Marcia Fervienza

Previsões para Peixes em 2018

Confira principais tendências para quem tem Sol ou ascendente no signo

Previsões para Peixes em 2018

2018 será um ano de conquistas para alguns piscianos, embora nada disso venha de graça. Já outros nativos estarão com a criatividade aflorada, enquanto ainda haverá aqueles que precisarão evitar o autossacrifício em nome de terceiros.

Abaixo, você encontra previsões detalhadas para este signo, divididas por decanato. Mas o dia que um decanato inicia ou termina pode sofrer leves variações anualmente. Portanto, caso tenha nascido no dia de início ou término de um decanato, é importante consultar um astrólogo para tirar a dúvida.

No final do conteúdo, você também encontra as principais tendências para quem tem ascendente em Peixes.

Vale reforçar, ainda, que as previsões focam nos aspectos que o Sol (ou o ascendente) em Peixes viverá ao longo de 2018. Por este motivo, pode acontecer de um decanato ter trânsitos mais expressivos que outros.

Por último, lembre-se que você é muito mais do que apenas seu signo solar e ascendente. Portanto, para ter uma análise completa de como será seu ano, é preciso analisar outros aspectos de seu Mapa Astral.

Confira abaixo as previsões para seu signo e ascendente (caso não saiba seu ascendente, clique aqui e descubra gratuitamente).

Primeiro decanato – 20 de fevereiro a 1º de março

Os nativos do primeiro decanato estarão recebendo um sextil de Saturno em Capricórnio ao seu Sol, indicando um excelente momento para fortalecer diferentes áreas da sua vida, para que elas possam sobreviver às dificuldades que deverão ocorrer quando Saturno fizer conjunção ao seu Sol. Embora este seja um período de conquistas, nada lhe será dado de graça.

Embora este seja um período de conquistas, nada lhe será dado de graça.

Portanto, se os piscianos típicos preferem relegar o controle dos eventos a uma força maior, é hora de viver a própria vida como se tudo dependesse exclusivamente de você, porque o momento é de crescimento, mas nada dará frutos sem um investimento da sua parte. Neste sentido, a palavra do momento não é sorte, mas boa fortuna: isto porque este é um período bastante afortunado para aqueles que se dedicam a buscar o sucesso que desejam.

Aliás, como pessoas em posição de autoridade estarão lhe observando, esforce-se para ganhar a sua admiração e reconhecimento, porque isto poderá ser útil para você em um futuro próximo. De uma maneira geral, este é um momento de preparação para lidar com o que virá em alguns anos, seja uma oportunidade ou uma dificuldade. Os recursos (ou sextis) são colocados à sua disposição para esta preparação, porque esta é a natureza dos sextis: eles nos disponibilizam os recursos e deixam por nossa conta o exercício da nossa vontade em utilizá-los para nosso benefício.

Segundo e terceiro decanatos – 2 a 20 de março

Os nativos destes dois decanatos estão vivendo vários trânsitos sob o seu Sol. Por um lado, estão vivendo a conjunção de Netuno (planeta regente de Peixes) ao seu Sol (especialmente os nascidos entre 2 e 7 de março). Para estes nativos, é o ego que está em jogo: alguns podem sentir a necessidade de subjugar as próprias necessidades em nome da priorização das necessidades alheias, numa atitude de autossacrifício. Para outros, pode ser tentador o desejo de agradar as pessoas, refletindo aquilo que elas esperam encontrar nele, ainda que isso não esteja alinhado com a sua verdade e envolva mentira e ilusão. O ideal, no entanto, é viver este trânsito dando lugar a uma maior conexão com o todo, através de um aumento da sua sensibilidade e empatia, de forma a permitir-lhe contribuir para melhorar as dores do Universo, sem autossacrifício ou ilusão.

Já aqueles que estão recebendo um trígono de Júpiter em Escorpião (os nascidos entre 4 e 20 de março) estão com a criatividade já inerente aos piscianos acentuada. Este é um trânsito de boa saúde e de se sentir bem, mas aqui o “sentir-se bem” pode ter um efeito negativo, porque ficamos mais preguiçosos e mais autoindulgentes. Com isso, nos permitimos mais e não queremos saber de nada que gere desconforto físico ou emocional (como ir à academia), o que nos coloca em risco de engordar. Também é um trânsito financeiramente favorável, o que é positivo, porque quando Júpiter faz trígono ao nosso Sol queremos melhorar o lugar onde vivemos e desejamos viajar (o que requer gasto de dinheiro e investimento). Este é um trânsito de sorte, mas tente não superestimar as suas possibilidades. E procure passar tempo ao ar livre, explorando o mundo ao seu redor e a sua compreensão dele. Este pode ser um trânsito enriquecedor no que diz respeito a compreender a si mesmo!

Ascendente em Peixes

Dois trânsitos estão predominando no Mapa Astral dos nascidos com este ascendente. Por um lado, temos Júpiter em trânsito pela sua Casa 9, facilitando viagens e abertura de horizontes. Por outro, temos Saturno na Casa 11, que estará selecionando as pessoas a quem chamamos de amigos. Júpiter na 9 traz oportunidades de viagens, de novos aprendizados e também de ensinar. Porque durante este trânsito somos expostos a uma visão mais ampla e compreensiva do mundo, nos tornamos mais sábios e maduros, o que atrai para a gente aprendizes. Por outro lado, Saturno na 11 fala de um esforço consciente de integração a qualquer grupo a que se pertença, seja de amigos, familiar ou de trabalho. Enquanto Casa dos amigos, Saturno em trânsito por este setor pode falar de poucos amigos, mas daqueles de longa data. Não são necessariamente amigos que dão colo e que nos mimam, mas são amigos presentes. Fala também de seleção de amigos, como se dissesse que nem todo mundo em nosso círculo de amigos é nosso amigo (alguns são apenas conhecidos). Enquanto Casa dos nossos sonhos e de projetos de longo prazo, Saturno aqui indica uma revisão do que funcionou e do que não funcionou, para ajustar o curso daqui para frente. Fala de aprender com a experiência, não só em relação aos projetos, mas em relação aos amigos: o que quer que não tenha funcionado até agora não funcionará daqui para frente se algo não mudar. E o que precisa mudar? Cabe a você responder esta pergunta.

Consulta com a autora

Se tiver interesse em se aprofundar nas suas previsões, agende uma consulta com a astróloga e autora deste artigo, Marcia Fervienza.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Marcia Fervienza

Marcia Fervienza

Astróloga há mais de 15 anos e psicóloga, atua como colaboradora em Astrologia para diversas revistas e possui trabalhos publicados em vários países. Oferece atendimentos astrológicos presenciais e virtuais. Saiba mais