Pesquisar
Loading...

Elos energéticos negativos: o que são e como “atrapalham” a sua vida

Com exercícios de mentalização e técnicas de Pranic Healing, é possível minimizar os efeitos dos elos energéticos, que podem afetar o seu dia a dia

Quanto maior o contato que você tem com alguém, maiores são as trocas – concorda? Quando interagimos com as pessoas, seja de forma presencial ou virtual, criamos conexões, cordões ou elos energéticos, que nos ligam às vibrações do outro.

Esse elo é uma via de mão dupla: as energias que trocamos são, na maioria das vezes, as que estamos emanando naquele momento.

Como seres humanos, sabemos que somos oscilantes. Na maior parte do tempo, podemos estar em contato com emoções e sentimentos como estresse, raiva, tristeza, angústia, ansiedade, euforia, medo, insegurança e baixa autoestima. Tudo isso pode ser compartilhado através desses elos energéticos negativos.

Essas conexões podem se formar de diferentes formas – desde um telefonema, um e-mail, uma mensagem, um comentário nas redes sociais… Algumas, inclusive, nos acompanham desde que nascemos.

Agora, imagine a quantidade de energia que carregamos, que nos inviabiliza e que, muitas vezes, não é nossa. Pois é: em muitos casos, estamos compartilhando e até levando algo que não nos pertence, nos incapacitando de ser mais leves, equilibrados e felizes.

Mas não se assuste. É possível se livrar desses elos negativos de diferentes formas – com exercícios de mentalização ou através da técnica de Pranic Healing (que você pode conhecer mais a fundo aqui).

O que são elos energéticos negativos?

Os elos energéticos são conexões mentais que fazemos naturalmente. Podem ser criados por pensamentos repetitivos sobre determinada situação, assunto ou pessoa, pesando e impedindo de seguirmos em frente.

Também atrapalham os centros de energia a trabalharem em harmonia, reduzindo suas funções e potencializando energias mal qualificadas, que normalmente são expurgadas do corpo.

Uma simples discussão pode ocasionar a formação dos elos negativos. Pensar demais em uma situação, remoendo sentimentos de insatisfação e raiva, ajuda a fortalecer esses cordões energéticos. Na verdade, não precisa ser, necessariamente, uma briga: pensar em excesso em alguém com forte preocupação já é um sinal de alerta.

Essas atitudes costumam piorar alguns sentimentos negativos ou desarmônicos, causando doenças físicas em alguns casos. Emoções em desarmonia podem se tornar tóxicas, o que contribui para potencializar as ações negativas de uma doença.

Sensações como melancolia, tristeza, amargura, raiva, ressentimento e frustração causam estagnação para algumas pessoas. A longo prazo, essas emoções reforçam a formação de massas, que podem “implodir” em fogo e calor tóxico, nos deteriorando por dentro. Ainda impulsionam comportamentos que não estão de acordo com a nossa alma.

Sabe aqueles momentos de descontrole, irritabilidade e reatividade? A tristeza aguda que perturba seus dias? Ou a angústia sem motivo? Sim, podem esses elos energéticos atrapalhando seu dia a dia.

Quando instalados no centro de energia, esses cordões vão reduzindo e incapacitando a nossa gerência emocional de estar adequada a nossas crenças e vontades. Aqui você pode ler mais sobre como transformar a raiva em energia positiva

Afinal, é possível reduzir os elos negativos?

Sim! Para isso, contaremos com a ajuda do Pranic Healing (saiba como funciona aqui), sistema de medicina de origem tibetana que pode ajudar a curar sintomas físicos por meio de uma limpeza energética.

Um dos instrumentos utilizados é o corte de elos negativos e não autorizados. A técnica ajuda a reduzir a desarmonia que esses elos estão promovendo no seu corpo.

Durante o atendimento de Pranic Healing, também energizamos e adequamos as funções dos nossos centros de energia para conquistarem mais vigor. Assim, ficamos mais saudáveis e menos suscetíveis e sensíveis a esses elos.

Como funciona: na consulta, começamos limpando e desintegrando as energias negativas e ou nocivas. Depois, cortamos os elos, energizamos e estabilizamos os centros de energia. Ainda abençoamos para gerar um aumento de energia propositiva no corpo e na alma.

Rituais para fazer em casa e liberar elos energéticos negativos

  1. Corta, corta, corta!: Diga em voz alta ou pense nesse comando quando se sentir de forma estranha ao longo do dia, ou quando perceber situações incômodas ao seu redor.
  2. Cancela, cancela, cancela (ou limpa, limpa, limpa)! Repetir esse comando pode ajudar a reduzir energias mais densas que surjam na sua rotina. Pensou que algo que você desejava muito pode dar errado? É hora de recorrer ao comando. Inspire fundo, mentalize os dizeres e imagine que tudo vai acontecer da melhor forma para você.

Vale lembrar: isso não é positivismo tóxico, e sim um exercício de anulação do excesso de negativismo.

Em busca da energia e dos elos energéticos positivos

Os elos negativos não são as únicas conexões nos nossos relacionamentos. Também temos elos energéticos positivos, que, se não estiverem firmes e fortes, levam ao fim das relações. Estão ligados a sentimentos como amor, companheirismo, empatia, cumplicidade, amizade e perdão, entre outros.

Uma boa estratégia para melhorar ou potencializar esses elos positivos é abençoar a relação ou o casamento com essas energias. Repita o exercício que faz sentido para o que você deseja:

  • Eu abençoo a minha relação com (diga a energia que você busca).
  • Eu abençoo o relacionamento de Fulano com Beltrano com amor e companheirismo (diga os sentimentos que você almeja).

Não custa lembrar: relações não precisam ser, necessariamente, amorosas. Podem ser profissionais, familiares etc. É possível abençoar relacionamentos de todos os tipos. Mas essa união precisa ser real (ou seja, não pode estar apenas na forma de expectativa). Nesses casos, a relação pode não se concretizar.

Você também pode abençoar seus projetos ou questões/situações que vai viver ou enfrentar. Isso ajuda a garantir mais energia positiva à disposição para realizar o que deseja.

Eric Flor

Eric Flor

Eric Flor Francisco é terapeuta integrativo do RJ formado em fisioterapia, acupunturista e mestre em Reiki. Faz atendimentos no Rio de Janeiro com Auriculoterapia, Ventosaterapia, Moxaterapia, Orgoniteterapia, Cristalterapia e PranicHealing para promoção de equilíbrio, vida saudável e bem-estar.

Saiba mais sobre mim