Bruna Rafaele
  • Por Bruna Rafaele
  • Leia em 3 min.
  • 25/08/2020
  • Atualizado em 25/08/2020 às 15:30

Recaída: como descobrir se vale a pena dar uma chance ao ex

Pense se é o momento de vocês voltarem

Recaída: como descobrir se vale a pena dar uma chance ao ex

Vocês terminaram. Os dois sofreram, cada um de sua maneira, E. Se afastaram e nunca mais se viram. De repente bateu uma saudade muito forte, uma dor no peito por causa do vazio que ficou depois do término. O que fazer?

Bom, o jeito é saber se vocês ainda têm uma oportunidade de se entender, certo? Será que vocês tentaram todas as chances mesmo antes de sair batendo a porta?

Será que não foi muito radicalismo da parte de um de vocês que fez com que o relacionamento terminasse? Será que dá para retomar a relação pontuando o que não estava bom para ambos e assim, construir uma união de amor com mais cumplicidade?

Infelizmente, lindas histórias de amor acabam por uma traição, mas nem sempre uma traição é um ponto final no sentimento que une o casal. Inclusive, muitos casais depois de uma traição podem descobrir o que realmente importa para eles – os dois juntos, sem ninguém para atrapalhar.

E sobre recaídas? Será que o reencontro quer dizer que os dois querem retomar o relacionamento, mas de uma maneira mais madura, mais inteira e construindo pontes para viverem bem? Ou é apenas uma tentativa de descobrir se um mexe ainda com o outro? Ou um passatempo? Ou só sexo?

A intensidade de quanto se ama a si mesmo e ao outro diz muito sobre a escolha de ter uma recaída e revisitar o relacionamento do passado.

Realmente tem pessoas que romantizam muito sobre essa situação enquanto o outro apenas está ali aproveitando o momento, sem pensar no que podem viver juntos, até porque já escolheu que não quer nada mais sério com o ex.

Não se trata de modernidade, nem de romantismo em excesso pensar que a recaída pode fazer sangrar mais ainda uma pessoa que ama a outra e não é correspondida.

Afinal de contas, é importante falar sobre seus sentimentos com quem se relaciona para que o outro saiba do que se trata, assim como também é muito necessário saber ouvir o que o outro tem a dizer sobre vocês.

Mas infelizmente, nem todas as pessoas conseguem falar de seus próprios sentimentos e ouvir o que o outro tem a dizer, o que prejudica muito a interação com o parceiro, porque relacionamento amoroso envolve sentimentos e verdade.

Se você é uma pessoa que passa por isso deve ser muito difícil não conseguir se exprimir, não é?

Tem gente que não sabe o que quer

É verdade isso. Muitas pessoas ficam por ficar com alguém do lado, sem se preocupar com o sentimento alheio. Ficam porque a companhia agrada de alguma maneira, mas nem sempre isso demonstra que escolheu o outro para passar uma vida inteira ao seu lado.

Assim, relacionamentos rasos são construídos e podem durar anos. Sendo que alguém sempre sofre caso esteja acreditando na ilusão de viver um amor correspondido. Por isso não se pode viver um relacionamento sem clareza, sem que cada um fale com sinceridade o que sente com relação ao outro.

Gente que não sabe o que quer atrapalha, se acomoda, fica prendendo o outro e se prende também ao que não lhe agrada de verdade. Muitas vezes, não vive um grande amor por não ser sincera consigo mesma porque se nega a saber o que quer.

Sobre as recaídas

Se você ainda acredita que a relação de vocês foi boa e poderia ter maior continuidade porque o que vocês viveram foi intenso, por que não buscar exprimir em palavras o que você realmente sente? Por que não dar uma nova oportunidade para vocês?

Às vezes, com o fim, as pessoas mudam, amadurecem e descobrem que querem viver juntos porque com o parceiro tinham um amor que querem para a vida toda.

Então, por que não se permitir? Busque descobrir uma maneira de resgatar esse amor. Se quiser ajuda para lidar com esse assunto, pode contar comigo.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Bruna Rafaele

Bruna Rafaele

Psicanalista, especialista em Saúde Mental. Faz atendimentos presenciais no Rio de Janeiro e consultas online no Personare. Saiba mais