Beth Vidal
Por Beth VidalLeia em 2 min.27/09/2018 

Bagunça? Descubra qual é a principal inimiga da organização

Identifique o que deixa a energia travada na sua casa e livre-se dela

Sabe aqueles objetos que você costuma guardar na sua casa, caso precise deles algum dia, mas que na verdade nunca usa? Esses itens, apesar de parecem inofensivos, são os maiores responsáveis pela bagunça em  seu lar e na sua vida. Objetos parados e acumulados em um ambiente são chamados de “tralha”, que significa tudo aquilo que é velho e não tem mais valor para você. Essa tralha pode ser a principal inimiga da organização.

E eu aposto que você tem na sua casa ao menos uma tralha. Afinal, as pessoas tendem a guardar objetos dos mais variados tipos: potes velhos, eletrodomésticos quebrados, relógios parados, roupas que não usam, panos de prato queimados etc. Ao sermos questionados sobre esses itens inutilizados nos ambientes a desculpa que damos geralmente é a mesma: “eu posso precisar dele em algum momento”. Porém, a verdade é que essa necessidade não acontece e você continua guardando cada vez mais itens.

E guardar algo que não tem utilidade – seja porque está quebrado, rasgado ou apenas esquecido – causa uma série de prejuízos, como você pode descobrir abaixo.

Qual é o maior problema da tralha?

A tralha é a inimiga número 1 da organização, é ela que deixa sua casa (e vida) bagunçada. Por isso, o primeiro passo é se livrar dela. Afinal, guardar coisas que não têm mais utilidade acaba gerando bagunça nos cômodos da casa, o que dificulta a visualização dos itens que temos. Com isso,  acabamos comprando coisas repetidas, por não sabermos mais o que possuímos – o que gera desperdício de tempo e dinheiro.

Neste texto dei dicas de objetos que ajudam a organizar a sua casa e você nem imagina. Um deles pode estar esquecido na sua casa, então, que tal reaproveitá-lo?

Além disso, a energia de um ambiente cheio de tralhas tende a ficar parada, criando obstáculos que podem interferir nos relacionamentos entre os moradores da casa.

Chega de bagunça: livre-se do que é inútil e renove as energias do ambiente

Mas, então, como se livrar da tralha? Primeiro, dê uma “passeada” por cada cômodo da casa, com calma, identificando tudo que está acumulado, quebrado e sem uso. Se você ficou sem utilizar um determinado objeto, utensílio doméstico ou roupa  por mais de seis meses é sinal que ele não lhe serve mais. Para ficar mais fácil de entender, veja abaixo alguns exemplos de como o descarte pode ser feito:

  • Objetos quebrados: uma xícara do aparelho de jantar, por exemplo, que está com a “asinha” quebrada, mas está guardada porque foi presente de casamento. Faça uma foto para guardar de recordação e descarte. Objetos quebrados são alvos de energia parada. Se houver a opção de consertar algo que está quebrado, como um eletrodoméstico ou o relógio, marque um dia na agenda para levá-los ao conserto, para que não caia no esquecimento.
  • Panos de prato: faça uma seleção de todos que você possui e veja se os que estão em bom estado são suficientes para você manter sua cozinha em ordem. Caso sim, jogue fora os que estão rasgados ou queimados. Se perceber que todos estão em más condições, organize-se para renovar seus panos. Por serem objetos baratos, geralmente é fácil repô-los sem gastar muito.

Conforme for identificando o que é tralha, para não se esquecer de nada, anote num papel qual destino você dará para o que está acumulado. Logo depois, faça uma seleção desses objetos, que podem ser colocados em baldes ou sacos de cores diferentes, ou forme pilhas distintas dos itens que podem ser doados, consertados, os que irão para o lixo e os que você realmente usará.

Depois que definir o que será descartado, crie categorias para organizar o que ficou, ou seja, agrupe os objetos que são iguais ou que desempenham a mesma função, por exemplo:

  • Separe os materiais de limpeza de banheiro dos de limpeza da cozinha. Procure guardá-los em cestas plásticas, armários ou prateleiras nos próprios locais onde serão utilizados, para evitar o “trânsito” desses itens pela casa e a possibilidade de serem esquecidos num outro cômodo, causando novamente a bagunça.
  • Já pensou em montar um cantinho do café na sua cozinha? Coloque todos os itens para fazer a bebida num mesmo local. Por exemplo: caso sua cafeteira use o pó de café, coloque-o num pote de vidro e deixe perto do aparelho, assim como os filtros, o açúcar ou o adoçante. Se sua cafeteira usar cápsulas, organize-as num porta cápsulas ou mantenha-as guardadas nas embalagens originais, sempre próximas à cafeteira.
  • Guarde os panos de prato dobrados em gavetas na cozinha. Caso não possua, opte por organizá-los em caixas transparentes com tampa, na prateleira.

Quando o ambiente já estiver “destralhado”, você terá mais espaço nos armários, nas prateleiras e gavetas para organizar os itens que ficaram. A visualização dos objetos será imediata, evitando a compra desnecessária, porque anteriormente você não achava os itens que precisava.

Ao fazer esse movimento de “destralhar” e organizar os ambientes da casa, você estará movimentando a energia que permanecia parada, estimulando novamente sua circulação, de uma forma plena e contínua por todos os cômodos, facilitando o dia a dia de toda a família e trazendo bem-estar para a casa, como um todo.

Boa organização!

Beth Vidal

Beth Vidal

É personal organizer e oferece consultorias no Rio de Janeiro para organizar a vida e os lares das pessoas, com técnicas inteligentes e soluções criativas. Sua primeira visita aos espaços é gratuita.