Concentre-se em parar para avaliar o quanto cresceu até aqui, o quanto expandiu e que ajustes você precisa fazer nos seus planos para continuar crescendo. Este trânsito pode trazer tendências mais fortes os nativos de Áries, Câncer, Libra e Capricórnio.

Note que estes signos serão afetados por quadratura, que é um aspecto tenso e de crise. Logo, o impulso por crescer estará presente. Queremos mais, precisamos de mais e sabemos que podemos mais. E o céu está de acordo com você.

É verdade, você pode mais e deve mais. No entanto, é preciso crescer com estrutura e de forma gradual, como pede Capricórnio.

Com isso, tomar uma pausa para revisar e fazer ajustes não significa retrocesso nem estagnação, e, sim, a tomada de controle da situação para que o crescimento seja orientado ao que mais te beneficia.

Saturno retrógrado 2020: hora de Touro, Leão, Escorpião e Aquário

Entre 11 de maio e 29 de setembro, Saturno entrará em movimento retrógrado, o que pode trazer tendências mais fortes para os nativos de Touro, Leão, Escorpião e Aquário, inicialmente, e depois os nativos de Áries, Câncer, e Capricórnio

Com Saturno retrógrado, responsabilidades e limites envolvendo carreira, profissão e imagem pública entram em processo de revisão. Se você estiver vivendo dificuldades com esse trânsito de Saturno por Capricórnio/Aquário (por exemplo, se você estiver vivendo um momento de provação profissional), a retrogradação pode trazer alívio.

Este pode ser um momento onde as coisas ficam menos difíceis e as exigências são atenuadas. No entanto, se este trânsito estiver trazendo crescimento e empoderamento profissional, como deve ser o caso para os nativos de Touro, Virgem ou Capricórnio, a retrogradação pode funcionar como um momento de pausa.

Para estes signos, a percepção pode ser de retrocesso, porque lhes será exigido olhar para as bases do seu crescimento e verificar onde é preciso fazer ajustes, para continuar crescendo de forma sustentada.

Cinco planetas retrógrados em 2020 ao mesmo tempo

Note que durante o período de 11 de maio a 24 de junho, cinco planetas estarão retrógrados ao mesmo tempo: Plutão, Saturno, Vênus, Mercúrio e Júpiter. Sendo que:

  • No dia 20 de maio temos uma quadratura confusa entre Vênus e Netuno,
  • De 13 a 24 de junho teremos Júpiter conjunto a Plutão no céu. Durante este período, é importante estar com as expectativas bem administradas para não sofrermos decepções e desilusões

Entenda que este é um momento de pausa, onde todos os processos pessoais serão revistos. Foque em avaliar onde é possível crescer, evite dar início a novos projetos, tenha cuidado com as comunicações e com a tendência a mal-entendidos.

As mudanças e as transformações não vão deixar de ocorrer, mas elas precisam ser consolidadas antes de prosseguirem. O crescimento obtido até aqui só cairá por terra se não tiver sido construído sobre pilares sólidos.

Tenha em conta que projetos iniciados durante a retrogradação destes planetas não têm futuro promissor pós-retrogração: portanto, avalie cuidadosamente o investimento emocional e financeiro que faz neles.

Com Júpiter e Saturno retrógrados é possível progredir, mas o crescimento é mais focado (em uma área a qual você provavelmente não deu muita atenção antes) e gradual, porque Saturno quer que este ocorra sobre bases muito sólidas.

Não se deixe dominar pela pressa nem pela ambição (Jupiter-Plutão), porque com Saturno em Capricórnio poderemos acabar tropeçando nos próprios pés. Diminua a velocidade, aceite o pé no freio e volte-se para os detalhes de tudo.

O segredo do sucesso está no mérito e nos detalhes, como nos indicam os nodos em Gêmeos-Sagitário.

A nível coletivo, a retrogradação de Júpiter, Saturno e Plutão pode indicar retomada da vida social e relaxamento das medidas de distanciamento social, especialmente durante o período entre julho e dezembro, quando Saturno estará transitando por Capricórnio.

Mas o fato de que o relaxamento de tais medidas se deem durante o período de retrogradação pode indicar possível retomada das mesmas, após o retorno destes planetas ao seu movimento direto, durante o segundo semestre do ano.

 

Marcia Fervienza

Marcia Fervienza

Astróloga há mais de 15 anos e psicóloga, atua como colaboradora em Astrologia para diversas revistas e possui trabalhos publicados em vários países. Oferece atendimentos astrológicos presenciais e virtuais.