Pesquisar
Loading...

Tudo sobre Grãos Germinados: benefícios, como fazer e receitas

Hábito de cultivar e consumir grãos germinados pode fazer toda diferença na sua alimentação

Tudo sobre Grãos Germinados: benefícios, como fazer e receitas

O hábito de consumir grãos germinados pode fazer toda diferença na sua alimentação se você está buscando mais disposição, melhora na imunidade, bom funcionamento do intestino e até emagrecimento.

Para facilitar sua vida, estou chamando de grãos integrais três grupos de alimentos:

  • Os cereais
  • As sementes e castanhas
  • As leguminosas

Os grãos integrais estão presentes na alimentação do ser humano desde as civilizações mais antigas pela sua facilidade de estoque e transporte.

Benefícios dos grãos germinados

Cada um desses grupos traz benefícios específicos para a sua saúde, mas todos eles auxiliam o organismo a ter mais energia para lidar com o dia, ajudam no bom funcionamento do sistema digestivo, imunológico e do cérebro. Muitos também são fontes de proteínas.

Cereais

  • São excelentes fontes de nutrição, pois são ricos em enzimas, ferro, fibras, vitaminas E e todas do complexo B.
  • Como são absorvidos lentamente pelo organismo, são fontes estáveis de energia para você.

Leguminosas

  • Costumo chamar as leguminosas de feijões porque me ajuda a reconhecê-las no mercado.
  • São excelentes fontes de proteína vegetal e podem ser substitutos das fontes de proteína animal, como peixes, carnes, ovos etc.

Sementes e castanhas

  • Também são excelentes fontes de proteína vegetal e ricas em gorduras boas para o coração e o sistema cardiovascular.
  • São fontes de fibras, vitamina E, antioxidantes e são anti-inflamatórias.

Em outras palavras, só alegria né?

Por que germinar os grãos antes de consumi-los?

O processo de germinação é bem simples e amplamente usado na Alimentação Viva (saiba mais aqui) por aumentar o poder nutricional dos grãos.

Ao germinar, o grão se prepara para virar uma planta e, neste processo, libera uma série de nutrientes que o nosso organismo teria muita dificuldade de acessar. São nutrientes que ficam inativos e encapsulados na semente.

Para começar a brotar, alguns nutrientes são naturalmente quebrados para gerar a vida que vai nascer na nova plantinha. E o que ocorre é que esses nutrientes se tornam muito mais fáceis de serem absorvidos pelo nosso organismo.

Com isso, alguns grãos podem aumentar o seu poder nutricional em até 300%! Além disso, alguns outros benefícios são:

  • Ao amolecer a semente, leguminosa ou castanha o processo digestivo se torna mais fácil, reduzindo nosso gasto de energia para digerir o alimento e aumentando a disposição.
  • Para germinar, os grãos ficam na água por algumas horas. Ao deixar de molho, o grão libera os fitatos, antinutrientes presentes na planta que atrapalham a absorção de outros nutrientes, como cálcio, por exemplo. Por isso, é sempre importante jogar fora a água onde o grão ficou de molho.

Como germinar os grãos

Antes de começar separe o que você irá precisar:

  • Um pote de vidro – o tamanho depende da quantidade de grãos que irá germinar
  • Uma peneira que cubra a boca do vidro por completo ou um paninho de filó para amarrar na boca.

Existem dois tipos de germinação: a que ocorre só na água e os grãos que precisam de um tempo na água e outro no ar. Se você não tiver tempo de fazer o processo completo e quiser apenas deixar um tempo de molho, já começará a colher os benefícios da germinação.

Germinação na água

grãos germinados de molho

A germinação na água é, na realidade, um processo de hidratação de alguns grãos que não germinam por completo, mas traz os mesmos benefícios listados acima.

O processo consiste em deixar os grãos de molho, com uma peneira cobrindo para que as sementes respirem e, ao mesmo tempo, permaneçam protegidas de moscas e outros insetos. Veja as fotos ao lado.

Como o grão será consumido cru, é muito importante que não tenha sido contaminado durante a germinação.

grãos germinados peneira cobrindo

Você deixará os grãos de molho pelo tempo indicado, depois irá lavar bem em água corrente e estarão prontos para serem consumidos.

Vejam abaixo os grãos que germinam só na água e o tempo necessário para cada um:

  • Amêndoa – 8 horas na água, depois trocar a água e deixar de molho por mais 8 horas.
  • Aveia – 8 horas de molho – depois pode ser usada como quiser, inclusive para cozimento.
  • Castanha do Pará – 6 horas de molho (não germina por completo, esse processo hidrata e facilita a digestão)
  • Castanha de Caju – 4 horas de molho (não germina por completo, esse processo hidrata e facilita a digestão)
  • Linhaça – 6 horas de molho
  • Nozes – 4 horas de molho

Germinação na água e no ar

A germinação completa começa com os grãos de molho, como explicado acima e é finalizada com os grãos no ar por algumas horas. Ao final deste processo você verá um “olhinho” ou uma pontinha começando a sair semente, castanha ou leguminosa. Esse olhinho indica que o grão começou a germinar.

Importante: se você seguir os tempos corretos, verá só o olhinho brotando. Se já começar a aparecer uma haste aí pode já ter passado do tempo ideal para consumo.

Com fazer:

  • grão-de-bico descansando no escorredorDeixe o grão de molho, com a peneira ou filó por cima cobrindo-o pelo tempo indicado para aquele tipo de semente, grão ou leguminosa.
  • Depois do tempo indicado, lave bem e deixe a semente dentro do vidro emborcado a 45 graus para que a água vá escorrendo lentamente. 45 graus? Simples, só colocar apoiado no seu escorredor de pratos. Veja como colocar o exemplo do grão-de-bico descansando no escorredor na foto ao lado.
  • Mantenha a peneira na boca do vidro para proteger as sementes de insetos pelo tempo indicado.
  • Depois lave bem e seus grãos estarão prontos para o consumo.

Vamos aos tempos indicados por tipo de grão:

  • Amendoim – 8 horas na água, lavar bem, deixar mais 8 horas no ar, lavar bem e deixar mais 8 horas no ar. Total 24 horas.
  • Feijão Adzuki – 8 horas na água, lavar bem, deixar mais 6 horas no ar.
  • Grão-de-bico – 8 horas na água, lavar bem, deixar mais 8 horas no ar, lavar bem e deixar mais 8 horas no ar. Total 24 horas.
  • Lentilha – 8 horas na água, lavar bem, deixar mais 8 horas no ar, lavar bem e deixar mais 8 horas no ar. Total 24 horas.
  • Quinoa – 2 horas de molho, lavar bem, uma hora no ar.
  • Gergelim – 8 horas na água, lavar bem, mais 8 horas no ar.
  • Semente de girassol crua, com casca – 8 horas na água, lavar bem, mais 6 horas no ar.

Receitas e dicas de consumo dos grãos germinados

Existem inúmeras receitas usando grãos germinados na Alimentação Viva (veja aqui receita de torta viva de primavera), mas uma forma simples e prática de consumi-los no dia a dia é adicionando a outros pratos que você já faça.

Alguns usos que indico:

  • Germinar sementes de girassol, gergelim, a própria lentilha ou o grão-de-bico e jogar por cima da salada que tiver na sua casa. Vai trazer uma crocância e sabor. Você pode temperar com azeite extravirgem, sal e até um pouco de pimenta do reino.
  • Hidratar as castanhas (amêndoas, nozes, amendoim), fazer um mix e consumir de lanche.
  • Fazer pastinhas, como por exemplo, a tahine de grão-de-bico. Para isso basta bater o grão-de-bico germinado com azeite para dar cremosidade, um pouco de alho e sal.
  • E por fim, germine para cozinhar mesmo! Você pode germinar a lentilha e depois cozinhar para fazer como uma sopa ou refogada. Mas atenção; as sementes germinadas precisam de menos tempo de cozimento!

Desde que adicionei as sementes germinadas às minhas saladas, as castanhas hidratadas aos meus lances e passei a germinar os feijões antes de cozinhar, minha vitalidade mudou. Tenho outra disposição e energia no cotidiano.

Quando fizer suas receitas, não deixe de me contar como foi para você! Me escreva no e-mail senna@personare.com.br ou mande uma DM no meu perfil do Instagram @carolasenna.

Boas delícias germinadas para você!

Olá, essa matéria foi útil para você?
Carolina Senna

Carolina Senna

Sócia-fundadora do Personare e diretora da empresa há 14 anos. Nesta trajetória, passou a entender a fundo as causas e consequências dos grandes males da "vida moderna", como estresse e depressão. Saiba mais