Hidratação no verão: aposte em comidas e bebidas leves

Sucos, frutas, verduras e legumes e os perigos da bebida alcoólica

É tempo de praia, calor, curtição e alegria. Mas, para manter esse astral alto, não podemos esquecer de nos hidratar e nos alimentar de maneira correta e leve, para que não falte água no organismo durante a estação e a comida não pese na hora de curtir os dias quentes. O que podemos fazer?

Sucos, frutas, verduras e legumes são ótimos aliados e podem substituir alimentos mais pesados, que causam desconforto e digestão lenta. A bebida alcoólica durante os dias mais quentes, porém, pode ser uma grande vilã. Em vez de hidratar, o álcool, em bebidas geladas, até refresca. Entretanto, causa desidratação por sua composição.

Inclua sucos refrescantes e crie sua combinação:

  • Limão com capim cidreira;
  • Limão siciliano;
  • Maracujá, gengibre e mel;
  • Abacaxi com hortelã ou gengibre;
  • Melancia com hortelã;
  • Chás gelados, como hortelã, mate ou de frutas.

Água aromatizada

Faça sua combinação para uma água mais refrescante com ervas, especiarias e frutas. Como hortelã, manjericão, alecrim, sálvia, canela em pau, cravo, gengibre, laranja, limão taiti, mexerica, limão siciliano, carambola, abacaxi e frutas vermelhas.

  • Hortelã e limão siciliano;
  • Canela em pau com laranja;
  • Alecrim com limão siciliano e limão taiti;
  • Carambola, hortelã e laranja;
  • Manjericão, limão e gengibre.

Frutas com mais água

É indicado, ainda, optar por frutas com mais água na sua composição, como melão, melancia, abacaxi, carambola, maçã, laranja – geladinhas são muito refrescantes.

Se gostar, faça geladinhos de sucos de frutas (sacolé) para ter a mão e se refrescar. A água de coco, que não pode faltar, é uma excelente opção para você se hidratar.

Os legumes e as verduras também são ricos em água e podem contribuir para uma hidratação mais profunda no verão, além de deixarem as refeições mais leves para esses dias mais quentes.

Aqui estão algumas ideias para estimular sua criatividade: saladas com cuscuz marroquino ou quinoa, legumes recheados, macarrão de abobrinha, cenoura ou palmito pupunha ou massas leves como lasanha de berinjela e abobrinha. Escolha o que tem disponível em casa e crie a sua receita refrescante.

Escolha os alimentos e bebidas que seu corpo está pedindo, por isso é essencial notar as sensações físicas presentes e estar atento aos sinais que podem lhe indicar, como por exemplo, muito calor, suor, dores de cabeça ou indisposição.

Bebidas alcoólicas são vilãs

As bebidas alcoólicas, ao contrário do que muitas pessoas pensam, podem até refrescar, mas não hidratam o corpo que está suando e perdendo líquido. Longe disso, contribuem para a desidratação e ainda são diuréticas e nos estimulam a ir mais vezes ao banheiro com maior frequência. Por isso, redobre a dose de líquidos para se hidratar caso esteja consumindo álcool e poderá curtir sem se preocupar.

A hidratação é vital para o funcionamento do nosso corpo, no desempenho das atividades físicas e em dias quentes para repor os líquidos que perdemos no suor.

No verão, temos tudo isso: Sol, calor, folia e muita diversão. Para quem vai curtir uma praia, lembre-se: hidratar é mandatório durante todo o dia (e a noite também). Tenha sempre uma bebida leve com você para refrescar o calor, hidratar seu organismo e manter seu corpo ativo.

Cuidado com a desidratação

A desidratação pode promover a diminuição no volume e na pressão sanguínea, um aumento da frequência cardíaca e da temperatura corporal. Por isso, a hidratação é fundamental para repor os líquidos e sais minerais perdidos no suor durante a folia.

Causas comuns da desidratação

  • Diarreias e vômitos;
  • Febre alta ou suor excessivo;
  • Urinar em excesso;
  • Bebidas alcóolicas;

Sintomas comuns da desidratação

Em desidratações leves – você pode sentir muita sede, alguma fadiga, apresentar diarreia e/ou vômito, sentir tontura e dores de cabeça, ou ainda ter sonolência.

Em desidratações mais graves – você pode sentir um aumento da temperatura corporal, perceber a diminuição de peso, sentir a pele e a boca secas, cansaço.

Em desidratações avançadas – a sede fica mais intensa, assim como todos os outros sintomas. Há casos de convulsões e hipertermia, provocando queda de pressão. É possível, ainda haver perda de consciência e até estado de choque.

Não passe calor

Para evitar os sintomas mais leves e curtir o verão sem preocupação, beba bastante líquido, use roupas leves, evite suor excessivo e ambientes muito quentes.

Quanto de água devemos beber?

A recomendação de dois litros por dia é ótima. Não precisa ser, entretanto, dois litros inteiros de água. Você pode dividir entre sucos, chás, frutas, e etc. Nos dias muito quentes ou durante as atividades físicas, basta aumentar a quantidade de líquido.

Luiza Camargo Mendes

Luiza Camargo Mendes

Nutricionista, instrutora de Mindfulness, praticante de Meditação e Yoga, que encontrou no Mindful Eating um grande significado para sua atuação.