Hora de promover o desapego

Comece o ano jogando fora o que não serve mais

Que tal iniciar o ano revendo o que você quer manter ao longo deste novo ciclo e o que quer se livrar, mas não tem coragem? Ou tem preguiça, apego, comodismo? Vamos repensar e praticar o desapego?

Muitas vezes, manter uma situação, uma relação ou um padrão conhecido pode parecer mais fácil do que se desapegar. Nosso cérebro prefere o velho e conhecido, mas nem sempre o melhor. Nesse caso já sabemos o que está nos esperando no futuro: os mesmos padrões que temos agora. Mas se você considera que precisar mudar no ano que está começando, então vamos à faxina! Como diz aquela música do Gabriel O Pensador: “Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente.”

O que não lhe serve mais? Comece pelo armário. Geralmente guardamos mais que roupas nas gavetas, são coleções de lembranças, de outras situações e épocas. E se não cabem mais ou você não usou no ultimo ano é porque você mudou. Então aproveite e se livre desses antigos “eus” guardados no armário.

Depois, olhe a sua aparência e veja o que não lhe satisfaz. O que realmente você pode fazer sobre isso? Um corte de cabelo, uma dieta mais saudável, uma caminhada. E com a família? Menos TV e computador e mais conversas e passeios? Nas relações com os outros, que tal não esperar passar ou chegar no limite para resolver conflitos? Tem sempre o meio do caminho se você se propuser a procurar. Resumindo: tem sempre alguma parte da nossa vida que precisa de faxina, e o sinal é que não estamos felizes nessa área.

Uma limpeza energética tem por objetivo purificar, renovar e equilibrar nossos corpos físico, emocional, mental e energético, afastando do nosso redor as cargas negativas que carregamos no nosso dia a dia e conectando-nos aos planos mais sutis da natureza. Todas as técnicas abaixo ajudam a fazer a limpeza energética, escolha a que mais se identificar ou a combinação de duas delas.

Purificação com Florais de Minas

Buquê de Flores Brancas – Composição: Camellia, Coffea, Fortificata, Jasminum, Lacrima, Lilium, Millefolium, Origanum e Zante. Atua como tônico em processos de limpeza e purificação. Devido à natureza da cor branca, este buquê tem a capacidade de penetrar em nossos corpos energéticos, emocionais e mentais. A dosagem padrão é de quatro gotas diretamente na boca, quatro vezes ao dia, até terminar o vidro.

Limpeza e proteção com pedras e cristais

A Selenita é a pedra mais “faxineira” que conheço. Ela limpa pessoas, ambientes, campos energéticos, outras pedras e até ela mesma. Fique com ela em mãos e respire lenta e profundamente por 5 minutos. Ela não precisa ser limpa e não vai na água.

A turmalina negra proporciona uma limpeza no campo energético e ajuda a formar um escudo protetor. Pode ser utilizada para neutralizar as próprias energias negativas, como raiva, ressentimento ou inveja. O preto vibrante refletido pela turmalina irradia luz. Ótima para ter sempre com você durante o ano, em contato com o corpo como em um pingente ou no bolso.

Banho fitoterápico

Tomar um banho verde (fitoterápico) de eucalipto. Utilize um punhado da erva fresca para um litro de água de fonte, de mina ou filtrada. Amasse as folhas na água e deixe descansar e apurar por alguns minutos. O banho é de corpo inteiro, da cabeça aos pés. Começando pela cabeça, vá jogando seu banho com a intenção de limpar tudo o que atrapalha, todo e qualquer lixo que guardou por algum motivo e não lhe serve mais.

Escalda-pés

Para quem não gosta de tomar banho de erva, pode fazer escalda-pés com água de fonte com um punhado de sal marinho e um punhado de bicarbonato de sódio. Acrescente um chá de eucalipto (quente) até que fique quente, mas confortável. Mergulhe os pés nessa mistura e deixe até que a temperatura fique natural. Retire os pés, seque bem. Sugiro sempre fazer escalda-pés à noite e quando não for sair para não pegar friagem.

Meditação

Primeiro escolha um lugar para ficar sem ser incomodado, pode ser uma cadeira ou uma almofada. Não se preocupe com nenhuma posição específica. Apenas fique ali, sem ter que fazer mais nada.

Em seguida, preste atenção na sua respiração. Passe então a respirar conscientemente. Respire e preste bastante atenção no movimento do ar que entra e que sai. Você não precisa forçar nenhum tipo de respiração especial. Mas respire, de preferência sempre pelo nariz. Continue este movimento…

Agora, feche os olhos; inspire e expire profunda e calmamente. Assim, concentrado, imagine que quando você inspira o ar entra leve e fresco, e que esse ar que entra é verde claro, da cor de folha-nova. E quando você expira, o ar sai mais denso e pesado e também com um verde mais escuro. Imagine que a cada inspiração você coloca mais frescor e leveza para dentro e a cada expiração se livra das coisas pesadas e que não servem mais.

Passe alguns minutos fazendo essa respiração colorida e quando terminar, na ultima expiração abra levemente a boca e deixe o ar sair de uma vez, com força e barulho, como quem diz: vá!

Simone Kobayashi

Simone Kobayashi

Terapeuta Holística atuante em São Paulo e OnLine. Dedica sua vida profissional à junção de técnicas terapêuticas como o Reiki, Florais, Acupuntura, Análise Energética, Limpeza Energética, Harmonização, Barras de Access e Cura quântica.