Cris Ventura
Por Cris VenturaLeia em 2 min.17/07/2019 

Feng shui: conheça os diferentes tipos de baguá

Entenda como identificar os baguás, seus significados e como usar em casa

Quando se procura pelo termo Baguá ele pode aparecer também como Ba Gua e significa, em tradução literal, oito trigramas. E os trigramas são formados por um conjunto de três linhas que podem ser contínuas, representando a energia Yang (masculino), ou quebradas, simbolizando a energia Yin (feminino) ou combinadas entre si. O livro das Mutações conhecido como I Ching é composto pelas possíveis combinações dos trigramas que trazem muitos significados.

Um dos Baguás mais conhecidos no Ocidente é o diagrama ou mapa com o formato octogonal, usado pela Escola do Chapéu Negro do Feng Shui, para identificar na planta baixa de um imóvel o que precisa ser harmonizado nos ambientes. Cada um dos oito trigramas simbolizam cada um dos Guás do Baguá, que assim podem ser chamados de cantos e simbolizam áreas da vida.

Mas, existem dois tipos diferentes de Baguá, chamados de Baguá do Céu Anterior ou Céu Primordial e Baguá do Céu Posterior. Cada um deles possui um desenho com uma ordem particular dos trigramas, e tem usos diferentes no Feng Shui.

Baguá do Céu Anterior ou Céu Primordial (colocar imagem)

Diz a lenda que os desenhos dos trigramas estavam desenhados no casco de uma tartaruga e representa a ordem primordial do universo e o momento que antecede a existência material.

Esse Baguá é o indicado para ser usado do lado de fora da porta de entrada como talismã de proteção. É muito encontrado em espelhos que tem a mesma função. É importante prestar atenção ao desenho dos trigramas para identificar o Baguá do Céu Anterior, pois esse tipo de Baguá só pode ser usado do lado externo da casa ou do imóvel, por conta de sua simbologia ligada ao Universo que precede a existência, a materialização.

Baguá do Céu Posterior (colocar imagem)

Os trigramas são compostos pelas mesmas linhas yin e yang, porém estão em posições bem diferentes, representando a ligação dos fenômenos da natureza com os homens, a ciência, a geografia e a vida na terra, ou seja, a existência, a materialização. Esse tipo de Baguá pode ser usado dentro de casa como símbolo de boa sorte e para harmonização e ativação de boas energias. E esse é o Baguá da Escola do Chapéu Negro utilizado sobre a planta baixa do imóvel para realização das consultorias de Feng Shui.

Baguá da Escola do Chapéu Negro (colocar imagem)

Os desenhos dos trigramas e suas posições são muito similares ao baguá do Céu Posterior, mas observem que as linhas dos trigramas estão voltadas para dentro do baguá, estão invertidas e simbolizam que tudo retorna ao seu estado inicial. Esse baguá foi criado pelo Professor e Mestre Lin Yun, criador da Escola de Feng Shui do Budismo Tântrico Tibetano do Chapéu Negro.

Espelho Baguá

O espelho Baguá (composto pelos trigramas do Céu Anterior) é associado à função poderosa de proteção e é indicado para ser usado acima da porta de entrada de uma casa, apartamento, empresa ou espaço comercial. O seu formato é octogonal, cercado por oito trigramas do I Ching e um espelho no centro que repele energias negativas. É importante manter o espelho baguá sempre limpo e trabalhar com a seguinte afirmação: “Me sinto seguro e protegido nesta casa, neste lugar.”

Cris Ventura

Cris Ventura

Encantou-se com o Feng Shui a partir das aplicações da arte milenar em sua casa e dos resultados em sua vida. Ministra palestras e presta consultorias para residências e empresas.