Simone Kobayashi

Barras de Access para ansiedade e depressão

Pesquisa mostra que terapia pode ampliar possibilidades de transformação das pessoas diagnosticadas com ansiedade e depressão

Barras de Access para ansiedade e depressão

A doutora Terrie Hope, PHD em Medicina Natural com especialização em Medicina Quântica, realizou recentemente duas pesquisas relacionadas à terapia com Barras de Access e a ansiedade e depressão. O foco deste artigo é sobre os efeitos que o estudo apresentou em pessoas diagnosticadas com esses problemas.

Para quem já experimentou algumas sessões de Barras de Access e percebeu a mudança que a harmonização e modulação frequencial, ou vibracional, podem acarretar na vida, no dia-a-dia e nas percepções das situações, uma pesquisa como esta, direcionada a mostrar esse impacto, é como colocar em palavras uma percepção interna.

Para pessoas que precisam de algo mais tangível e mensurável para se abrir a novas experiências, a pesquisa da Dra. Terrie pode incentivar a vivência das Barras de Access, ampliando as possibilidades de transformação.

Barra de Access: resultados comprovados em uma sessão de 90 minutos

O estudo piloto teve início com 10 pessoas que já apresentavam ansiedade, depressão ou ambos. Desse grupo, sete pessoas deram continuidade à pesquisa e foi constatado tinham a ansiedade-traço e duas delas depressão-traço, sendo que essas características “traço” seriam como tendências que carregamos, não pontual ou em uma situação, mas na vida.

No estudo da ansiedade, dois conceitos distintos são encontrados: ansiedade-estado, que se refere a um estado emocional transitório caracterizado por sentimentos subjetivos de tensão que podem variar em intensidade ao longo do tempo; e ansiedade- traço, a qual se refere a uma disposição pessoal, relativamente estável, a responder com ansiedade a situações estressantes e a uma tendência a perceber um maior número de situações como ameaçadoras.

De acordo com a pesquisa e quatro testes realizados, em apenas uma sessão de Barras de Access, com duração de 90 minutos, a melhora da ansiedade-traço foi, na média, de 84,7%. Ou seja, houve quem obteve uma mudança de 100% e quem alcançou 53% de melhora.

Os números da pesquisa com as pessoas que apresentaram a depressão-traço foi de 82,7% também com uma única sessão de 90 minutos.

Como a pesquisa com Barra de Access foi aplicada

A pesquisa não envolveu apenas questionários e aplicação da técnica. Entre as medidas foram incluídas o mapeamento cerebral para acompanhar os padrões e estudos das ondas cerebrais, antes e depois da sessão de Barras.

A maioria das pessoas apresentava ondas de padrão depressivo, ondas theta à beta, tecnicamente falando, e três tinham desvios padrões abaixo da normalidade. Após a aplicação, notou-se que a maioria das pessoas estavam com ondas padrão normais.

O mesmo mapeamento mostrou que várias pessoas que apresentavam hipocoerência – quando as áreas do cérebro não estão se comunicando muito bem, como às vezes é visto em casos de dislexia ou traumatismo– tiveram uma melhora significativa após a experiência com Barras.

Ou seja, as pessoas começaram a ter mais coerência mental, pensando melhor, sendo mais criativas e até aumentando o grau de inteligência.

Por comparação, Dra. Terrie explicou que para obter o mesmo resultado seriam necessárias cerca de 20 sessões de neurofeedback.

Uma das pessoas incluídas na pesquisa pontuava em escala de probabilidade suicida alta e zerou essa probabilidade nas respostas após isso.

A comprovação de uma experiência transformadora com Barra de Access

Para quem aplica e quem recebe sessões de Barras, a pesquisa coloca em palavras e números a experiência que é perceptível para nós, mas não conseguimos mensurar, pois as mudanças internas beneficiadas pela técnica não têm tamanho ou medida, elas ultrapassam todas as métricas.

Como se mede um sentimento tão avassalador que leva uma pessoa a pensar em tirar a própria vida? Como se mede e avalia tirar esse mesmo sentimento de dentro de uma pessoa? Essa é a resposta da Dra. Terrie Hope e sua pesquisa.

Gratidão profunda a ela e à fantástica terapia, a Barras de Access.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Simone Kobayashi

Simone Kobayashi

Terapeuta Holística atuante em São Paulo e OnLine. Dedica sua vida profissional à junção de técnicas terapêuticas como o Reiki, Florais, Acupuntura, Análise Energética, Limpeza Energética, Harmonização, Barras de Access e Cura quântica. Saiba mais