Pesquisar
Loading...

Aprenda a acalmar sua mente

Faça a meditação guiada para silenciar o burburinho dos pensamentos

Hoje pela manhã, ainda atrasada para minha aula de Yoga, li uma mensagem que me fez pensar:

Nadar rio acima é muito difícil, mas cada braçada o faz chegar mais perto da meta e não mais distante. Para superar a exaustão, deve-se ter a jangada chamada meditação (Dyana). Pela meditação, a fraqueza do corpo físico pode ser superada, a instabilidade de mente pode ser controlada e o progresso em direção à morada da Graça é facilitado. Pode-se, então alcançar a Divindade. (SATHYA SAI BABA)

Gostei muito da analogia feita por Sai Baba sobre as braçadas. Muitas vezes vejo que meu rio está agitado e acho que minhas braçadas estão sendo em vão. Mas assim que acalmo minha mente, percebo que o que eu estava sentindo nada mais é do que um hábito mental.

Com a mente sob controle, posso aceitar melhor as condições do meu dia a dia. E até me permitir ter uma nova postura e mais disposição para continuar nadando em direção aos meus objetivos.

Dar atenção aos próprios limites gera mais disposição

Nas palavras deste homem sábio tenho mais uma vez a confirmação de minhas experiências. Percebo que, no decorrer do dia, se eu estiver com a atenção para tudo que existe fora de mim, fico exausta em algumas horas.

Ir ao supermercado, ao shopping, encontrar pessoas agitadas e que precisam de muita atenção, tudo isso me deixa fisicamente acabada. Por outro lado, se eu estiver em contato com meus limites, atenta e cuidadosa com minha mente falante (e principalmente parando em alguns momentos para sentir minha respiração) chego à passar uma noite de carnaval com perfeita disposição.

O mundo está repleto de elementos para nos distrair de nós mesmos a cada olhar. Meditar é essencial nos dias de hoje. O esforço nunca é em vão.

O mundo está repleto de elementos para nos distrair de nós mesmos a cada olhar. Meditar é essencial nos dias de hoje. O esforço nunca é em vão.

Mesmo quando passo vinte minutos tentando acalmar o burburinho dos meus pensamentos. Sempre vale a pena, pois em algum momento inesperado sei que acabo entrando em contato com a paz de estar segura dentro de mim.

Me sentindo como um todo. A satisfação disto não dá para explicar, talvez possa ser algo como progredir em direção à morada da Graça, como diz a mensagem de Sai Baba.

Agora eu lhe proponho: que tal passar alguns minutos de seu dia prestando atenção à sua respiração? Ouça, abaixo, uma Meditação rápida para colocar em práticas nas suas manhãs e siga também as dicas de respiração:

  1. Encontre um lugar confortável para seu corpo físico, de preferência sentado com a coluna ereta. A proposta é se tratar bem, e deve começar pela sua coluna. Esta postura fará você ficar atento e desperto.
  2. Respire profundamente e solte toda a tensão muscular. Observe se ainda esta contraindo alguma parte de seu corpo. Pescoço, parte inferior da coluna, pés, mãos, ombros são sempre os mais teimosos e resistentes ao relaxamento Relaxe!
  3. Respire profundamente outra vez, agora já mais consciente de você mesmo. Com os olhos fechados ou semi-abertos, comece observando sua respiração livre. Mantenha-se neste propósito durante o tempo que achar necessário para acalmar seus pensamentos. Este procedimento é só um artifício para dominar sua mente tagarela. Assim você estará vivendo no agora, e é neste momento que os milagres acontecem.

Se comprometa a fazer isso durante um mês, todos os dias, por no mínimo vinte minutos. Exercite-se e quando menos esperar se tornará um hábito. Eu faço esse exercício a qualquer momento. Não importa onde ou com eu esteja, o que vale é o bem-estar que sinto.

Regina Restelli

Regina Restelli

Criadora da Terapia dos Chakras, que promove autoconhecimento e expansão da consciência amorosa. Faz atendimentos online no Personare. Suas consultas limpam as crenças no campo energético, trazendo bem-estar e energia para autotransformação.

Saiba mais sobre mim