Leo Chioda
  • Por Leo Chioda
  • Leia em 3 min.
  • 01/03/2019
  • Atualizado em 11/03/2019 às 15:07

Arcano do mês: A Temperança

Em março, carta do Tarot inspira redefinições importantes na vida e exige paciência em dobro

Arcano do mês: A Temperança

A carta do Tarot para março de 2019 é A Temperança, décimo-quarto Arcano Maior, que nada mais é do que uma das quatro virtudes cardeais — as outras são a Justiça, a Força e a Prudência. Esta carta do Tarot simboliza conciliação e renovação. Seu significado enquanto virtude não difere tanto de sua condição de arcano. Fala sobre comedimento, moderação e meticulosidade em relação a praticamente tudo na vida. Portanto, para o mês de março, A Temperança sugere paciência e inspira redefinições importantes.

Amor: tempo de repensar a vida afetiva

Março é tempo de repensar consideravelmente a vida afetiva, já que A Temperança chega questionando algumas verdades e muitas expectativas. Em vez de lutar contra o coração ou deixar tudo como está, o conselho deste arcano é agir para que haja mudanças na rotina amorosa ou na sua concepção de amor.

Para comprometido(as)

O mês pode parecer morno demais devido a diversos fatores, em sua maioria externos: compromissos em demasia, responsabilidades inadiáveis, eventos variados. Como consequência disso tudo, pode surgir estafa, preguiça e desinteresse em colocar o amor em primeiro plano.

Mesmo assim, é notável que o que está bem firme no compromisso amoroso tende a resistir a qualquer desculpa ou postura ociosa.

A Temperança diz respeito ao que é verdadeiro, mesmo que o momento esteja difícil.

Para lidar melhor com as tendências de desânimo, o próprio Tarot aconselha a apimentar a relação com situações inusitadas ou programas leves que exijam a cumplicidade das pessoas envolvidas.

Para solteiros(as)

Para quem não tem um relacionamento afetivo e está à procura de um, o mês de março é o tempo propício para continuar procurando. A Temperança age de modo lento. Entretanto, através do respeito às coincidências, caso elas existam, a tendência é encontrar pessoas que pareçam complementar nossos gostos e interesses. É o período para se envolver, mesmo sendo necessário o máximo cuidado com as expectativas. Março já começa com Carnaval, o que já abre possibilidades mil. Mas sempre com o devido cuidado!

Trabalho e dinheiro: fazer e esperar

Nem sempre A Temperança é vista com bons olhos. No que diz respeito à necessidade de saber esperar, ela é uma das cartas mais difíceis de serem aceitas. Mas é com paciência e perseverança que em março pode haver realização e renovação no âmbito profissional.

Este é o momento de encarar burocracias e negociar abertamente para haver sucesso a longo prazo. Quando se trata deste arcano, não podemos achar que tudo será resolvido em poucas horas. A Temperança exige parcimônia e tempo de sobra, mesmo quando não temos tempo, para fazer os devidos trâmites e obter os resultados esperados. Enquanto se espera o melhor, deve-se fazer o melhor. Dar o melhor de si é um dos pressupostos do arcano de março.

Família e amigos: curando feridas e agregando

Além de ser possível combinar pessoas e situações aparentemente destoantes, esse é o momento propício para investir em cooperações e encerrar conflitos entre pessoas que precisam de ajuda mútua. Em vez de se deixar dominar pela ansiedade, o melhor a fazer é respirar fundo e resolver pacificamente o que pode ser resolvido.

As soluções maiores e completas estão sendo providenciadas pela vida. Saber esperar é importante. Assim como saber lidar com grupos distintos de amigos ou conhecidos faz com que as relações se fortaleçam.

Em vez de alimentar problemas, impressões errôneas e injustas a respeito de alguém, o período regido pelo arcano A Temperança é de propor soluções. Solução remete à ideia do que é solúvel, ou seja, do que pode ser misturado, dissolvido, refeito. Essa alquimia deve ser a base dos relacionamentos em março.

Uma das premissas desta carta do Tarot é realizar o que Carl G. Jung chamaria de mysterium coniunctionis, ou “mistério da conjunção”, isto é, o casamento entre o céu e a terra. Ou ainda a Grande Obra chamada de Magnum opus: a mistura substâncias em diversas etapas para obter o ouro – a parte mais pura e valiosa do que era considerado simples, pequeno e sem tanto valor.

 

Fé: conexão com o que há de melhor

Devido à figura angelical, este arcano tradicionalmente se associa a figuras de proteção espiritual como anjos, avatares, arcanjos e guias. É importante dar voz à nossa religiosidade quando A Temperança é a regente do mês.

As energias mais densas tendem a se purificar, já que as intenções de cura, harmonia e bem-estar tendem a renovar os ares e fortalecer a nossa conexão com a fé no futuro promissor. É importante se dedicar à leituras inspiradoras e à práticas que fortaleçam a nossa relação com pessoas, lugares, objetos, sonhos e situações. Está em nossas mãos, literalmente, fazer as misturas corretas para cumprirmos nossos propósitos a cada dia.

Viver melhor

A Temperança enquadra essa arte de depurar ou de purificar. Faz com que vejamos o potencial das pessoas, por mais imperfeitas que sejam. Faz ainda com que a gente perceba o que pode ser feito com nossas experiências, por mais difíceis que elas se mostrem.

O Tarot, em março, nos orienta a ver cada atitude como uma possibilidade de mudança. A cada medida que tomamos, os rumos de nossas vidas também mudam.

As afirmações positivas são uma ferramenta importante quando desejamos fazer mudanças significativas na maneira de pensar e de agir em relação às coisas e às pessoas. É por meio da palavra falada que entendemos claramente situações, comportamentos e crenças. Por isso recomendamos trabalhar essas oito frases, duas por semana, todos os dias.

Podemos dizê-las na frente do espelho, deixá-las escritas num papel ao alcance ou, ainda, trazê-las na bolsa. O importante é que sejam lidas, se possível em voz alta. Assim fazemos de março um mês de mudanças realmente significativas — começando em nós, de dentro para fora.

Afirmações positivas para o mês de março

PRIMEIRA SEMANA

  • Eu crio situações favoráveis à minha volta.
  • Estou em sintonia com o que há de mais sagrado.

SEGUNDA SEMANA

  • Eu percebo os meus privilégios e agradeço por eles.
  • Estou em conexão constante com minhas responsabilidades.

TERCEIRA SEMANA

  • Eu movimento a minha vida na direção do melhor.
  • Estou em comunhão com o que e com quem é bom e justo.

QUARTA SEMANA

  • Eu faço de minha vida um instrumento de felicidade.
  • Estou em equilíbrio com o mundo e com meus desejos.

A Temperança: imagem

The tarot of Sevenfold Mystery • Robert M Place 2012

A imagem d’A Temperança vem sofrendo alterações com o passar do tempo e com os diversos baralhos sendo lançados ao longo das décadas. A mais comum representação é a de um anjo alado sobre um riacho, tocando a água com dos pés enquanto o outro fica firme na terra.

Com as duas mãos, a personagem movimenta o conteúdo de dois jarros, como se misturasse as águas ininterruptamente. Essa é a representação da justa medida, do cuidado com as substâncias, geralmente opostas, que devem ser misturadas (ou mesmo ‘temperadas’) para haver harmonia.

Por essas e outras atribuições simbólicas é que A Temperança vem sendo associada à alquimia, que basicamente é a arte de transformar substâncias comuns em elementos nobres, como o chumbo em ouro.

Morgan- Greer Tarot • USGames 1979

As antigas transmutações alquímicas, quase sempre tão enigmáticas, podem ser associadas aos mais simples procedimentos de mistura de elementos, como as receitas culinárias.

Assim é que A Temperança acaba sendo associada a qualquer ato de transformar elementos comuns em substâncias valiosas. Em um nível mais profundo, este arcano transmuta situações desimportantes em experiências significativas.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Leo Chioda

Leo Chioda

É escritor e tarólogo. Dedica-se a palestras sobre Tarot, pesquisas históricas e prática da leitura das cartas. É também autor do Tarot Direto e Tarot Mensal do Personare. Saiba mais