Logo Personare vertical
Pesquisar
Loading...

O que é a Masturbação Feminina Meditativa

Da dor ao prazer... do prazer ao êxtase! Entenda como a Masturbação Feminina Meditativa resgata a sexualidade sagrada e consciente e auxilia no fluir da vida e na conexão com a Fonte Universal

O que é a Masturbação Feminina Meditativa

Falar de Masturbação Feminina Meditativa pode ser intrigante e até chocante, mas esta é umas das práticas mais poderosas e eficazes para purificar nossa sexualidade e libertar o fluxo orgástico para níveis cada vez mais profundos de intimidade humana até chegar à própria Unidade com a Fonte Universal da Vida. Neste artigo, explico mais sobre o tema. Confira.

Sexualidade consciente e Fluxo Vital

A realidade é que somos naturalmente canais desse Poderoso Fluxo Vital Universal, e a sexualidade desempenha papel crucial no quanto e em como estamos verdadeiramente à serviço e à favor da Vida. Saiba mais sobre a conexão com a Inteligência Universal neste outro artigo que escrevi.

Estar no fluxo e à favor da vida também abre as portas de todas as graças que o universo pode nos presentear, além de poder nos curar das feridas mais profundas a nível afetivo, restaurando nossa integridade enquanto Ser Real.

Da dor ao prazer… do prazer ao êxtase.

Sexualidade feminina e consciente

Há mais de 20 anos trabalho com o resgate, nutrição e cura do feminino – como mentora e terapeuta principalmente para mulheres (biológicas) individualmente e também em círculo sagrado, além de implementar e inspirar estes princípios femininos no coletivo internacionalmente, em estruturas, projetos e sistemas, como empreendedora na Consciência.

É claro que este resgate do feminino se iniciou por uma demanda pessoal, que também era familiar e claramente uma questão crucial a nível global – somos uma Unidade.

Princípios femininos e sexualidade

Os princípios femininos foram execrados da consciência humana ao longo dos milênios (assista à minha série “Poder Shakti” para saber mais e ter as bases para compreender melhor este artigo) e isso é visível tanto em nossa mais profunda intimidade e relacionamentos, quanto na relação da sociedade humana com a natureza.

Um dos elementos principais que foram perdidos com a quase total exclusão do princípio feminino na consciência humana foi a sacralidade da sexualidade: a plena noção de que a energia sexual é a energia primordial que move todo o universo – é a mesma energia criadora, sustentadora e transformadora universal que rege a Vida.

No desenvolvimento da espécie humana naturalmente as mulheres se destacaram como portais desse Poder Universal que é a sexualidade, mas em dado momento foram caçadas e esse próprio poder e sabedoria foi demonizado e execrado – e, é claro… esquecido geração após geração… Mas esta é uma sabedoria fecunda e profunda que deve ser apropriadamente resgatada na consciência humana para o próprio equilíbrio da vida.

Em minha profunda pesquisa, que sempre envolve a prática e vivência na minha própria intimidade, descobri muitas coisas com relação a este tremendo poder espiritual da sexualidade… fui fundo chegando a viver dois anos na Índia mergulhada nessa entrega… trago minhas descobertas em meus workshops e principalmente nas mentorias individuais Poder Shakti.

Mulheres como materialização da Deusa

Hoje quero abordar um aspecto importante: nós, como mulheres biológicas, somos receptáculos, filtros e portais. A natureza receptiva do aparato sexual biológico feminino é a materialização da Deusa – o princípio feminino divino – e tem suas especificidades.

Uma delas é ser literalmente um filtro da energia (principalmente masculina) de quem interagimos sexualmente. Você já ouvir dizer que ficamos com a energia das pessoas com quem fazemos sexo? Pois é a mais pura verdade… e a faxina é mais do que necessária!

A Masturbação Feminina Meditativa é uma ferramenta poderosa para isso. Ela vai naturalmente nos fazer perceber como verdadeiros Portais, após a purificação. Assim, a energia sexual fluirá livremente, e servirá à vida.

Masturbação Feminina Meditativa

O que irei descrever aqui sobre a Masturbação Feminina Meditativa pode ser aplicado tranquilamente, mas é claro que um acompanhamento com uma mentora ou terapeuta experiente vai fazer toda diferença para um melhor aproveitamento da técnica. Além disso, em um artigo só é possível passar a técnica básica… os níveis mais profundos da Masturbação Meditativa só acontecem na prática.

Basicamente, masturbar é promover (a si ou a outra pessoa) prazer sexual, certo? Bem… isso depende do que você considera prazer…

Um prazer tenso, denso, pesado, dolorido, violento, distorcido, obsessivo, viciado, apegado, magoado, codependente, etc., é um prazer destrutivo: não beneficia o fluxo da vida em si, no outro e no todo. É como “curva de rio” – a energia está presa, parada, e vai apodrecendo… e se estiver muito poluída, acaba sendo um agente concentrado de contaminação. Nada de mais… pois não há julgamento nenhum aqui – todos nós temos esses nós, de uma forma ou de outra.

Na Masturbação Meditativa isso fica muito, muito claro – naturalmente – e tudo bem! Se a energia está parada, travada, ela precisa apenas fluir, certo? Então, sempre que notarmos estes nós apertados, trabalharemos para acolher e deixar fluir a energia mais e mais, até dissolver as barreiras e as águas do prazer legítimo voltarem a fluir lindamente… libertando o fluxo vital até o êxtase – que é o estado natural da Vida.

Você já deve estar identificando e se perguntando um montão de coisas, não é? Calma… estou aqui para lhe ajudar! Faça suas perguntas e solicitações e encontraremos a melhor forma de te dar o suporte de que precisa.

A base da Masturbação Meditativa é trazer Consciência Amorosa ao fluxo do prazer sexual, e estamos falando da automasturbação, pois este é um processo de autoconhecimento.

Masturbação meditativa e sexualidade sagrada

Sim, aqui você vai descobrir muito de sua potência sexual, que está reprimida ou distorcida por traumas conscientes ou inconscientes.

Quando você reserva um tempo de qualidade para a masturbação meditativa, você não está focada em simplesmente gozar uma ou 10 vezes… isso pode acontecer, mas o foco não é esse.

É preciso estar livre desse objetivo para se entregar ao sentir… Lembre-se, meditar é expandir sua consciência, e aqui você irá expandir sua consciência enquanto se permite sentir o fluxo do prazer em seus corpos físico, energético, emocional, mental até os níveis mais sutis… integrando tudo em um só Ser – seu Ser Real.

O mais delicioso é o Ser Real, pois é a Plenitude natural da vida – é sentir-se segura, firme, relaxada, amada e amante, livre e conectada, sábia e humilde, compassiva e poderosa… e muito mais! Este é nosso estado natural, estamos apenas retirando as cascas e devolvendo toda energia ao fluxo universal do qual somos integrantes.

Assim, somos e sentimos o universo inteiro ao nosso favor, pois estamos à favor da vida como o próprio fluxo dela fluindo em nosso Ser. E isso não se limita ao ato sexual em si… a partir daqui se revelam os mistérios maravilhosos da sexualidade espiritual… ou da espiritualidade sexual.

Masturbação meditativa: exercício de amor e presença

Para a masturbação meditativa, você tem total liberdade: pode ser em qualquer lugar e contexto que te permita se entregar ao processo da melhor forma. E a cada vez que você se permitir e se presentear com esta prática, você pode escolher fazer de um modo diferente, apenas deixe fluir aquilo que lhe ajuda naquele momento.

É um exercício de amor e de presença. O que você sente e o que está acontecendo naquele momento é certo, não há julgamentos aqui – o que queremos é que toda a energia retorne à Fonte e seja reconhecida como proveniente da mesma Fonte… assim, somos um fluxo dessa energia sexual-universal.

Todo abuso, maus tratos, abandonos, traições, distorções que a energia sexual em nós tenha sofrido em dado momento, pode represar essa mesma energia… como a “curva do rio”… então vamos nos permitir sentir tudo isso, respirar e entregar a energia contida nas emoções que porventura possam vir à tona, à essa mesma Fonte da Vida…

Talvez, antes de iniciar a prática, você queira acender uma vela ou fazer uma intenção sagrada à Fonte Universal, ou se conectar com alguma divindade antiga que abarque esta dimensão espiritual da sexualidade sagrada.

Seja como for mais natural para você, apenas conecte-se com o Sagrado Fluxo Vital Universal, e reconheça todo prazer proveniente da Fonte e entregue toda energia sentida à este mesmo Fluxo, à esta mesma Fonte.

O ponto chave de toda prática da masturbação meditativa é liberar o canal do fluxo da vida que nós somos por natureza.

Este é um direito divino, e o universo irá sempre celebrar este fluxo fluindo livremente em você – pode ter fé nisso.

Assim, todas as crenças limitantes que encontrar dentro de si “no meio do caminho” desse fluxo sexual, podem ser dissolvidos com esta intenção e práticas sagradas da Masturbação Meditativa.

Permita-se sentir.

Costumo dizer para minhas clientes: podemos encontrar praticamente todos os parceiros que tivemos dentro de nossa vagina na prática da Masturbação Meditativa… chega a ser engraçado! Mas na hora pode ser muito difícil… portanto vá no seu tempo e não fique obcecada em gozar… pois talvez seja mais apropriado se acolher em dado momento. Deixe a energia te guiar.

Lembre-se: estamos aqui para libertar o fluxo da energia – e estamos aprendendo como fazer isso na prática. Nada melhor do que a sexualidade para isso! Boa prática!

E conte comigo!

Olá, essa matéria foi útil para você?
Inaiá Ayaní

Inaiá Ayaní

Diretora e co-fundadora da Casa NaUnidade em São Paulo. Palestrante que reconecta a consciência com os princípios essenciais da vida. Terapeuta focada na Conexão com a Vida – abordagem psicossomatoespiritual para o despertar e empoderamento de seu ser real em todas as áreas da vida. Coaching em Meditação, Espiritualidade e Life Counseling. Especialista em Resgate do Empoderamento Feminino. Saiba mais