Logo Personare vertical
Pesquisar
Loading...
Óleo essencial de Lavanda: para que serve e como utilizar

Óleo essencial de Lavanda: para que serve e como utilizar

Saiba como a lavanda pode trazer equilíbrio, calma e bem-estar na Aromaterapia

Além de um aroma muito conhecido e utilizado em diversos produtos para casa e cosméticos, a lavanda dá nome a um dos óleos essenciais mais famosos e utilizados no mundo. Não é à toa. A fama do óleo essencial de lavanda faz jus às propriedades terapêuticas contidas nele.

É aquele cheiro bom que exala e deixa todo mundo calminho, relaxado, menos ansioso e ainda ajuda a dormir melhor. Tudo graças às propriedades do óleo essencial de lavanda que equilibra e desinflama todas as emoções.

Eu costumo dizer que a lavanda é o óleo coringa da Aromaterapia, porque ele serve para “quase” tudo. Ela mergulha no nosso inconsciente e vai trazendo à tona as questões, limpando e equilibrando nosso emocional.

Óleo essencial de Lavanda

Quem não gostaria de acordar de manhã, abrir a janela e visualizar um lindo campo de lavanda iluminado pelos raios de sol e trazendo um despertar mais vivo? Não é revigorante? Não dá uma sensação boa logo de manhã? Isso seria possível se estivéssemos nos campos de lavanda de Provence, na França.

A cor, o aroma, a textura das florzinhas retorcidas é a cara desse recanto francês. Lá é o berço das essências, cheiros e aromas.

As plantas e flores são um dos recursos mais antigos utilizados na saúde. Mas o que pesquisas recentes revelam é que através da inalação dos óleos essenciais produzidos por elas podem agir positivamente sobre o físico, além de influenciar o emocional – que é a especialidade do óleo essencial de lavanda.

Segundo o Sense of Smell Institute, ao inalarmos um aroma, ele vai, em segundos, direto para o sistema límbico, onde está o hipotálamo, a parte do cérebro que processa pensamentos e emoções.

O sistema olfativo transforma os componentes químicos inalados em impulsos neurológicos, que atingem diferentes áreas cerebrais.

Esses impulsos chegam às glândulas, inicialmente no cérebro, que estimulam nosso sistema de defesa. Isso acaba também influenciando a zona cerebral onde nascem as emoções.

Se você juntar as propriedades da flor de lavanda com o potencial de inalação de aromas terapêuticos, você terá um óleo essencial poderoso, cujos benefícios veremos a seguir.

Para que serve o óleo essencial de lavanda

Alguns estudos comprovam os efeitos do óleo de lavanda no estado de relaxamento e na melhora de estados depressivos.

Em uma pesquisa realizada na Universidade de Miami (Touch Research Institute) e publicada no Jornal Internacional de Neurociências, adultos expostos à lavanda mostraram aumento da potência beta, sugerindo maior relaxamento.

A lavanda trabalha o equilíbrio da alma, ela age nas polaridades yin e yang. Ajuda a combater sentimentos inflamados, estresse mental e dores de cabeça.

Propriedades do óleo essencial de lavanda

  • Antiespasmódico
  • Calmante
  • Relaxante
  • Sedativo
  • Anti-inflamatório
  • Analgésico
  • Cicatrizante
  • Anti-hipertensivo
  • Anti-infeccioso
  • Antifúngico
  • Antisséptico
  • Bactericida
  • Regenerador da pele

Função do óleo essencial de lavanda

As indicações de uso do óleo essencial de lavanda são:

  • Estresse
  • Ansiedade
  • Angústias
  • Medos
  • Problemas para dormir
  • Insônia (induz a um sono natural e reparador, pesadelos, dispneias)
  • Feridas
  • Queimaduras
  • Acalma coceiras
  • Ajuda nos enjoos de gravidez
  • Dores musculares
  • Picada de inseto
  • Contusões
  • Torções
  • Dor de cabeça
  • Enxaqueca
  • Regulador de sistema nervoso.

Como utilizar o óleo essencial de lavanda

O óleo essencial de lavanda pode ser um aliado no seu dia a dia, podendo ser usado tanto em aromatizadores, difusores ou colares pessoais, quanto em óleos para massagens e em banhos.

O recomendado é consultar um aromaterapeuta para obter as orientações respeitando  sua individualidade e momento atual.

Mas há algumas indicações gerais que podem seguidas caso você não saiba como utilizar o óleo essencial de lavanda na sua rotina:

  • Inalação: coloque de três a quatro gotas do óleo de lavanda no aromatizador elétrico ou aromatizador de ambiente, por pelo menos 2 horas, para colher os benefícios, como equilibrar o ambiente e amenizar estresse e ansiedade.
  • Massagem com óleo essencial de lavanda: quando precisar relaxar, faça uma massagem utilizando 1 colher de sopa de óleo vegetal de semente de uva com 2 gotinhas da lavanda
  • Óleo essencial de lavanda nos pés: uma boa dica é fazer um escalda-pés em 500 ml de água morna  com 5 gotinhas de lavanda antes de dormir para ter melhores noites de sono. Algumas pessoas não podem fazer escalda-pés, se for o seu caso, apenas faça a inalação do óleo antes de dormir ou pingue 1 gota no travesseiro.
  • oBanho com óleo essencial de lavanda: Na banheira misture em 1 colher de sopa de leite 3 a 4 gotas do óleo de lavanda e fique em imersão por alguns minutos, se não tiver banheira pode pingar 2 gotas do óleo no chão do box e ligar o chuveiro e deixar a água cair por alguns segundos para se beneficiar do aroma.

Onde comprar óleo essencial de lavanda

É importante saber algumas informações antes de comprar óleos essenciais. Veja as seguintes dicas:

  1. Primeiro, consulte sempre um aromaterapeuta para indicação do óleo essencial de acordo com suas questões e individualidade, através de uma consulta/consultoria que o especialista pode te ajudar.

  2. Pesquise a marca do óleo essencial e fale com seu aromaterapeuta para verificar se é idônea, ou peça para o profissional indicação de marcas de confiança.

  3. Ao adquirir um óleo essencial, verifique se o produtor informa no rótulo:

  • Nome comum e nome científico
  • País de origem do produto
  • Parte da planta empregada na extração
  • Prazo de validade
  • Especificação de quimiotipo ou de teor em princípio ativo
  • Método de extração do óleo essencial

Óleos com valores muito baixos podem ser óleos adulterados, comprometendo o grau de pureza. Existem laudos técnicos que ajudam a identificar se é um óleo confiável. Novamente, o aromaterapeuta pode te ajudar.

Alguns aromaterapeutas manipulam os óleos nas bases carreadoras e desenvolvem os produtos prontos para uso.

Óleo essencial de lavanda na gravidez

A lavanda é o único óleo essencial seguro para uso na gravidez. Mas o ideal é que seja usado em baixa concentração. Pode ser na forma de massagens nos pés, em inalação com o difusor pessoal ou colar aromático. Minha indicação é de que seja apenas 1 gota durante 20 minutos.

Quanto a outras contraindicações, o óleo de lavanda pode causar sensibilização da pele (risco moderado), por isso, o nível máximo de uso dérmico deve ser de 0,1%.

Lembre-se, sempre, de consultar um aromaterapeuta para orientar na escolha e no uso dos óleos de forma segura e correta.

No vídeo a seguir, veja como utilizar o óleo essencial de lavanda de forma segura:

Use lavanda com outros óleos

Falamos sobre as propriedades, os benefícios e para que serve o óleo essencial de lavanda, entre outras dicas, mas o fato é que ele não precisa ser usado sozinho. O óleo de lavanda é ótimo para ser usado em sinergias e blends.

A lavanda é um óleo que harmoniza qualquer sinergia. Uma dica é usar a lavanda com laranja ou bergamota ajudam a amenizar a ansiedade e o estresse do dia a dia.

Coloque 5 gotas de cada um dos óleos em um aromatizador de ambiente e deixe durante 2 horas, se conseguir faça uma breve meditação de 10 minutos sentindo o aroma, fará toda a diferença no seu dia.

Dicas e curiosidades sobre a lavanda

Olá, essa matéria foi útil para você?
Solange Lima

Solange Lima

Terapeuta integrativa e numeróloga. Utiliza técnicas como Florais, Aromaterapia, Cromoterapia e Reiki. Realiza atendimentos online. Saiba mais