Três dicas para alcançar metas profissionais

Analisar os indicadores de resultado é fundamental para gerenciar riscos e garantir resultados positivos

Atingir e superar as metas propostas pela empresa às vezes parece um desafio quase impossível. Muitos ainda possuem receio de atingir as metas profissionais, com medo que elas aumentem de forma exponencial nos meses ou anos seguintes.

Metas, indicadores ou KPI´s – como são chamados em algumas empresas e que em inglês significa Key Performance Indicator (indicador-chave de desempenho) –, são e serão cada vez mais frequentes nas organizações. Por isso, saber lidar com esses dados é fundamental.

Com base na experiência da Net Profit, ajudando milhares de empresas e de executivos em todo o país, aponto três dos principais motivos pelos quais algumas pessoas ou, às vezes, o time inteiro simplesmente não atinge as metas:

  • Criar metas sem indicar os resultados desejados: os gestores, muitas vezes, não possuem as habilidades necessárias para criar essas metas com indicadores de desempenho. Lembrando que são esses indicadores que ajudarão o atingimento de metas.
  • As pessoas não entendem ou não compreendem os indicadores: mesmo quando há indicadores de desempenho bem elaborados, muitos colaboradores não entendem de fato a importância ou o propósito dos critérios de acompanhamento e de avaliação. Eles olham para aquilo apenas como números, perda de tempo e burocracia exagerada que tiram o tempo e desviam a energia do dia a dia.
  • Faltam planos de ações efetivas: apesar dos indicadores de desempenho já existirem e as pessoas entenderem e concordarem, muitos gestores não sabem como criar planos de ações realmente efetivos, que gerem resultados impactantes em pouco tempo. Assim, acabam perdendo a chance da antecipação e a oportunidade de virar o jogo.

Se você é um gestor ou ocupa algum cargo relevante e estratégico na empresa da qual faz parte, lembre-se que é impossível encontrar pontos de melhorias reais em algo que não se mede ou não se analisa corretamente. Esse pode ser um excelente passo para mudar, melhorar e aumentar seus resultados.

Como atingir e superar metas?

Quer saber como se tornar um especialista? Confira seis dicas práticas de como ajudar o seu time a atingir as metas e, quem sabe, superá-las.

1º: Entenda melhor a diferença entre metas x indicadores

Sei que parece simples, porém, mais da metade dos gestores que tenho contato não entendem a diferença. Então, vamos lá! A meta é algo a ser atingido. Normalmente, quantificada por meio de volume, de tempo ou de qualidade. Já os indicadores-chave de desempenho servem para saber se atingiu ou se estão atingindo os resultados esperados que, ao final, levam às metas.

Exemplo:

Meta: sair de Campinas e chegar a São Paulo em 1 hora e 30 min.

Indicadores-chave: distância percorrida e tempo gasto.

Controlando o quanto andou versus o tempo que está gastando, saberá exatamente se está adiantado ou atrasado, permitindo correções antes do término da viagem.

Alguns gestores definem metas, mas não os indicadores de controle. Com isso, muitas vezes, quando tentam reagir já não há mais tempo.

2º: Crie metas que sejam “inteligentes”

Certifique-se que sua meta tem alguns fatores cruciais para atingir o sucesso. Uma dica é utilizar o conceito de Meta S.M.A.R.T. (confira a seguir). Assim, você poderá fazer um filtro toda vez que criar uma meta para o seu time e isso aumentará a chance de sucesso.

Coloco aqui um breve resumo sobre meta S.M.A.R.T.:

  • S – Specific (deve ser específica)

A equipe responsável por atingir essa meta deverá saber exatamente o que deverá atingir. Para isso, deve definir números, prazos, quantidades e todos os dados que deixem claro o que é esperado, sem espaço para mal-entendido.  

  • M – Measurable (deve ser mensurável)

Para ser mensurável, você deve saber ou definir o que, como e com que frequência medir, e quais ferramentas serão utilizadas para isso. Só assim saberá se atingiram ou estão atingindo o resultado esperado.

  • A – Attainable (deve ser alcançável)

Claro que acertar na medida é muito difícil. Por isso, acredito que a dose certa de desafio será fundamental para que a equipe se engaje, se supere e possa se sentir verdadeiramente vencedora quando atingir o resultado proposto.

  • R – Relevant (deve ser relevante)

É essencial que o time entenda o quão importante é atingir aquela meta, tanto para empresa quanto para quem faz parte da equipe. Para isso, é preciso enfatizar o que todos ganharão se atingirem o resultado e o que perderão se não atingirem.

  • T – Time-bound (deve ser temporizado)

É importante definir todas as ações que deverão ser realizadas pela equipe. Para tal, você deve criar um cronograma distribuindo essas ações de forma consciente e controlar para ter a maior probabilidade de êxito.

3º: Crie um painel para esses indicadores chave de desempenho

As pessoas têm dificuldades em manter ritmo e disciplina, por conta disso, sugiro que um painel seja criado para que todos possam saber, em tempo real, onde estão (se estão abaixo ou acima do esperado). Preferencialmente, crie um painel de fácil compreensão, que fique em local visível e que seja atualizado de forma diária. Gráficos tendem a ser bem funcionais e fáceis de visualizar.

Isso ajudará muito o time e os gestores a tomarem decisões rápidas de forma pró-ativa, ou seja, de forma antecipada, tentando alterar o resultado antes de o jogo acabar.

4º: Envolva seu time no processo

Envolver as pessoas na criação e no entendimento é fundamental. O gestor deve saber demonstrar para o time o quanto medir o desempenho por meio de indicadores é benéfico e positivo, permitindo que elas participem com suas opiniões e sugestões de como podem fazer melhor do que fazem hoje.

5º: Tenha disciplina e entusiasmo em fazer a gestão destes indicadores

Faça a gestão desses números de forma disciplinada e diária, se necessário. Se não for gerenciado, de nada irá adiantar seguir os passos anteriores. Afinal, o que não é medido não pode ser melhorado.

6º: Comemore cada resultado positivo

Saiba que é a comemoração que recarrega as energias e dá sentido a todo o trabalho! Aproveite também para reorganizar o seu planejamento, do seu time e da sua empresa. Com certeza, você colherá resultados surpreendentes.

André Girotto

André Girotto

André Girotto é CEO da Net Profit, uma das principais empresas especializadas em capacitação executiva; desenvolvimento de programas inovadores para alta performance; gestão de empenho; efetividade; liderança e vendas. No mercado há mais de 10 anos e com unidades de negócios espalhadas pelo Brasil, a companhia já treinou e desenvolveu mais de 40 mil líderes e executivos em centenas de empresas dentro e fora do país.