Ana Paula Malagueta
  • Por Ana Paula Malagueta
  • Leia em 4 min.
  • 14/02/2020
  • Atualizado em 08/01/2020 às 14:02

Como acionar sua criança interior para a vida ficar mais leve

Em tempos de caos e desarmonia, torna-se ainda mais importante a presença desse ser que ainda nos habita

Como acionar sua criança interior para a vida ficar mais leve

Qual foi a última vez que você trouxe à tona a presença da sua criança interior? Você sabe como acionar sua criança interior para a vida ficar mais leve?

Essa potência que ainda temos dentro de nós nos ajuda a viver com mais leveza, flexibilidade e de forma mais espontânea.

Damos vazão à nossa criança interior quando sorrimos, brincamos ou, então, quando nos permitimos fazer algo fora do planejado.

Anda cada vez mais difícil se desarmar nos tempos atuais – percebi isso nas últimas aulas que dei sobre criança interior. Notei que as mulheres estavam tensas, assustadas, com a cabeça cheia de preocupações e ocupações típicas da vida adulta na sociedade atual.

Porém, em tempos de caos, conflitos, injustiças e desarmonia, torna-se ainda mais importante acionarmos a presença da nossa criança interior.

Afinal, ela é a parte de nós que ainda sonha, que tem esperança e busca soluções criativas e fora do senso comum para nos tirar de uma enrascada.

Muitas vezes, é a nossa criança interior que consegue nos tirar do fundo do poço e gerar importantes avanços e melhorias.

Sua criança interior precisa de espaço

Mesmo diante dos piores cenários, ela acredita em mundo melhor e enxerga possibilidade de resolução futura positiva. Essa criança faz parte de nós e ela não pode deixar de existir.

Para isso, porém, ela precisa de espaço. Caso contrário, a dureza do cotidiano pode nos sufocar ou nos paralisar pelo excesso de realidade.

Não estou falando para sairmos da realidade, mas sim contar com o apoio da criança interior para permanecer nela contando com mais uma perspectiva.

Ela serve como uma ferramenta que nos ajuda a perceber possibilidades além das já conhecidas e pré-estabelecidas.

A criança interior nos ajuda a questionar crenças, confrontar certos condicionamentos e é fundamental para equilibrar o excesso de racionalização e intelectualização. Ela é uma grande aliada!

Como acionar sua criança interior para a vida ficar mais leve?

Existem vários artifícios e muitos deles estão pautados em trazer para o cotidiano tudo aquilo que te fazia sorrir quando era criança.

Isso vai desde músicas, objetos ou então fazer coisas de criança como dançar, cantar,colorir, brincar, assistir filmes e desenhos, ler histórias ou então inventá-las. É sonhar acordada, literalmente.

Mesmo que parte de você pense que isso é bobagem ou perda de tempo. Pode ser neste momento, inclusive, enquanto lê este texto – essa é a sua adulta interferindo neste processo.

Envolva-se em atividades que estimulem esse lado lúdico.

Outra coisa que funciona bem é trabalhar com afirmações. Vou sugerir três para que você escolha aquela que mais faça sentido para a sua realidade atual.

Uma dica é praticar essa afirmação durante aqueles dias em que estiver mais sisuda, teimosa, controladora ou ansiosa.

  1. Eu me encho de esperança e vou em direção a realização dos meus sonhos

  2. Minha imaginação é uma fonte inesgotável de criação divina

  3. Eu sou uma luz radiante de esperança, amor, inspiração e alegria na terra

Para fortalecer suas intenções, repita essas afirmações por pelo menos 21 dias e, depois, faça isso sempre que precisar dessa energia.

Para sincronizá-la com o seu ciclo, utilize as afirmações durante todo o período pré-ovulatório. Se desejar sincronizá-la com as fases da lua, faça durante o período da lua crescente.

Boas práticas com sua menina. Ela importa e juntas vocês podem tornar o impossível, possível.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Ana Paula Malagueta

Ana Paula Malagueta

Utiliza diferentes formas, ferramentas e caminhos como o Yoga, Astrologia, Tarot, Danças Circulares, BodyTalk e movimentos em grupos de mulheres para acessar, desenvolver, resgatar e integrar as energias dos Sagrados Feminino e Masculino em nossas vidas. Saiba mais