Pesquisar
Loading...

Previsões para o amor em novembro 2022

Calcule o seu número deste mês e veja quais são as previsões para sua vida de acordo com a Numerologia

Atualizado em

Preparem os corações! As previsões para o amor em novembro de 2022 (Mês Universal 8) mostram uma tendência à agressividade e ao espírito competitivo. Como consequência disso, podemos sentir mais raiva e um ímpeto de impor nossa vontade e nossos ideais goela abaixo das pessoas com quem interagimos. 

As questões associadas à justiça estarão mais em voga, portanto, notaremos mais cobrança sobre o comportamento do outro. Também é possível que haja divergências e até mesmo conflito entre familiares, colegas, grupos-equipes e nações. 

Há esperança de que “gastemos” esse lado por meio da Copa do Mundo de futebol, já que ela é um meio construtivo e justo de competir. De todo modo, é importante desenvolver a diplomacia e a capacidade de entender outros pontos de vista. Assim evitaremos atritos desgastantes. 

A maturidade diante dessas diferenças e a empatia para conviver com o que não concordamos serão essenciais neste mês de Ano Universal 6.

Esse é o cenário geral da Numerologia para o mês. A seguir, confira as previsões pessoais para o amor em novembro de 2022.

Previsões para o amor em novembro 2022

Para conferir as previsões do amor na sua vida, você precisa ver qual é o número do seu mês pessoal nas suas Previsões Numerológicas. Depois, volta aqui para ler as tendências e dicas para a sua vida.

ANO PESSOAL 1 – TRIMESTRE PESSOAL 7 – MÊS PESSOAL 3

Se você não está se relacionando, neste mês, terá o impulso de manter sua liberdade, pois a simbologia do 1 e do 7 mostra a importância de se dedicar a um projeto pessoal. É possível que seja uma viagem ou um curso, o que pode representar dificuldade de tempo para um relacionamento. 

Todavia, tem o lado romântico do 3, que pode ativar a coragem do 1 e do 7 para enfrentar os medos de iniciar (1) um vínculo profundo, intenso e repleto de intimidade (7).

Caso esteja em um relacionamento, você poderá se perceber dedicando mais foco a algum projeto pessoal. Por isso, será importante melhorar sua comunicação (3) para compartilhar com a pessoa parceira a necessidade ou oportunidade de alavancar esse objetivo. 

Mas, claro, valerá a pena também direcionar o impulso de renovação afetiva e sexual que essa conjugação de números representa. Aproveite para iniciar um novo ciclo de mais prazer e respeito à individualidade tanto sua quanto de seu par. 

ANO PESSOAL 2 – TRIMESTRE PESSOAL 8 – MÊS PESSOAL 4

Esses números conjugados têm uma necessidade em comum: a busca pelo que é seguro – emocional e materialmente. Por isso, se não estiver em um relacionamento, você terá a oportunidade de construir as bases de um, caso decida se comprometer com alguém. Em princípio, você não quer aventuras em novembro, seu desejo será por um laço firme e duradouro. 

Se você está em uma relação, será uma época para reestruturar o vínculo. Também é um momento de apoio mútuo – tanto emocional quanto financeiro.  

Pode ser que formalizem o laço, caso ainda não tenham feito. Ou consigam atingir um novo nível de segurança, como conquistar uma meta há muito desejada. 

É o momento para se planejarem para concretizar uma ambição conjugal e familiar. Por exemplo: constituir família, comprar um imóvel, reformar o lar ou construir um cantinho para vocês.

ANO PESSOAL 3 – TRIMESTRE PESSOAL 9 – MÊS PESSOAL 5

Se você não está em um relacionamento, é um período de experimentação. A abertura ao novo e a pessoas diferentes serão ótimas oportunidades para deixar no passado o que não te satisfaz mais.

Aventuras românticas e sexuais poderão acontecer, talvez com alguém com quem você sentirá química e afinidade. Só tenha cuidado para que esse vínculo não te reprima e nem atrapalhe seus planos de viajar, fazer algum curso e curtir as amizades. 

Caso esteja em um relacionamento, novembro apresenta a oportunidade de fazer este vínculo renascer, ainda mais porque uma crise entre vocês – ou na vida de um de vocês – pode se tornar mais aguda. 

Na verdade, é uma oportunidade para renovar os votos e sair da rotina, buscando programas mais divertidos e resgatando o prazer da convivência e da troca sexual. Uma viagem aqui será excelente para reciclarem a forma de dar e receber afeto. 

Por outro lado, se não conseguem mais se entender, pode ser o período para colocar um ponto final nesta história para terem a liberdade de buscar novos horizontes individualmente.

ANO PESSOAL 4 – TRIMESTRE PESSOAL 1 – MÊS PESSOAL 6

Se não está em uma relação, pode aproveitar o potencial romântico do 6 e a seriedade de um compromisso seguro tanto do 6 quanto do 4 para começar (1) um relacionamento. 

No entanto, será preciso pesar na balança o quanto está valorizando a independência ou a cooperação. Tem um lado seu querendo se dedicar mais à realização de um projeto. Ao mesmo tempo, tem outro lado mais carente, buscando companhia e companheirismo. 

O bom é que você pode ter ambos! A questão é encontrar o equilíbrio entre estar em uma relação e manter sua autonomia e seu tempo para os próprios interesses.

Se você está em um relacionamento, será importante dialogar com seu par e buscar um acordo sobre a materialização de um projeto. Assim, evita que as divergências gerem um desgaste neste vínculo.

As responsabilidades familiares, residenciais e profissionais poderão ser mais intensas neste mês. Por isso, será fundamental o apoio mútuo.

Dica: se a união não é formalizada, novembro é muito apropriado para essa celebração e concretização.

ANO PESSOAL 5 – TRIMESTRE PESSOAL 2 – MÊS PESSOAL 7

Tem um lado seu querendo mais liberdade e outro com desejo por companheirismo e cumplicidade. Tem um lado seu querendo ficar mais na sua e outro mais carente. 

Então, para você que não está se relacionando, o desafio será criar um laço íntimo, profundo e nutritivo que não gere dependência e faça perder sua liberdade. Pode, inclusive, conhecer alguém por meio de uma viagem ou curso. 

Se você está em um relacionamento, será importante conversar com seu par sobre seus medos (de traição, abandono e mudança) e seu desejo por um vínculo mais satisfatório, inclusive sexualmente. 

Investigar os receios, não se deixar levar por paranoias e desconfianças, bem como ouvir os anseios e medos da outra pessoa pode criar uma fase renovada de uma união ainda mais nutritiva. 

ANO PESSOAL 6 – TRIMESTRE PESSOAL 3 – MÊS PESSOAL 8

Você que não está se relacionando pode aproveitar o poder de materialização do 8 em prol do romantismo e desejo de afeto do 6 e do 3. Assim, tem o potencial para construir as bases de um relacionamento. Inclusive, pode ser com alguma pessoa do passado ou mesmo com alguém mais velho, ou bem mais novo que você. 

Se você está em um relacionamento, este mês de novembro pede persistência para colocar em prática os ideais e sonhos de um companheirismo mais satisfatório. Para isso, terão de resolver algumas divergências, conversando a respeito de certos conflitos financeiros ou profissionais. 

Mas isso faz parte. Adquirindo mais maturidade nesses diálogos e acordos, conseguirão realizar um objetivo que gerará mais prazer e irá melhorar o clima familiar. 

ANO PESSOAL 7 – TRIMESTRE PESSOAL 4 – MÊS PESSOAL 9

Para você que não está se relacionando, é um período para refletir sobre experiências do passado e desapegar de alguém com quem ainda idealiza se relacionar. Aprenda, com essas reflexões, o que precisa ser mudado em uma nova história de amor. 

Aí, sim, poderá se abrir para alguém e construir uma história de amor repleta de companheirismo, segurança e intimidade.

Caso você esteja em um relacionamento, será uma época de grandes sacrifícios pela pessoa parceira ou pela família. Isso demandará um mútuo apoio, uma divisão de responsabilidades, a fim de não acumular mais carga do que a necessária. 

Também pode representar o fim de um ciclo entre vocês e o comprometimento para reestruturar a relação, principalmente, a cumplicidade e a confiança. Caso não estejam com a determinação suficiente para esse processo, pode ser o ponto final.

ANO PESSOAL 8 – TRIMESTRE PESSOAL 5 – MÊS PESSOAL 1

Se você não está se relacionando, saiba que tem um lado seu que não quer mesmo se relacionar. Esse lado quer aproveitar este mês para se dedicar a um ou mais projetos, com mais reconhecimento e liberdade. 

Pode ser a conquista da autonomia pessoal e da independência financeira, uma nova fase profissional e uma disposição em arriscar na carreira. Tudo isso pode tirar o foco da vida afetiva.

Já para você que está em uma relação, é preciso dizer à pessoa parceira que o apoio dela será essencial para você se dedicar mais intensamente a esta nova fase, especialmente profissional e materialmente. 

Mesmo assim, se puder, valerá a pena aproveitar o potencial de renovação tanto do 1 quanto do 5 para mudar hábitos e comportamentos na sua forma de dar e receber afeto. Essa atitude pode reestruturar a base do relacionamento.

ANO PESSOAL 9 – TRIMESTRE PESSOAL 6 – MÊS PESSOAL 2

Neste mês, para você que não está se relacionando, existe um ótimo potencial para se envolver afetivamente. Isso porque tanto o 2 quanto o 6 e o 9 têm um lado bastante romântico. 

Há uma disponibilidade para vincular-se a alguém. Uma carência maior por companhia pode ser percebida e ser o sinal que espera para começar um relacionamento. Como o poder de sedução está maior, este novo vínculo pode vir marcado por companheirismo e um propósito maior de estar ao lado dessa pessoa especial.

Caso você esteja se relacionando, pode ser um período em que alguma divergência entre você e seu par fique mais notória e incômoda. É uma oportunidade para vocês melhorarem o diálogo e a maneira de dar e receber afeto, a fim de tornar a união mais justa, segura e satisfatória. 

Porém, se as diferenças são irreconciliáveis, pode ser o mês da separação.