Pesquisar
Loading...

Por que os planetas são importantes no mapa astral?

Cada planeta tem um significado diferente e como ele se movimenta pode mexer com a sua vida; vem entender!

Por que os planetas são importantes no mapa astral? Você provavelmente sabe o signo onde tem Sol, e talvez a Lua ou Vênus também. Mas há outros planetas no nosso mapa e os movimentos que eles fazem no céu podem representar mudanças na nossa vida. Vem entender!

Por que os planetas são importantes no mapa astral?

Na Astrologia, cada planeta tem um significado diferente, representando potenciais e características da nossa personalidade.

No momento em que uma pessoa nasce, os astros ocupam uma determinada posição no céu – que forma o seu Mapa Astral.

O Signo Solar é o mais popular, é aquele que conhecemos pela data de nascimento e ele nos mostra o traço de personalidade mais importante que temos: a nobreza do caráter.

Marte no Mapa Astral, por exemplo, revela a nossa forma de agir, nossa força, onde manifestamos iniciativa.

Veja aqui o significado de todos os planetas no Mapa Astral.

Por que o trânsito dos planetas é importante?

Depois que você nasce, os planetas continuam a se movimentar, girando constantemente ao redor do Sol.

Esse movimento cíclico faz com que eles formem aspectos no Mapa Astral de nascimento de uma pessoa, originando os chamados ciclos ou trânsitos astrológicos.

Os trânsitos dos planetas nada mais são do que a comparação entre a posição dos planetas do Mapa Astral de uma pessoa com o céu do período analisado.

Essa análise, comparando o mapa de nascimento com os trânsitos atuais, pode ser vista aqui no Horóscopo Personalizado do Personare.

Como os planetas atuam nas nossas vidas

Um trânsito de um planeta no céu sobre um planeta ou ponto em nosso Mapa Astral nos mostra um momento em nossas vidas que pode estar começando, se desenrolando ou finalizando.

O planeta que recebe o trânsito e sua localização por casa indicará a parte de nossa personalidade que está em transformação ou está preparada para evoluir.

Existem dois tipos de trânsitos, que podem significar mudanças temporárias/cotidianas ou mais profundas:

  • Trânsitos rápidos: planetas como Sol, Lua, Mercúrio, Vênus e Marte realizam a volta completa ao redor do Sol em menos de 365 dias, por isso eles são mais curtos, apenas alterando nosso estado de ânimo por alguns dias ou semanas, e se repetem com mais frequência.
  • Trânsitos longos: planetas como Saturno, Urano, Netuno, Júpiter e Plutão podem demorar anos para completarem uma volta ao redor do Sol, por isso eles se referem a mudanças mais profundas e duradouras.

Além disso, existem os movimentos retrógrados, que é quando aparentemente ele anda para trás olhando do ponto de vista da Terra. A Astrologia entende que esse posicionamento pode provocar um processo de revisão do tema daquele planeta na sua vida.

Em 2022, vamos ter oito planetas retrógrados em 2022. Veja aqui as datas!

Astrologia não é fim, é meio

Por fim, é preciso entender que a Astrologia não é um fim em si mesmo. Ou seja, ela não diz que ter planeta em determinado signo é bom ou ruim ou se um trânsito planetário é positivo ou negativo.

A Astrologia não determina nada, ela ajuda a entendermos nossa personalidade, indica os ciclos pelos quais estamos passando e qual seria a melhor maneira de atravessá-los. Mas a responsabilidade de agir, de mudar (ou não) é toda sua!

Personare

Personare

A equipe Personare é formada por pessoas que estão em processo constante de conhecimento sobre si mesmas, sobre o mundo e sobre as relações humanas. Compartilhamos aqui conteúdos apurados junto aos nossos mais de 100 especialistas em diferentes áreas holísticas, como Astrologia, Tarot, Numerologia e Terapias.

Saiba mais sobre mim