Andrea Leandro
  • Por Andrea Leandro
  • Leia em 4 min.
  • 24/03/2020
  • Atualizado em 11/05/2020 às 14:12

Isolamento social: dicas para ficar em casa com crianças e para quem mora sozinho

Momento delicado da quarentena pode exigir ainda mais apoio e compreensão da família

Isolamento social: dicas para ficar em casa com crianças e para quem mora sozinho

Em tempos de cuidados especiais para prevenir o avanço do Coronavírus, a principal recomendação é o isolamento social.

E como lidar com essa situação tão delicada sem que as pessoas se sintam solitárias? A ação é muito difícil uma vez que o homem é um ser social e necessita viver em sociedade.

Como o isolamento social é um fato novo que as pessoas não estão acostumadas, num primeiro momento a resistência pode ser maior.

É um momento que precisamos muito do apoio e compreensão da família e a consciência das empresas de só manter os trabalhos essenciais e no que for possível rodízio para que menos pessoas circulem.

Para quem vai ficar em casa com crianças

Então, aqui vão algumas dicas para seu isolamento social não ser desgastante:

  • Em casa é preciso planejamento e criatividade para organizar a rotina para que não se torne muito tediosa ou desgastante.
  • Para quem vai trabalhar em casa é importante manter uma rotina e pedir para que a família contribua para respeitar seus os horários.
  • E ainda mais importante: reserve um tempo para momentos de lazer e descanso.
  • Para quem tem filhos: faça rodízio com seu parceiro, enquanto um está envolvido com seu trabalho o outro cuida das crianças.
  • Vale organizar um espaço para brincadeiras livres, perto de onde você está trabalhando. Mas não deixe todos os brinquedos a disposição. Faça rodízios para que todos os dias possam ter novidades.
  • Dependendo da faixa etária das crianças é possível organizar atividades que elas não precisem de supervisão constante.
  • Limite o tempo de internet e televisão.
  • Sessão de cinema em família com direito a pipoca e uma bebida gostosa. Depois pode rolar um papo bem legal sobre o filme visto.

Resgate a sua infância

Aproveite para, junto com seus filhos, resgatar brincadeiras da sua infância e tornar o momento de isolamento social como uma forma de conexão com os pequenos.

Relembre com eles como é jogar “Cinco Marias” ou “Bola de gude”, por exemplo. Também vale buscar na internet alguns jogos que podem ser feitos em casa e sem ter que recorrer às compras.

Pense que esse é um bom momento para descobrir gostos e maneiras de interagir com seus filhos. Tem muita brincadeira que pode ser feita com materiais recicláveis.

Outra dica para melhorar a interação com as crianças: aproveite para preparar as refeições em família.

Isolamento social para quem mora sozinho

Caso você viva sozinho, aproveite a quarentena para:

  • Revisar guarda-roupas e armários. O que está obsoleto, estragado ou em excesso? Separe-os para doar, vender ou se desfazer assim que for possível. Abra espaço para o novo. Isso ajuda a arejar as ideias.
  • Fazer aquele curso online que você sempre quis ou aquele que você se inscreveu e não começou.
  • Momento muito bom para colocar a leitura em dia. Seja de livros, artigos e tantos textos gratificantes que temos a disposição na internet.
  • Faça sessões de cinema ou séries, mas tenha cautela. Limite o tempo em frente às telas para não ficar o tempo todo no sofá ou na cama.
  • Quem sabe é o momento de iniciar um diário e escrever sobre seus pensamentos, sonhos e acontecimentos do seu dia a dia. Um novo viver pode advir dessa atividade. Será um instante de autoconhecimento.
  • Se já não medita quem sabe é a hora de começar. Inicie com respirar calmo e lento que ajuda a oxigenar a mente e já é um instante de foco que inicialmente poderá ter.
  • Reserve um tempo para atividade física dentro de casa. Faz bem para o corpo e para a saúde mental e emocional. Pode ser muito insalubre ficar muito tempo parado. Não tem espaço? Arrede uma poltrona ou sofá e voilá! Já terá um pequeno espaço para agir. A internet nesse quesito é uma grande aliada com sugestões. Use de cautela. Inicie devagar se não está acostumado.

Isolamento social e um novo olhar para sua casa

Sem tantas atividades fora de casa, será necessário novo olhar para o seu lar. Um refúgio especial que muitas vezes é negligenciado pela falta de tempo.

Liste o que deseja fazer e priorize. Não tente fazer tudo de uma vez. Será estressante e angustiante.

Viva um dia de cada vez, cada pessoa tem um temperamento diferente. Alguns são mais reservados outros mais ativos e num momento de confinamento todo mundo terá que ajudar o outro.

Se você é muito introspectivo, aproveite para meditar, ler e abra as janelas para olhar para fora.

Se você é extrovertido, procure caprichar em atividades ativas, como exercícios físicos e organizar os ambientes. Lembre-se que precisa prezar pela boa convivência com as pessoas da sua casa. Todos estão sendo privados de atividades que gostam ou que são necessárias.

O respeito e a compaixão são necessários com grande toque de empatia.
Cuide apenas os excessos de qualquer ação. Tente dosar com atividades gratificantes.

Quando perceber terá um dia cheio de ações bem produtivas e felizes no seu dia a dia.
Lembre-se você precisa se isolar para sua saúde vigorar, mas não precisa se sentir solitário. Existe a internet que ajuda a conexão, existem as janelas para que você possa falar com seus vizinhos (mantendo o distanciamento).

Vamos usar da criatividade e muita coisa boa pode acontecer. Todos os momentos da vida deveriam ser encarados como desafios e não problemas. Assim, a mente se abre para o novo e boas oportunidades e acontecimentos surgem.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Andrea Leandro

Andrea Leandro

Profissional certificada pelo Selo Casa Saudável, administradora e consultora em Harmonização de Espaços. Utiliza em seu trabalho técnicas como Geobiologia, Feng Shui, Reiki, Lótus Sagrada e Florais. Saiba mais