Vanessa Tuleski
Por Vanessa TuleskiLeia em 3 min.05/04/2019 

Lua Nova em Áries: novos impulsos, decisões e direções

Lunação de 5/04 a 5/05 favorece colocar mais decisão e energia na vida pessoal

Após ter iniciado o Ano Novo Astrológico de 2019, temos a primeira Lua Nova em Áries, no dia 05 de abril, às 5h50, com efeitos até 04 de maio.

A Lua Nova gera um Mapa Astral, feito para Brasília, com inclinações gerais que duram cerca de 30 dias, período denominado de lunação. Conhecê-las ajuda a compreender as temáticas que irão predominar durante o espaço de um mês, para si mesmo e para pessoas próximas, levando a aproveitar melhor este período.

Neste artigo, você confere as tendências coletivas, que podem ser sentidas tanto por você como por pessoas próximas. Mas como será a Lua Nova em Áries para você? Para entender também as suas tendências particulares, após a leitura consulte seus trânsitos lunares personalizados, no Horóscopo Personare.

Áries: você como diretor do seu próprio filme

Há meses em que precisamos pensar no outro, eventualmente fazer sacrifícios, prestar serviços, focar no trabalho ou então família. Porém, não é o caso de abril, em que, com a Lua Nova em Áries, é tempo de pensar em você e no que você quer.

É hora de empreender começos, tomar decisões e movimentar a sua vida pessoal. Tomar o poder da sua vida em suas mãos, sendo diretor de seu próprio filme. Quebrar com todo tipo de inércia, vitmismo e passividade.

Se o mês anterior, pisciano, pode ter tido algumas indecisões, o atual pede que você opte por uma direção. Que tenha a atitude ‘mãos à obra no que depender de mim’. Além disso, é ariana a frase: “Nós nos arrependemos mais daquilo que não fizemos do que do que realizamos”.

Tudo isto é reiterado pelo Ascendente em Áries e posicionamento do Sol e da Lua na Casa 1, ligada a si mesmo. O Sol nesta Casa vitaliza e se prioriza. Sabe aquela frase: “se você não pensar em si mesmo, e não se colocar em primeiro lugar quando for necessário, quem vai fazê-lo?” Pois é isto. Por isto, se posicione, fale, decida.

Urano também está na Casa 1, indicando um mês com potencial de renovação, novidades e rupturas positivas com o passado.

Período cobra trabalho e persistência

Saturno e Plutão ocupam a Casa 10, da carreira, rumo de vida e, no país, do governo. Pessoalmente, é um mês de trabalho, persistência. Eventualmente, alguns têm de lidar  com transformações estruturais na empresa, carreira e/ou direção de vida, como, por exemplo, uma pessoa recém-separada ou alguém que perdeu um cargo.

Note-se, ainda, que o Sol se aproxima de quadrar Saturno. O aspecto pode indicar responsabilidades, lidar com problemas e/ou tarefas que requerem paciência, ter jogo de cintura diante de frustrações, demoras e obstáculos. E, eventualmente, ter algumas questões com figuras de autoridade, que podem ser mais cobradores/fiscalizadoras.

Não é período de fantasias, e sim, de procurar lidar bem com a realidade

Ela pode cobrar providências práticas, como fazer o famoso imposto de renda, cujo prazo termina justamente nesta lunação.

Apesar de o Sol estar na Casa 1, é importante encorajar a si mesmo e trabalhar sua autoestima. A força deste mês está em acreditar em você. Eventualmente, o excesso de trabalho e/ou responsabilidades pode cobrar um preço da vitalidade, por isto também saiba a hora de parar e relaxar. Lembre-se que nada vale a sua saúde. Pode ser que você tenha que dar limites.

Nos governos, Saturno/Plutão tende a medidas mais restritivas e de enxugamento. Figuras de autoridade neste mês talvez pareçam mais ditatoriais e/ou autocentradas, mas também tendem a encontrar muito trabalho pela frente.

Lado positivo de Sol/Saturno: o mês ajuda no esforço, como aquela dieta ou atividade física que você precisa fazer ou trabalho que tem de finalizar.

Necessidade de manter a visão ampla

Se há muitos problemas para resolver (Sol/Saturno), vai ser importante, apesar de tudo, tentar manter a visão ampla (Júpiter na Casa 9). Afinal, Júpiter na Casa 9 ama viagens, ensino superior, qualquer coisa que traga expansão. Tem ainda conexão com filosofias e/ou espiritualidade, além de práticas e palestras que mantenham os horizontes amplos. Ele pede para projetar um futuro melhor. No trígono amplo com o Sol em Áries, pede para saber o que se quer para agora e também lá na frente.

Contudo, como você vai ver a seguir, o Mapa tem também algumas fortes tendências contrárias a isto, e é importante conhecê-las para lidar melhor com elas.

Driblando o potencial de confusão e indecisões

Mercúrio, o planeta da mente, está em Peixes conjunto a Netuno. Tradução para isto: muita sensibilidade no plano mental. Mercúrio e Netuno quadram Júpiter, isto é, a visão que acabamos de mencionar. Isto significa que muita gente vai sentir dificuldade em ter esta visão. Pensamentos (Mercúrio) pouco claros (Netuno) podem nublar a mente, e levar para direções estranhas. Ou ainda nos fazer cogitar hipóteses que não são saudáveis e/ou realistas.

A capacidade de julgamento pode não estar tão afiada. Se você sentir isto, pode ser útil procurar coach, terapia, aconselhamento, sempre lembrando que o bom conselheiro ajuda o outro a enxergar melhor uma situação, sem tentar impingir algo. Mercúrio/Netuno também pode favorecer meditações e visualizações.

Mas o aspecto também pode indicar chance de descoberta de fraudes, mentiras, lentidão e/ou dificuldade na justiça (quadratura com Júpiter na Casa 9). Tudo isto também pode acontecer no plano coletivo.

Outra questão é que Mercúrio e Netuno ocupam a Casa 12, que rege os inimigos ocultos. Muitas vezes, o inimigo oculto não é outra pessoa, e sim, nós mesmos, com fragmentação interna, agarrados a ilusões, vitimizações e autossabotagem. Se você está sentindo isto em si mesmo, como foi dito, corra para algum tipo de terapia e aconselhamento sério. E corra quase que literalmente, pois mês de Lua Nova em Áries é para agir e se mexer.

Porém, como Mercúrio/Netuno facilmente cai no ilusório, fuja das promessas excessivamente milagrosas, lembrando que ninguém cura uma pessoa que não queira se curar, sendo o outro é um facilitador para nossa própria cura.

Do ponto de vista prático, tome cuidado redobrado com papéis e questões legais, para não haver erros e extravios. O mês pede muita atenção, ainda, para não cair em mentiras e falsas promessas. Por isto, discernimento e checagem de referências vão ser essenciais.

No plano coletivo, chance de descoberta de armações e/ou questões ocultas envolvendo saúde, previdência, hospitais, prisões, fundos de ajuda, justiça, instituições de ensino, entidades filantrópicas e religiosas.

Amor com desprendimento e idealização

E o amor, como vai estar em abril? Se em março experimentamos o amor com liberdade e o amor pelas amizades, de Vênus em Aquário, em abril vivenciamos uma grande abertura amorosa, com Vênus em Peixes. E isto não só para as relações afetivas, mas também para as relações em geral.

É tempo de um amor mais desprendido, generoso.

É também um mês de solidariedade e ajudas. Mas não esqueça que o Sol na Casa 1 fala de saber dosar isto com as próprias prioridades. Muita gente no fundo tem dificuldade em fazer para si, e confiar e investir mais em si mesmo, alimentando a autoestima, com a desculpa de que está fazendo pelo outro.

Vênus em Peixes tem um grande idealismo e isto pode falar em desde atmosferas de romantismo e grande conexão entre um casal, mas também de ilusão e não enxergar claramente desde uma paquera ou até a pessoa com quem já se tem um compromisso. É um mês em que traições podem acontecer sem serem percebidas bem, como também virem à tona, causando grande decepção.

O posicionamento também pode estar ligado a ter saudades e idealizações. Para quem está sem um par e tem vontade de encontrar alguém, o período pode vibrar o que se deseja. Vale lembrar que, com frequência, muitas vezes vibramos só no contrário, focados nas coisas negativas. Lembre-se de Júpiter na Casa 9 pedindo para, não importa as dificuldades, mantermos uma visão positiva do que queremos, como se fosse uma bússola.

Gastos com entretenimento

Vênus em Peixes pode indicar gastar com distração e entretenimento, como cinema, saídas e shows. Contudo, por causa da proximidade com Netuno, e de Mercúrio, o planeta da mente, com este planeta também, é preciso ter cuidado com falta de discernimento que influencie a comprar errado. Ou então a não se informar o suficiente, levando a desperdícios.

Diversidade e novidades

Marte é o regente do Ascendente e está em Gêmeos, na Casa 3. Isto significa um mês positivo para buscar novidades, passear, diversificar. Como atividade física, Marte em Gêmeos pode gostar de pedalar, caminhar, fazer trilhas, jogar tênis, remar (uso dos braços, regidos por Gêmeos). Caminhar e se mexer comprovadamente ajuda pensar melhor, com mais clareza.

Favorece para sair da zona de conforto, o que já é reiterado por um Ascendente, Sol e Lua em Áries. Você pode até ficar em casa para assistir suas séries e filmes prediletos (Vênus em Peixes na Casa 12), mas não deve fazer somente isto. Gêmeos é um signo antenado com estreias, eventos, feiras. E, se houver oportunidade de fazer viagens, faça.

Outra coisa para mexer (Marte) é o plano mental (Gêmeos). O período é muito propício para ir para palestras, cursos, também por conta de Júpiter na Casa 9, que quer expandir a visão de mundo. Como foi dito, porém, pode ser que ainda sintamos nossas dúvidas pessoais e autossabotagens em confronto com estas expansões.

Todas estas configurações, contudo, podem indicar um mês valioso para entrar em contato com o que está no inconsciente (ênfase na Casa 12) e reciclar crenças negativas.

Marte em Gêmeos vai nos deixar mais inquietos. Do lado negativo, a mente eventualmente pode se acelerar em excesso, o famoso pensar (e elubrar) demais, e, em alguns casos, falar muito e fazer pouco. Mas, do positivo, a inquietação vai significar um mês de abril mais ativo, em que vamos ser confrontados com a questão do quanto somos passageiros da nossa vida o quanto somos motoristas ou pilotos.

Áries, o signo tema desta lunação, prefere ser piloto. E você, o que está faltando para ter mais gás, energia, motivação e correr atrás do que realmente quer? Por mais que você tenha parcerias, Áries lembra que quem faz a sua vida é somente você.

Foto: Bigstotck/1STunningArt

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski mora no RJ e dá consultas astrológica-terapêuticas pessoalmente ou à distância, focando no que o céu tem a dizer, mas também no que o livre arbítrio pode fazer.