Logo Personare vertical
Pesquisar
Loading...

Atrasos e vulnerabilidade a vírus; veja as previsões astrológicas da semana

Semana de 6 a 12 de dezembro de 202 é ultra netuniana e pede jogo de cintura e muito cuidado com imprudência

Atrasos e vulnerabilidade a vírus; veja as previsões astrológicas da semana

Netuno é o Astro em destaque nas previsões astrológicas de 6 a 12 de dezembro de 2021 — mas em aspectos de tensão, e não fluentes. Isto indica um aumento da faceta negativa do planeta, trazendo falhas em sistemas, atrasos, confusão, distração, vulnerabilidade viral, baixa imunidade e hipersensibilidade.

Saber disso pode fazer a diferença, seja para entender um momento de maior desmotivação ou sensibilidade, seja para tentar ficar mais atento na hora de conferir documentos e tomar providências no dia a dia.

Marte em quadratura com Júpiter agita até meados de dezembro com mais afazeres e correria – e pede atenção com atitudes imprudentes. Ainda teremos Vênus em conjunção com Plutão, o que torna as relações mais intensas até o final de dezembro.

Saiba tudo sobre como aspectos interferem na vida de todos nós neste artigo. Mas se quiser ver as previsões astrológicas personalizadas para você, acompanhe aqui o seu Horóscopo Personalizado. E você já pode se preparar para o próximo ano aqui com as Previsões astrológicas para 2022.

Vamos às previsões completas desta semana.

Falhas em aparelhos e confusão de dados

Até quinta-feira (09/12), Mercúrio está em tensão com Netuno, aspecto que já pode começar a ser sentido desde sexta-feira passada (03/12). A quadratura tende a provocar mais falhas em sistemas e comunicações, tendência a fake news e a notícias confusas e/ou imprecisas.

O dia a dia, assim, tende a ficar mais atrapalhado e sujeito a atrasos, requerendo flexibilidade e jogo de cintura. Vale conferir mais vezes o que fizer, pois a cabeça estará mais avoada e distraída.

Vulnerabilidade viral e baixa imunidade

Se você achou que após quinta-feira (09/12) estaria livre de aspectos difíceis com Netuno, se equivocou. É justamente neste dia que começa uma quadratura do Sol com o planeta, presente até quarta-feira da próxima semana (15/12).

Veja as múltiplas manifestações dessa combinação, lembrando que nem tudo precisa ocorrer com você. Tudo depende de como este trânsito se combina com o seu Mapa Astral.

  • No coletivo, é um período de aumento de viroses, como a influenza que se abateu sobre o Rio de Janeiro desde o final de novembro e o próprio coronavírus. Portanto, acautele-se, pois entraremos em uma fase muito propensa à contaminação.
  • Tipicamente, Sol/Netuno pode baixar a imunidade, podendo intensificar os episódios alérgicos. Chance de queda na vitalidade e na energia.
  • Podemos sentir nuvens de neblina, reduzindo a clareza. Pode ser mais difícil tomar decisões e enxergar situações e pessoas com clareza. Se for possível, aguarde passar esta influência para a tomada de decisões e conseguir entender melhor contextos e pessoas. Se não for possível aguardar, você vai ter que fazer um balanço entre intuição e coleta de dados que ajudem em um embasamento racional.
  • “Eu vivo sempre no mundo da lua”, já dizia uma música antiga. Preguiça, desmotivação e desejo de sonhar – e não lidar com o mundo real – são típicos desta combinação. Se estiver assim, tudo bem, isto dura alguns dias e depois passa.
  • Aumento de episódios de esquecimentos e distrações. Se algo precisa de atenção, concentre-se mais.
  • Algumas pessoas ficam mais sensíveis. Saudades, nostalgias podem emergir. Decepções também ficam mais sujeitas a acontecer por estes dias. Ou seja, esteja pronto para estados de humor mais sensíveis e oscilantes. No outro extremo, cuidado para não se empolgar demais com algo que não conhece, já que a fantasia também estará no ar.
  • Incremento de uso de álcool e drogas. Leve isto em conta, tendo mais cautela ao circular e dirigir. O aspecto vai se somar a uma tensão Marte/Júpiter, que estimula excessos.

Entendendo bem este contexto fica mais fácil de lidar com estes dias netunizados. O lado positivo do aspecto é um aumento de sensibilidade, de maneira que algumas pessoas utilizam para fazer contato com a intuição, meditar e relaxar (Veja aqui meditação para relaxar). Também é importante saber lidar bem com a hipersensibilidade.

Química e movimento nas relações

Até o final de dezembro, Vênus vai estar em conjunção com Plutão, e, nesta semana, ainda em sextil com Marte. Este último aspecto, presente desde meados de novembro, elevou o tesão e a química, além de ter trazido mais movimento e iniciativa nas relações afetivas, sociais e comerciais.

Quanto à conjunção Vênus/Plutão, veja aqui sete possibilidades de manifestação, sendo que nem todas precisão ocorrer com você.

  1. Intensidade. Para o bem e para o mal. No negativo, há potencial de “sincericídeo” e problemas podem vir à tona. Mas, se houver habilidade, pode-se reformular relações (de qualquer natureza, inclusive profissionais), desde que não se parta para embates de poder, algo comum com este aspecto.
  2. Solteiros podem experimentar mais intensidade nas relações, o que significa química. Contudo, nem sempre química significa um potencial de um bom relacionamento. Com a intensidade de Vênus/Plutão e logo após um eclipse em 04/12, talvez não seja possível discernir bem, neste momento, quem está chegando ou o que está se vivendo. Com a ajuda valiosa da Astrologia, fique mais atento.
  3. Crises nas relações. A crise pode ser com a empresa ou administração, com alguém próximo ou no âmbito afetivo – que pode ser tanto por um relacionamento existente quanto pela falta de um. Finalizações de relacionamento (afetivo, profissional, etc.) também podem acontecer.
  4. A volta de ex. Dependendo da situação, nem sempre é algo desejável. Esta é a combinação típica de “não parece custar nada, mas no final o preço pode ser caro”.
  5. Possibilidade de gastos maiores e despesas necessárias. Como ter de pagar um conserto de maior vulto. Esteja atento ao dinheiro, para não ficar descapitalizado em janeiro.
  6. Mortalidade aumentada no mundo em dezembro. E por N motivos, desde as temperaturas extremas que costumam ocorrer nesta época até as mortes que ainda acontecem por conta da pandemia em diversas partes do mundo. Este vai ser um mês crítico para este tipo de questão.
  7. Intensidade ajuda em terapia e processos de cura. Para quem está disposto a mergulhos internos, lidar com assuntos difíceis e realizar transformações vai ser ótimo neste período. A conjunção ocorre em Capricórnio, o signo do amadurecimento e responsabilidade.

Exageros até meados de dezembro

Marte quadra Júpiter, mas faz um aspecto harmonioso com Plutão, até 13/12. Aqui temos os excessos de demandas, comuns nesta época do ano, responsabilidades e ações. A sorte é que Marte faz um sextil com Plutão, o que nos suplementa de energia extra.

No entanto, vamos sentir a puxada de diversos afazeres e ansiedade. Cuidado para não colocar ainda mais coisas no cômputo geral, dando passos maiores do que a perna. Aqui, veja como a Aromaterapia pode te ajudar a controlar a ansiedade.

Há potencial também de imprudência, com mais notícias de acidentes no coletivo. Considerando que o Sol quadra Netuno a partir de quinta, que leva a potencial abuso de álcool e drogas, realmente é importante não ser imprudente.

Evite, também, atitudes que possam soar como arrogantes e invasivas, pois as relações, com Vênus/Plutão, estão em uma fase mais delicada. Assim, não se exceder pode fazer a diferença.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski mora no RJ e dá consultas astrológico-terapêuticas pessoalmente ou à distância, focando no que o céu tem a dizer, mas também no que o livre arbítrio pode fazer. Saiba mais