Aline Mendes
Por Aline MendesLeia em 3 min.24/04/2017 

O Feng Shui tem solução para tudo?

Saiba em quais situações a técnica não pode interferir e como minimizar certas tendências nocivas

É muito comum entre clientes, ou entre alunos iniciantes, a expectativa de que o Feng Shui traga a solução para todos os problemas encontrados numa casa ou num imóvel comercial. A verdade é que a maior parte dos problemas pode, sim, ser resolvida por esta técnica. E pode até solucionar aspectos que nem se imaginava estarem relacionados ao Feng Shui. Mas existem algumas situações nas quais o Feng Shui não pode interferir, como questões estruturais da construção, aspectos da implantação do imóvel ou do clima, por exemplo.

No Feng Shui Tradicional Chinês, cada um dos oito setores é “preenchido” por um conjunto de diversas estrelas (potenciais energéticos). O resultado da combinação dessas estrelas é que define o caráter daquele setor. Essa característica energética não pode ser alterada. O que podemos fazer é descobrir a melhor maneira de aproveitá-la.  Decoração

Quando encontramos um potencial com tendência nociva em um determinado ambiente, buscamos minimizar os efeitos deste potencial sobre os moradores. Isso é feito por meio de:

  • distribuição do mobiliário;
  • equilíbrio entre yin e yang;
  • uso de cores, formas e materiais mais adequados.

Podemos, ainda, orientar o morador a aproveitar aspectos úteis do caráter da estrela predominante, desde que estes aspectos sejam compatíveis com a personalidade da pessoa que usa aquele ambiente. Mas precisamos ter em mente que as estrelas mantêm seu caráter, e o risco estará sempre latente, podendo seu aspecto negativo ser desencadeado por qualquer alteração imprevista no ambiente, ou pela chegada de uma estrela visitante anual (ou mensal) que mude a dinâmica das energias ali presentes.

Pequenas intervenções não são o suficiente para harmonizar ambientes muito nocivos

No Quarto

Por exemplo, quando uma cama está posicionada num setor com um potencial nocivo, a melhor medida é mover a cama, deixando-a em um setor com potencial favorável. Então o cliente, prevendo o esforço necessário para fazer essa alteração, pergunta se não existe um jeito mais fácil, deixando a cama onde ela está e colocando talvez um cristal perto da cama, ou uma cor diferente. Essa é uma crença equivocada, mas bastante difundida, de que tudo pode ser solucionado por curas “mágicas”. Às vezes, implementar a melhor solução pode dar um pouco mais de trabalho, mas o resultado certamente compensa.

Estrutura Física da Casa

 

Outra situação que costuma suscitar dúvidas é a estrutura física do imóvel. Banheiros sem ventilação, vigas aparentes que não podem ser escondidas por rebaixos, corredores estreitos e compridos com muitas portas, ambientes que se abrem para dentro de outros… Todas estas configurações podem ter seu grau de nocividade minimizado, mas o local nunca se tornará tão bom quanto outro, em que a estrutura seja naturalmente harmônica.

No caso de um banheiro sem ventilação, podemos manter uma iluminação intensa, acrescentar cristais, plantas e aromas. Mas, ainda assim, ele continuará sendo um banheiro sem ventilação, e a qualidade do qi ali presente nunca será tão vibrante quanto em um banheiro com iluminação e ventilação naturais.

Quando uma cama ou mesa de trabalho encontra-se sob uma viga, sofre os efeitos da compressão do fluxo do qi naquele trecho, o que é bastante nocivo à saúde. O uso de iluminação ou objetos decorativos nessa viga não alterará o fluxo do qi. Somente a alteração da forma, pelo rebaixamento do teto, por exemplo, é capaz de remoldar o movimento do qi pelo espaço.

Em um corredor estreito, comprido e com muitas portas, podemos acrescentar iluminação direcionada, espelhos, tapetes e quadros, melhorando a sensação no local. Mas as paredes e portas ainda estarão criando um movimento do qi acelerado (pela longa reta) e perturbado (pelas portas).

Em alguns casos, é difícil até mesmo suavizar os efeitos indesejáveis, como quando encontramos o elevador bem no centro do imóvel. A perturbação que o movimento vertical causa no eixo energético do ambiente estará sempre presente, não importa o que se aplique ao redor do elevador.

Efeitos negativos podem ser minimizados enquanto não há possibilidade de mudança

Quando um imóvel apresenta vários desses problemas estruturais de difícil solução, o consultor pode recomendar como melhor solução a saída daquele imóvel. Porém, neste caso, serão feitas recomendações para que os moradores aproveitem da melhor maneira possível aquele imóvel, enquanto ali permanecerem. E o consultor também usará o próprio Feng Shui para facilitar o processo de mudança para outro local.

Bons consultores sempre buscam as soluções mais simples e de melhor efeito. E os clientes, ao contratarem uma consultoria, aproveitarão ao máximo os benefícios do Feng Shui se mantiverem uma postura flexível e engajada.

Aline Mendes

Aline Mendes

É arquiteta e consultora de Feng Shui e Geobiologia, autora do livro "Feng Shui - Terapia de Ambientes" e representante oficial do Feng Shui Research Center no Brasil.