Pesquisar
Loading...

Sequelas do covid-19: exercícios respiratórios para lidar com o problema

Fáceis e práticos de fazer, os exercícios respiratórios para auxiliar na atenção às sequelas do covid-19 vão ajudar a restabelecer sua saúde

A pandemia prejudicou muito nossa respiração, seja pela doença em si, seja pelo uso constante das máscaras. Daí a importância de realizar exercícios respiratórios para melhorar as sequelas do covid-19.

Alguns pacientes tiveram consequências mais sérias, como falta de ar, cansaço e dores no corpo. Outros, sentem um leve desconforto mesmo semanas após curados. Para todos, indicamos seguir a leitura. 

Neste texto, aprenda algumas práticas fáceis para fazer em casa, que, em conjunto com a aromaterapia, irão sanar ou reduzir essas queixas e ajudar no restabelecimento da boa respiração.

A importância dos exercícios respiratórios para lidar com as sequelas do covid-19

Cansaço, falta de ar, dores no corpo e perda do olfato e paladar, além das questões emocionais, podem ser sequelas comuns do covid-19. Como se não bastasse, ainda existem as oportunistas ites, como rinites e sinusites.

Tudo isso deixa mais difícil o ato de respirar. A boa notícia é que, assim como outras atividades do corpo, a respiração pode ser aprimorada através de exercícios fisioterapêuticos. Ou seja, existem exercícios respiratórios para lidar com as sequelas do covid-19.

Da mesma forma que a fisioterapia é usada para recuperar movimentos de braços ou pernas, por exemplo, também pode beneficiar outras atividades corporais. E a respiração é uma delas.

Podemos dizer que, de certa forma, o covid-19 “reduziu” nossa capacidade de respirar. Por isso, para reeducar sua respiração, tente lançar mão de exercícios respiratórios que irão “recapacitar” seu sistema. Desta forma você pode evitar que ele fique “reduzido” para sempre.

Óleos essenciais potencializam os resultados

E se pudermos melhorar ainda mais? É o que acontece quando juntamos os óleos essenciais aos exercícios respiratórios.

Na fisioterapia e em práticas Integrativas é comum usar os tempos inspiratórios, ou seja, divisões na entrada do ar no nosso corpo.

Ou, ainda, a oclusão (ou fechamento) de uma das narinas para melhor consciência respiratória e circulação sanguínea na região pulmonar.

Quando unimos esses exercícios aos benefícios dos óleos essenciais, conseguimos obter resultado ainda melhor. Os óleos que se mostraram mais eficazes nessas práticas foram:

Porém, todos os óleos essenciais podem ser usados, principalmente, sob orientação de um aromaterapeuta, uma vez que os óleos, por si só, já têm seus potenciais terapêuticos.

A combinação desses com os exercícios respiratórios são de grande importância para a adaptação fisiológica de cada ser humano. Saiba mais sobre óleos essenciais.

Aprenda exercícios para lidar com as sequelas do Covid-19 e melhorar sua saúde

A seguir, portanto, vamos apresentar três exercícios respiratórios que ajudam a olhar com atenção para as sequelas do covid-19. Todas as atividades são bem fáceis de realizar e você já vai notar melhora nos primeiros 7 dias depois de começar.

Inspiração profunda com distensão abdominal

Este exercício tem como objetivo aumentar a quantidade de ar que entra nos pulmões no momento da inspiração. Isso porque você pode usar como técnica importante de oxigenação em várias linhas de práticas e técnicas.

Para melhorar ainda mais sua capacidade respiratória, adicione um ou mais óleos essenciais a sua prática. Esses óleos ajudam na abertura das vias aéreas e, por isso, fazema diferença na inspiração e expiração.

O processo é simples: você pode pingar de 2 a 4 gotas do óleo essencial em um papel e inspirar profundamente repetidas vezes. Faça isso durante um minuto, em média, para cada óleo. Essa sequência pode ser repetida até quatro vezes por dia.

Inspiração fracionada

Já na inspiração fracionada, as pausas geram mudança de pressão intrapulmonar, ou seja, essa mudança possibilita melhor fluxo de entrada e saída de ar, melhor oxigenação e melhor circulação sanguínea. 

Nesse exercício, você fará uma contagem para marcar o tempo de cada pausa. Por exemplo, inspire, pause a respiração e conte até 6. Solte o ar, pause e conte até 6 novamente. Assim, a orientação é que se façam pausas com contagem entre 2 e 6 – ou o máximo que você conseguir.

Nesse caso, você tem duas opções de aplicações terapêuticas:

  1. Inspirar um óleo de cada vez, realizando uma sequência de 30 a 60 repetições com cada óleo.
  2. Utilizar uma Escala de Cheiros, também conhecida como Pirâmide Olfativa. Essa opção exige maior experiência no uso dos óleos essenciais, pois tem composição de notas olfativas (alta, média e base). Se não for o seu caso, a primeira alternativa é a melhor pedida.

Para ambas, o modo de aplicação é o mesmo: você pode pingar de 2 a 4 gotas de óleo em um papel ou usar o próprio recipiente que contém o óleo. Aí basta inspirar e fazer as pausas.

Inspiração com oclusão de narina

Nessa prática, você fecha uma das narinas durante a inspiração, gerando um esforço maior para a entrada do ar. Assim, o tempo de entrada do ar aumenta, o que nos obriga a usar mais nossos músculos auxiliares inspiratórios.

Muito usada nas práticas de yoga ou meditação, essa respiração é conhecida por diversos nomes, como respiração Sol e Lua e Pranayama.

Ela também é importante porque aciona áreas cerebrais que coordenam o automatismo corporal – ou seja, aquelas atividades que desempenhamos sem pensar, como a própria respiração.

O modo de aplicação segue igual: você pode pingar de 2 a 4 gotas em um papel ou usar o recipiente com o óleo e inspirar, sempre fechando uma das narinas, em uma sequência de 20 a 50 vezes. 

Essa respiração pode ser muito trabalhosa para pessoas com questões envolvendo estrutura e formação do corpo, como desvio de septo. Ou ainda para quem está em fases mais agudas de infecções, como rinite e sinusite. Portanto, se observe e respeite os limites do seu corpo.

Agora que você já conhece nossas dicas de exercícios respiratórios, não deixe de realizar essas técnicas simples, mas que podem fazer toda a diferença na sua saúde. 

Boa recuperação!

Eric Flor

Eric Flor

Eric Flor Francisco é terapeuta integrativo do RJ formado em fisioterapia, acupunturista e mestre em Reiki. Faz atendimentos no Rio de Janeiro com Auriculoterapia, Ventosaterapia, Moxaterapia, Orgoniteterapia, Cristalterapia e PranicHealing para promoção de equilíbrio, vida saudável e bem-estar.

Saiba mais sobre mim