Dieta curativa com detox previne doenças crônicas e câncer

Conheça tipo de alimentação que desintoxica órgãos do corpo

Conheça tipo de alimentação que desintoxica órgãos do corpo

Batatas fritas, sorvetes, hambúrgueres, doces, balas, chocolate? Todos esses alimentos industrializados que são consumidos em larga escala em todo o mundo estão acabando com a saúde da população a cada mordida.

Não é só pelo fato dos alimentos industrializados conterem gorduras, açúcares e conservantes. Claro, isso também contribui, em muito, para o surgimento de doenças. Mas o que acontece é que existem alimentos que são vistos como saudáveis, até mesmo por médicos, que podem causar sérios riscos à saúde: é o caso do leite de vaca, por exemplo, pois está relacionado a problemas respiratórios e de pele, enxaqueca, dores nas articulações, podendo estimular doenças coronárias, diabetes, câncer de mama, de próstata e de cólon.

É graças a esses hábitos deficientes de nutrientes essenciais para a saúde, que acabam por surgir doenças crônicas em órgãos como estômago, intestino e rins – inclusive diversos tipos de cânceres. No entanto, é possível prevenir essas doenças, por meio da dieta curativa.

O que é dieta curativa?

Dieta curativa é aquela capaz de prevenir e curar doenças através de uma alimentação adequada. Muitas vezes, não é preciso adicionar nenhum alimento novo aos hábitos alimentares da pessoa, basta cortar os prejudiciais.

Esta dieta está sendo muito bem difundida no Brasil e possui um nome bastante popular, que provavelmente você já ouviu falar, mas não sabe bem ao certo o que é?

Detox: o que é e como funciona?

A dieta curativa tem como base o detox, um termo que já ficou popularizado no universo da alimentação. Mas, ao contrário do que muita gente pensa, detox é muito mais do que garrafinhas de sucos verdes encontradas nas prateleiras de lojas especializadas em alimentos naturais. Aliás, detox é mais até do que uma simples dieta que lhe faz perder peso.

Detox é um estilo de vida, e a perda de peso é apenas sua consequência. Assim como o vegetarianismo e o veganismo, o detox restringe alguns tipos de alimentos, mas abre portas para uma explosão de sabores.

+ Veganismo para leigos

O objetivo é desintoxicar os órgãos do corpo de elementos prejudiciais ao nosso organismo, funciona como uma limpeza geral do corpo. É uma “faxina” profunda no organismo, beneficiando órgãos como: rins, fígado, vesícula, intestino, entre outros.

Durante o procedimento, você introduz em seu cardápio alimentos reais, vindos diretos da natureza, por meio de refeições e sucos desintoxicantes que você mesmo pode preparar.

Durante o procedimento, você introduz em seu cardápio alimentos reais, vindos diretos da natureza, por meio de refeições e sucos desintoxicantes que você mesmo pode preparar.

Isso contribui para que o seu corpo tenha uma aceleração e liberação de toxinas, fazendo com que o organismo volte a se equilibrar de maneira natural, resultando em uma vida equilibrada e, de acordo com a maioria dos depoimentos, mais feliz.

A dieta é basicamente composta de alimentos crus, com pH alcalino, e fermentados, como: kefir, chucrute, kombucha e kimchi, os chamados alimentos vivos. Afinal, apenas desta forma é possível aproveitar 100% dos nutrientes que a natureza nos oferece. Quanto às restrições deste tipo de alimentação, estão fora do cardápio todo tipo de alimentos com pH baixo e ácido; os de origem animal, pois além de não serem mais alimentos com vida, também têm o pH ácido; e até mesmo os vegetais transgênicos, como: milho, soja e trigo. Afinal, nem tudo que vem da natureza é benéfico para o ser humano.

Quer aprender mais da dieta curativa? Experimente as receitas abaixo que fazem parte deste tipo de alimentação.

Brigadeiros de Alfarroba

Preparo: 10 minutos | Porção: 6 pessoas

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de avelãs, amêndoas ou nozes
  • 1 xícara (chá) de uvas passas pretas ou tâmaras sem caroços
  • 2 colheres (sopa) de alfarroba em pó
  • Coco ralado sem açúcar para servir

Modo de fazer

Junte todos os ingredientes (menos o coco ralado) no processador e bata até formar uma massa homogênea e grudenta. Enrole os brigadeiros e sirva-os com coco ralado ou enrole-os na alfarroba em pó. Outra sugestão é enrolá-los em amêndoas picadas.

Canelone de abobrinha com queijo de girassol e amêndoas ao molho vermelho

A pimenta caiena desta receita contém capsaicina, que alivia dores nos nervos (neuropatias) associadas ao diabetes. Já o magnésio encontrado na semente de girassol previne algumas complicações do diabetes, como a retinopatia e doenças cardíacas. A deficiência de magnésio nos diabéticos está associada à perda deste mineral pela urina, em consequência da excreção de glicose que acompanha o diabetes não controlado, por isso, a reposição de magnésio pela semente de girassol restaura a secreção de insulina.

Preparo: 20 minutos | Porção: 3 pessoas

Ingredientes

  • 1 abobrinha cortada em fatias longitudinais
  • 1 xícara (chá) de sementes de girassol sem casca, deixadas de molho por 12 horas em água filtrada
  • 1?2 xícara (chá) de amêndoas cruas, deixadas de molho por 12 horas em água filtrada
  • Orégano a gosto
  • 1 limão
  • Sal rosa do Himalaia
  • 1 tomate
  • Manjericão roxo fresco a gosto
  • Pimenta caiena em pó
  • Pimenta vermelha em pó

Modo de fazer

Coloque no liquidificador o tomate com meio limão, uma pitada de pimenta caiena, uma pitada de pimenta vermelha, o sal rosa e as folhas de manjericão roxo fresco. Bata tudo e depois reserve. Esse molho servirá para regar o canelone no final.

Em seguida, bata no liquidificador as sementes de girassol, a outra metade do limão, um pouco de orégano e uma pitada de sal rosa. Com esse queijo, recheie as abobrinhas, enrole e prenda com um palito, regue com o molho vermelho e sirva.

Elias Pereira

Elias Pereira

Chef detox internacional e especialista em Medicina Tradicional Chinesa, formado desde 2002. Referência internacional em desintoxicação, crudivorismo, veganismo e cura de doenças crônicas pela Medicina Natural. Site: www.dietacurativa.com