Cris Ventura
Por Cris VenturaLeia em 4 min.10/12/2019 

Pantone 2020: como usar a cor Classic Blue com dicas de Feng Shui

Azul transmite confiança, acolhimento, tranquilidade, proteção e conexão

Classic Blue é o Pantone 2020. A empresa mundialmente conhecida pelo sistema de combinação de cores elege a cada ano uma cor como tendência. A cor de 2020 eleita é a Classic Blue (na cartela de cores está indicada pelo número 19-4052).

A cor azul é um clássico e transmite confiança, acolhimento, tranquilidade, proteção, conexão.

De acordo com o Feng Shui, o azul escolhido pela Pantone é o azul escuro, quase índigo, muito próximo ao azul marinho, que é o tom de azul usado para harmonizar o Guá do Trabalho e que está em sintonia com o ano universal 4 (número que pela numerologia rege 2020) que influencia a carreira, a profissão, o trabalho.

Na simbologia das cores, em sua mais profunda essência, o azul transmite calma, harmonia, paz. O azul-escuro simboliza as profundezas das águas do mar, a sabedoria, o poder da intuição e do inconsciente.

Por isso, podemos dizer que o azul, muito bem escolhido pela Pantone, traz a conexão da energia do trabalho com a espiritualidade e com a intuição. 

Se você ainda não escuta a sua voz interior, chegou a hora de experimentar esse azul na sua casa e promover mudança de energia.

Dicas para usar o Pantone 2020 na decoração

Apesar de toda a simbologia, muitas vezes o azul é traduzido como uma cor fria na decoração. Se o azul estiver ocupando todas as paredes de um cômodo, ou se estiver predominante no ambiente da casa toda, pode trazer mesmo a sensação da cor fria com uma energia de introspecção e uma certa melancolia.

Se esse for o caso, pode a energia pode ser equilibrada com o uso de cores quentes como amarelo, laranja, vermelho em cortinas, tapetes, almofadas, quadros, por exemplo. Outra opção é incluir móveis e objetos de madeira e melhorar a iluminação para aquecer a vibração do ambiente.

Caso queira incluir o azul na pintura, sugiro que comece com uma parede apenas, que pode ser atrás de um sofá ou atrás da cabeceira da cama. 

Para os menos ousados, escolha quadros que tenham uma paleta de tons de azul que sejam variados, mas no qual prevalece o tom do Classic Blue.

Mesmo que você não saiba onde fica o Guá do Trabalho, vale incluir pelo menos um quadro, um objeto, ou um móvel pequeno como uma mesa lateral ou uma estante pequena com o tom do azul Classic Blue para trazer a energia de alguma forma para sua casa.

Os lugares podem ser o escritório, a entrada da casa, ou a sala, lugares em que você possa visualizar a cor e lembrar da energia de trabalho conectado com intuição e espiritualidade.

Dicas para usar o Classic Blue para ativar o Feng Shui no Guá do Trabalho

Para quem já sabe onde fica o Guá do Trabalho e deseja ativar essa área, nada melhor do que pintar uma das paredes desse canto com o Classic Blue. 

Dicas ativar o Guá do Trabalho, se ele ficar:

  • na sala: um tapete pode ficar bem bonito. Ou mesmo o sofá ou as almofadas do sofá.
  • no quarto de dormir: pode ser a parede atrás da cabeceira. Ou pode ser a cor da cortina nova.
  • na área de serviço ou na cozinha: pode incluir um vaso ou uma fruteira dessa cor. Ou um quadro que tenha o azul no fundo com uma frase inspiradora.
  • no corredor: uma parte da parede com esse tom de azul, da metade para baixo por exemplo (desde que não seja um corredor muito pequeno e estreito). Quadros com aquarelas em tons de azul, prevalecendo o tom do Classic Blue.
  •  no banheiro ou no lavabo: pode ser em acessórios como porta-sabonete líquido, toalhas de mão. 
  • no home office: pode ser uma estante ou prateleira.
  • na entrada da casa: pode ser a cor da porta ou de um quadro no hall. 

Para saber onde fica o Guá do Trabalho, pode solicitar a aplicação do Baguá para a consultora  Feng Shui.

Cris Ventura

Cris Ventura

Encantou-se com o Feng Shui a partir das aplicações da arte milenar em sua casa e dos resultados em sua vida. Ministra palestras e presta consultorias para residências e empresas.