Pesquisar
Loading...

Conexão Madalena: uma jornada pelos caminhos do amor

Maria Madalena, uma mulher que inspira coragem, força e entrega para amar com todas as suas forças. Conheça a Conexão Madalena

Conexão Madalena: uma jornada pelos caminhos do amor

Falar de Madalena é falar de amor e amor é um tema universal. Madalena também é universal. O amor ronda e permeia a vida de todos nós. Estamos sempre aos reveses com o amor, de todos os tipos. Conexão Madalena é uma jornada pelos caminhos do amor!

De uma forma ou de outra, é algo que estamos buscando ou que está nos buscando, direta ou indiretamente. Todo seu humano que ser amado. Todos desejamos amar. Aliás, a capacidade de amar é nosso bem e dom mais precioso.

E trazer Madalena para nossas vidas é finalmente ter coragem, força e entrega o suficiente para amar com todas as suas forças até nos momentos mais impossíveis, até quando o amor está ausente, até quando as pessoas estão descrentes. Madalena é a força radical do amor!

Você já parou para pensar que o amor-próprio é a raiz da autoestima? Cuidando dele, torna-se mais fácil trabalhar o poder pessoal! Leia mais nesse artigo.

Conexão Madalena: um convite

Conexão Madalena, conduzida por Ana Paula Malagueta e Gi Crizel, vem para nos convidar a fazer a Jornada pelos Caminhos do Amor, ao longo de 12 passos, sob a orientação de Maria Madalena.

Àquela que não foi prostituta e nem pecadora, mas que foi a Apóstola dos Apóstolos, e que esteve muito à frente do seu tempo.

Ela vem para que possamos abrir nossos corações e para confiar, assim como ela confiou em cada segundo de sua vida.

Esta Conexão usará os símbolos de Madalena para trilharmos um caminho amoroso e poderoso de resgate deste amor radical e revolucionário que ela tem para nos oferecer.

Portal-22-02-2022A conexão se dará mês a mês, em todos os dias 22 de cada mês, visto que sua celebração se dá no dia 22 de julho.

Cada símbolo trará um convite de reconhecimento e abertura para o amor em diferentes perspectivas e possibilidades. E, gradativamente, nós vamos aprendendo quem é Madalena através do que Ela mesma tem para nos contar.

A verdadeira história de Madalena

Independente da sua escolha de caminho religioso ou não, Madalena ficou conhecida na história como uma prostituta e pecadora. Por muito tempo, ela perdeu seu título, seu papel, sua voz e sua força, não só como Apóstola de Jesus, mas como mulher.

Hoje, muitas pessoas, especialmente mulheres, de todos os credos e vertentes, estão buscando a verdadeira história de Madalena para resgatar sua imagem, sua dignidade e sua mulheridade e, acima de tudo, recolocá-la onde ela de fato merece: que não é mais estar à margem e excluída da história da qual fez parte ativamente, ao lado de Jesus.

Para este Caminho você não precisa saber nada previamente dela. Você não precisa seguir nenhuma religião específica. Você só precisa querer e vir de coração aberto (ou fechado mesmo!).

Porque nós, que somos apaixonadas por Madalena, estudiosas e buscadoras de Madalena, não somente na história, mas, dentro de nós, estamos te convidando para fazer essa Conexão com ela junto conosco.

É um convite amoroso.

É um convite poderoso.

É um convite radical.

Mas quem é Madalena?

A prostituta, a santa dos arrependidos, a mulher que Jesus expurgou sete demônios… isso é o que a igreja cristã gostaria que você acreditasse, e foi o que a humanidade acreditou por muitos séculos.

Maria de Betânia, a irmã de Marta e Lázaro, a mulher que ungiu Jesus, Magdal-eder, a torre do rebanho.

Maria Madalena é uma mulher que recebeu muitos nomes, diante de um cenário onde tentavam apagar sua história, mas como provou para igreja católica, absolutamente ninguém tem o poder de apagar um feminino que reconhece sua potência e que se entrega verdadeiramente ao caminho do amor.

Madalena, assim como muitas e muitas mulheres, foi silenciada, por temerem sua influência natural. Ela foi silenciada e no silêncio perseverou em fé e devoção de que no momento em que a humanidade estivesse preparada para compreender seus ensinamentos, ela retornaria com toda sua potência e maestria.

A noiva do cântico dos cânticos, Madalena foi uma mulher rica, estudada, Sacerdotisa de Isis, foi erveira, curandeira, doula da morte, feiticeira. Ela foi e é a contraparte de Yeshua/Cristo, sua manifestação feminina na terra. Mestra!

Aquela que nos ensina sobre o amor divino e também sobre os mistérios da sexualidade sagrada, não apenas como um meio para os prazeres físicos, mas sim, um meio para transcender os prazeres da alma!

Maria Madalena foi a própria guardiã do santo Graal, o cálice sagrado onde estava o sangue de Cristo. Não o sangue derramado por seu sacrifício, mas o sangue da sua linhagem real. O Graal era então o útero sagrado de Madalena, que gestou a herdeira de Yeshua.

Madalena esteve encarnada e é isso que a torna mais próxima da nossa realidade, ela é mestra, é amiga, é mãe, é irmã, é a feiticeira e sacerdotisa que veio para te guiar de volta para sua morada real, para o reencontro com a sua verdade, pelo caminho do amor.

Dica de leitura: saiba mais sobre o livro O Segredo do Anel, escrito por Kathleen Mcgowan, aqui neste artigo. É um mergulho na história de Madalena, através do olhar da personagem principal que pesquisou a vida de mulheres que foram relegadas a um segundo plano.

Maria é feita de amor

Sua própria substância é o amor. Em seu nome já está inserido o amor. Maria é Miriam, a amada de Deus ou, melhor ainda, de Jesus. Na composição do seu nome já encontramos a raiz do amor. Myr (egipcia) que significa a amada e Yam (hebraica) que significa uma abreviação de Yavhé (Deus).

Maria é Miriam, a agraciada, a excelsa! Na composição do seu nome já encontramos a graça, a alegria e a alma que sorri. Mar (hebraico) que significa amargo e Mrym (ugarítico) que significa agraciada. A vida é uma composição de alegrias e tristezas, de doçuras e amarguras, de perdas e ganhos, e ninguém melhor do que Maria conhecia essa nuance da vida.

María é Magdala, a mulher da Torre. É aquela que guarda os mistérios e os ensinamentos do Caminho do Amor. A Torre a maior e grandiosa, a Apóstola dos Apóstolos. O grande monumento erguido em reverência ao amor.

Maria é Magdalena, a magnífica. A Torre da Fé. Maria Magnificada. Título que revela sua potência, seu papel essencial e seu epíteto honorífico.

Maria vem chamando a atenção de todos nós há tempos. Estudiosos e cientistas de todos os lugares do mundo que querem resgatar sua verdadeira história.

Assim como milhares de mulheres que vêm ouvindo o eco da propagação e pregação incessante de Madalena ao longo dos tempos.

A mulher que estava à frente do seu tempo, hoje alcançou os nossos tempos, os nossos corações, as nossas almas, sedentas dos ensinamentos do caminho do Amor, querendo ser incendiadas e transformadas por seu amor radical é essencial.

O Conexão Madalena contará com 12 passos simples que faremos juntas. Usando um símbolo por vez para condução da nossa conexão.

  1. A Torre – assista aqui
  2. Os 7 véus
  3. O Vaso de Alabastro
  4. Nardo
  5. Mirra
  6. Rosa Branca
  7. Rosa Amarela
  8. A Abelha
  9. A Flor-de-Lis
  10.  A Rosa Vermelha
  11. O Manto Vermelho
  12. A pastora
Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Ana Paula Malagueta (@devishala)

Estão preparadas? Madalena chegará até nós pela torre e vamos entender porque sua chegada em nossas vidas pode ser realmente impactante transformadora e revolucionária.

Texto escrito em conjunto com Gi Crizel.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Ana Paula Malagueta

Ana Paula Malagueta

Utiliza diferentes formas, ferramentas e caminhos como o Yoga, Astrologia, Tarot, Danças Circulares, BodyTalk e movimentos em grupos de mulheres para acessar, desenvolver, resgatar e integrar as energias dos Sagrados Feminino e Masculino em nossas vidas. Saiba mais