Pesquisar
Loading...

Como ser feliz sozinho (a)

Você sabe a diferença entre como ser feliz sozinho (a) e ser feliz consigo mesmo? Dedique-se a sua jornada de aprimoramento pessoal.

Passamos por uma transformação cultural e social, que torna muito claro que ser feliz é manter-se bem emocional, mental e fisicamente, independente de outros ou de algo externo. Mas há uma diferença entre como ser feliz sozinho e como ser feliz consigo mesmo.

Existe também uma diferença de gênero, de cultura, de geração e muitas outras. As dificuldades e conflitos são em escalas e maneiras diferentes, como é particular, especial e único cada indivíduo. Mas para começar, vamos pensar no que “ser feliz” quer dizer para nós de forma geral, e depois vamos aprimorando para cada um.

Nós temos necessidades físicas, emocionais e mentais de trocas com os outros. Mas essas necessidades não têm somente como foco os relacionamentos pessoais, familiares, profissionais e sociais, temos também questões como: reconhecimento e autovalor.

Elas são nutridas na vida como um todo: em casa, no trabalho, nos desafios, nas amizades, na família, nas relações e em todos os aspectos que nos constituem.

“Eu sou plena, feliz, realizada, próspera e consciente”

como-ser-feliz-sozinho

Essa é uma das minhas afirmações de conexão diária. Apenas falar a frase não faz milagres, mas ajuda a manter o foco e melhor enxergar meus objetivos.

Veja mais no artigo: Como tornar suas afirmações mais poderosas

Experimente refletir sobre suas diversas facetas, seus vários papéis e as áreas da vida. Em alguma dessas você se sente incomodado? O que você acha que precisa para sentir-se melhor? Muita coisa? Pouca? São fatores que dependem de você ou dos outros?

Se for depender de você, busque, conquiste, dê seu passinho de formiguinha para mudar e alcançar. Se você precisa dos outros ou de algo para se sentir feliz… Repense!

Faça uma análise e uma faxina mental e emocional de sua vida. Não é fácil, todos sabemos disso, mas impossível também não é. Tente e tente novamente. Se o caminho escolhido até agora lhe trouxe insatisfação, infelicidade ou dependência, que tal experimentar outro?

Mas se está beirando uma crise, vamos cuidar disso primeiro! A prioridade é o seu bem estar. Leia esse artigo com técnicas para momentos de crise.

Depois de suprido o nível de sobrevivência, ou seja, moradia, comida e segurança, podemos passar para a fase de Ser. Ser mais de você mesmo, com mais verdade e essência, menos crenças e projeções.

Encontramos cada vez mais pessoas completas em si mesmas, com ou sem companheiros, com ou sem uma grande casa ou carro, na piscina de borda infinita, assistindo um pôr do sol ou tomando um café no sofá.

Pequenos prazeres ou mais satisfação duradoura?

Em um determinado momento posso me sentir feliz com uma boa refeição (ou um chocolate) e isso não me impede de fazer minhas respirações, meditações em grupo (conheça a meditação Puja de Tameana) ou sozinha.

Assim como afirmações podem melhorar a minha clareza mental, coerência interna e calma interior, proporcionando uma frequência de alta qualidade por um tempo maior e mais consistente.

O que importa é fazer e ser seu melhor naquele momento. Às vezes o meu melhor é apenas 30% e tudo bem. Foca em elevar e manter sua vibração!

Buscar satisfação pessoal e global pode querer dizer: fazer doar-se por inteiro em cada coisa, em cada situação que a vida nos coloca. E se não estivermos satisfeitos, temos o poder da escolha para mudar a situação, seja mudando nossa reação, ou melhor, como lidamos com ela.

Podemos abrir mão de responsabilidades absurdas, necessidades vãs, obrigações sem sentido e projeções inviáveis de um “ser feliz” permanente.

A plenitude de aprender a como ser feliz sozinho (a)

Quando você estiver em casa, busque sua paz interior ao cuidar e arrumar suas coisas, deixando um ambiente gostoso e harmonioso para si mesmo. Se estiver no trabalho, faça-o com dedicação, com gosto. Não consegue ter esse gosto? Repense.

Fazendo o seu melhor você tende a se sentir cada vez melhor. Com as pessoas, ouça e seja ouvido com respeito.

Se estiver na fase de sair e se divertir, aproveite bastante. Se, pelo contrário, quiser paz e sossego longe de tudo e de todos, ótimo também! Reflita, repense, se renove.

Com o tempo a gente vai percebendo que para ser feliz não precisa de algo, alguém ou alguma coisa.

O que a gente precisa mesmo é não precisar! Sem dureza, sem sofrer, sendo cada vez mais leve e plena em cada momento, colocando a essência e verdade em atitudes, gestos, palavra ou olhar.

Dá para ser feliz sozinho, dá para ser feliz consigo mesmo. Cuide-se com carinho. Declare ao Universo que você está aberto e pronto à felicidade. Você merece ser feliz, então seja!

Várias terapias e técnicas são adequadas para te ajudar nesse momento. Sugiro aqui as terapias vibracionais que podem ajudar a aumentar a frequência em que se está no momento.

Uma consulta on-line pode te ajudar a identificar os desequilíbrios (como esta aqui) que estão te afetando no momento e quais campos eles alcançam: energético, emocional, mental e físico. A constância na prática possibilita uma jornada de aprimoramento pessoal e evolutivo.

Simone Kobayashi

Simone Kobayashi

Terapeuta Holística atuante em São Paulo e OnLine. Dedica sua vida profissional à junção de técnicas terapêuticas como o Reiki, Florais, Acupuntura, Análise Energética, Limpeza Energética, Harmonização, Barras de Access e Cura quântica.

Saiba mais sobre mim