Pesquisar
Loading...

Dia das Mães e Astrologia: como melhorar a relação com base nos signos

Propomos para você que você tenha um Dia das Mães esse ano totalmente único e alinhado com a sua essência na linguagem dos astros

O Dia das Mães está chegando e, independente da qualidade da sua relação com ela (ou até da ausência desta relação), todos nós podemos aprender e curar muitas questões emocionais – na relação com ela e também com nosso emocional, apenas observando os signos do nosso Mapa Astral.

Propomos para você tenha um Dia das Mães este ano totalmente único e alinhado com a sua essência na linguagem dos astros.

Para falar sobre Mães e Astrologia, precisamos ir muito além de apenas olhar o signo solar da sua mãe e descrever como é a personalidade dela, porque ela possui um mapa e várias características além do Sol. Uma opção é pela Lua dela (entenda mais aqui sobre como é a mãe de cada signo).

Mas nós podemos te ajudar a entender melhor essa relação olhando com mais detalhes para o seu próprio Mapa Astral – se ainda não tem, faça o seu aqui.

Relação boa ou nem tanto: Astrologia pode ajudar

Esse texto é para você que deseja ter uma relação melhor com seus vínculos maternos:

  • Se a sua relação com a sua mãe é ótima, você pode torná-la ainda melhor e entender padrões desafiadores que podem existir até a nível inconsciente.
  • Se a relação é conflituosa (ainda que apenas em alguns momentos), você pode entender melhor como isso te afeta e quais ferramentas de consciência emocional podem te ajudar.
  • E mesmo que você não tenha tido uma mãe presente, analisar seu mapa pode te ajudar a entender quais expectativas ao receber segurança emocional você precisou, e como tem encontrado essa nutrição.

É importante lembrar que para pessoas que não tiverem uma mãe presente foram criadas por dois pais, pelo pai, por pessoas não binárias ou qualquer outro membro da família (ou os inúmeros formatos familiares que não conseguiremos descrever ao todo aqui).

Dessa forma, é possível observar a influência da pessoa que participou da sua criação e possuía mais características Yin (de cuidar, nutrir, atitude receptiva, mais atrativa do que para o exterior, de interiorizar e subjetividade).

Lua é determinante na relação com a mãe

A Lua no Mapa Astral (saiba mais aqui) é determinante na relação com a mãe. Mas por quê? A autora Judy Hall nos oferece a seguinte definição:

O signo da sua Lua “define o tipo de mãe que é esperado e as qualidades desejadas de uma mãe. Seja qual for o signo da mãe, o filho tem dela uma experiência matizada pelo estilo característico do próprio signo lunar”.

E por que irmãos da mesma mãe possuem, às vezes, signos lunares diferentes? Porque podemos estabelecer aqui justamente a qualidade da sua relação particular com ela, por isso filhos possuem tratativas que podem ser tão diferentes umas das outras.

Tudo que é descrito no seu emocional através da sua Lua diz, sim, respeito a você, mas a qualidade da sua saúde emocional perpassa na influência de como a sua mãe ou outras pessoas cuidaram de você, te deram carinho, e como você processou tudo isso.

Qual Casa representa a mãe?

Para além da Lua, podemos observar também as casas astrológicas, porque elas representam as áreas da nossa vida e nos mostram o ambiente no qual a relação com a nossa mãe ocorreu.

Para a grande maioria dos autores tradicionais (como Martin Freeman, William Lilly, Eudes Picard, etc.), essa relação é estabelecida na Casa 10, enquanto para grande parte dos autores modernos (como Juliana McCarthy, Maria Eugênia e Castro, etc.) ela é estabelecida na Casa 4.

Na nossa análise, vamos adotar a possibilidade da representação dos progenitores em ambas as casas, então, para saber como melhorar a relação com a sua mãe, leia o signo da sua Lua, Casa 4 ou 10.

Dia das Mães e Astrologia: como melhorar a relação

Siga as dicas a seguir para ter um Dia das Mães especial, mas lembre-se que o que fortifica e faz diferença de VERDADE na sua relação com a sua mãe são os outros 364 dias no ano.

Você pode ver aqui no seu Mapa Astral o signo da sua Lua e quais signos você tem nas Casas 4 e 10. Para descobrir as casas astrológicas e os signos que representam no seu mapa, veja este vídeo abaixo:

Áries

Pode ter acontecido da mãe ter te oferecido independência para lutar por si e você ter percebido isso como falta de apoio ou cuidado. Sua relação melhora entendendo o motivo das brigas e impaciência.

O quanto esses momentos representam um espelho das suas atitudes ou algo que você deseja que não esteja presente mais, mas não tem dado o devido tempo para a situação amadurecer?

Não tente competir com ela ou dominar sua mãe, pois isso pode causar ainda aborrecimentos. Tente ir pelo caminho da diplomacia e dar o exemplo de calma. É preciso lutar para ter seu espaço de introspecção.

DICA PARA ESTE DIA DAS MÃES: ao invés de impor sua vontade ou apenas se submeter ao que a sua mãe mandar, tente encontrar algo que vocês possam pensar em fazer juntas, diplomaticamente.

Touro

Talvez você tenha (até inconscientemente) esperado da sua mãe que ela fosse uma fonte eterna de segurança e estabilidade, amenizasse as situações desagradáveis da sua vida, mas nem sempre isso tenha acontecido, frustrando a relação.

Sua relação melhora quando você lembra que, apesar de ser uma base, nossos pais precisam nos criar para sermos indivíduos independentes, e é por isso que o apego pode ser um perigo nessa relação.

Inclusive, podem haver traços fixos e imutáveis, demorando muito tempo ou com desafios para a relação se transformar. Entenda que absolutamente toda relação muda e se abra para isso, pois pode acontecer de um dia sua mãe precisar do seu apoio e que você seja uma base para ela.

DICA PARA ESTE DIA DAS MÃES: faça algo diferente com ela para ajudar a trazer essa abertura para a transformação.

Gêmeos

Você pode ter sentido a necessidade de recorrer à sua mãe com frequência para desabafar e conversar, mas sentir que nem sempre foi ouvido por completo ou até ter uma relação meio desligada ou despreocupada.

Você pode ter esperado um certo nível de brincadeira, leveza e descontração na relação que nem sempre a sua mãe – tentando ensinar disciplina – pode oferecer.

Ou pelo contrário: pode sentir que de fato, faltou seriedade nessa relação ou até que sua mãe tinha um humor volátil. Para melhorar a relação, tente não racionalizar as emoções na sua relação com ela.

DICA PARA ESTE DIA DAS MÃES: deixe o celular de lado, programe-se para ter um dia de conversa e entrega com ela.

Câncer

O excesso de expectativa sobre ser nutrido e ter sido cuidado com zelo, carinho e sensibilidade pode levar ao medo do abandono e à falsa ideia que a mãe precisa suprir todas as carências.

Você pode perceber o cuidado como uma superproteção ou ficar sempre esperando mais e mais amor. Esse excesso de foco no carinho pode ter parecido como uma falta de incentivo a se virar sozinha, fazendo com que a criança tenha de buscar suas responsabilidades individuais com certos desafios.

Você precisa entender que as relações precisam de uma mútua dedicação, mas o excesso pode te impedir de encontrar outras pessoas que te deem tanto carinho quanto sua mãe ofereceu.

Entenda que isso pode acontecer, mas que não é um problema. Ninguém precisa te amar tanto quanto sua mãe, até porque as relações adultas são completamente diferentes.

DICA PARA ESTE DIA DAS MÃES: tente preparar o prato preferido dela ou algo que suas habilidades culinárias te permitam fazer, mas que expressa que você separou um pouco do seu tempo para nutri-la.

Leão

A pessoa pode ter expectativas de ser ou ter sido de fato uma criança mimada ou a filha “preferida”. Não importa se por motivos de personalidade ou circunstâncias de vida, normalmente Leão acaba tendo a necessidade de receber mais atenção, e isso se traduz com essa impressão.

Você pode ter percebido sua mãe como uma pessoa que se sacrificou para te dar de tudo, e isso gerar culpa por ela ter se esforçado tanto, ou em algum nível parecer que mesmo tantos esforços não foram suficientes.

Para melhorar essa relação, tente perceber que você talvez enxergue sua mãe como uma pessoa dramática e teimosa, mas no fundo isso apenas reflete a troca de necessidade de atenção.

DICA PARA ESTE DIA DAS MÃES: enumere quantos feitos sua mãe realizou para te dar atenção e honre e agradeça por isso.

Virgem

Você pode viver muitos níveis de exigência na sua vida, inclusive com si próprio, porque você percebeu sua mãe como alguém que exigiu muito de você, te tornando uma pessoa perfeccionista.

Tente entender que essa exigência pode existir em um nível agravado na sua percepção e conversar abertamente sobre seus limites, que você dá conta de fazer na vida e por ela, para que não haja sacrifícios.

Você pode perceber sua mãe como alguém que foi servil à família, sempre se dedicando e doando demais.

Para melhorar sua relação, lembre-se que pode haver o sentimento de que você tem que planejar muito às coisas, apego aos detalhes na relação e que, se você não alcançar um nível altíssimo de satisfação no que faz, vai decepcionar a sua mãe, mas que isso provavelmente não é real – tente ter menos severidade e crítica.

DICA PARA ESTE DIA DAS MÃES: você pode até fazer algum serviço por ela para demonstrar que você se importa, mas ao invés de se concentrar nisso, tente se abrir para um lado mais sensível da relação, falando que a ama (se houver abertura) e expressando seu carinho de um jeito mais sensível.

Libra

Pode haver uma certa codependência na relação com a sua mãe ou uma percepção delicada sobre como ela enfrenta (ou evita) conflitos que te marcaram. Talvez você tenha esperado que ela pudesse te defender mais, que ela era imparcial demais ou em cima do muro nas decisões que toma.

A relação com a sua mãe e o que você percebeu dos relacionamentos que ela teve acabam influenciando muito seus sentimentos sobre diplomacia, ouvir o outro, etc. Pode haver um desejo muito grande e dificuldade de dizer não da sua parte ou da parte dela.

Mas para melhorar a relação, vocês precisam entender juntos o poder de dizer “não” para coisas que incomodam.

DICA PARA ESTE DIA DAS MÃES: tente se abrir para saber se existe algo que a sua mãe se sente incomodada entre vocês ou na vida dela, mas que ela não consegue lutar por si e se impor – ajude-a.

Escorpião

Você pode sentir sua mãe como uma pessoa misteriosa e que até esconde certas coisas de você. A relação precisa de privacidade e, por isso, pode parecer que a proximidade vai de 8 a 80.

As nuances se transformam, mas existe bastante profundidade e intensidade nos sentimentos, sendo que pode haver um certa rigidez ou necessidade de controle nas regras.

Para melhorar a relação, evite entrar em disputas de poder com ela. Encerramentos e renascimentos podem ser um tema comum: algo que vocês vivenciaram entre si ou que tiveram que passar juntas na vida.

DICA PARA ESTE DIA DAS MÃES: faça algo que demonstre seu respeito pela privacidade da sua mãe, mas tente expressar o quanto você respeita a autoridade dela.

Sagitário

A mãe ajudou a estabelecer a relação com liberdade e a expandir, mas pode ser que você sinta que ela exagera e desperdiça às vezes.

A liberdade, estímulo a viver para o mundo e novas aventuras, pode ter parecido que você nem sempre teve um chão sólido abaixo dos seus pés, gerando um certo medo.

Para melhorar a relação, tente se lembrar que às vezes sua mãe pode agir sem pensar e colocar muito das suas verdades próprias na relação ou em como ela acredita que a vida seja e você deve vivê-la, fazendo com que seja mais difícil te ouvir, mas traga compreensão que não é sobre você, e sim sobre as percepções dela.

DICA PARA ESTE DIA DAS MÃES: tente fazer planos para viverem algo diferente no futuro (como uma viagem), mesmo que ainda mais distante, mas se proponha a fazer parte da vida dela em momentos corriqueiros com mais frequência.

Capricórnio

A sua mãe pode ter cobrado responsabilidade de você desde muito cedo ou você sentir que tem alguma grande responsabilidade com ela – muitas vezes leva a ser aquela “criança adulta”.

Pode haver o desejo forte de ser independente da família, focar no trabalho e ser uma pessoa mais afastada. Talvez você tenha tido vontade de se aproximar mais da sua mãe, mas alguma inibição emocional impediu.

Para melhor a relação, tente compreender que se houve muita preocupação com as estruturas, limitações e cobranças, esse foi um jeito de tentar fazer o melhor por você.

Se houve escassez de recursos, é importante curar as crenças limitantes que isso gerou, você não precisa repetir a história da sua família.

DICA PARA ESTE DIA DAS MÃES: tente expressar mais abertamente seu carinho por ela, ou se dedicar à cura de mágoas, mostrando que tem responsabilidade sobre seu caminho, mas que tem abertura para ponderar sobre os conselhos dela e a respeita como uma pessoa mais velha e experiente.

Aquário

Pode ser que você tenha vontade de ser alguém diferente da sua mãe e até agir sem pensar às vezes. Por isso, cuidado para que a relação de vocês não seja sempre pautada por fazer o contrário do que o outro deseja, só para ser do contra.

Você pode ter muita vontade de ter mais liberdade na família e, se não encontrar isso, um desejo de ir embora.

Sua mãe pode ter tido um lado mais racional, rebelde ou sem paciência e você perceber isso como um certo distanciamento ou teimosia.

O incentivo dela de permitir que você seja alguém original pode se ressaltar ou você sentir que sempre deseja ser mais e mais uma pessoa única, mas nunca parece suficiente.

Você pode perceber uma certa imprevisibilidade nas atitudes da sua mãe, alguém que às vezes “inventa moda” sem se preocupar se vai dar certo. Até o posicionamento político-social pode interferir na relação.

DICA PARA ESTE DIA DAS MÃES: demonstre o quanto você, apesar de ser alguém independente, tenta aprender e honrar com as coisas positivas que ela traz em si e que é uma honra dar continuidade ao lado bom e honrado da família. Veja aqui dicas de como honrar pai e mãe pela Constelação Familiar.

Peixes

Você pode perceber sua mãe como alguém que se engana e se ilude muito, e isso acabar impedindo que vocês tenham uma relação mais realista. O escapismo pode acontecer na relação ou você perceber que o escapismo em geral interfere.

Tente não idealizar a relação, nem se sacrificar pela sua mãe: relações equilibradas e saudáveis são pautadas em um ponto de equilíbrio comum entre quem dá e recebe.

Você pode ter percebido que ela se sacrificou muito pela família, e ter uma certa culpa e excesso de sensibilidade por isso. Pode haver uma falta de limite na individualidade, e sua mãe enxergar você como se fosse uma extensão dela. É importante você ressaltar os limites.

Para melhorar a relação, tente se lembrar que o excesso de sensibilidade pode ter atrapalhado o lado das cobranças por responsabilidade, mas cabe a você estabelecer uma relação mais madura agora.

DICA PARA ESTE DIA DAS MÃES: tente demonstrar que, apesar de toda empatia e vulnerabilidade, você se tornou uma pessoa adulta forte e comprometida, capaz de arcar com suas escolhas mesmo quando ela não estiver por perto.

Naiara Tomayno

Naiara Tomayno

Astróloga e terapeuta holística, desenvolve um trabalho como facilitadora de (re)conexões voltado para cura, utilizando o mapa astral como ferramenta principal. Formada em terapia de cristais, Magnified Healing e praticante de magia natural, é especialista em unir esses saberes e terapias alternativas às necessidades do mapa.

Saiba mais sobre mim