Leo Chioda
  • Por Leo Chioda
  • Leia em 5 min.
  • 08/08/2018
  • Atualizado em 08/08/2018 às 13:54

Arcano do mês: O Carro

Tarot sugere direcionamento e boas escolhas para Agosto de 2018

Arcano do mês: O Carro

Se tem um arcano do Tarot que diz respeito à certeza de quem somos e do que fazemos é “O Carro”. Mesmo que a maioria das pessoas esteja no piloto automático diante das dificuldades e dos desafios constantes, a mensagem do arcano do mês de agosto é: cada passo dado, mesmo que em falso, é importante para o caminho se fortalecer. 

IR MAIS RÁPIDO REQUER RESPONSABILIDADE 

Quando “O Carro” rege um mês, esteja a postos: algumas portas do sucesso tendem a se abrir. Ao contrário das crenças em relação a agosto, o período é de vários caminhos abertos. Sendo “O Carro” um arcano de rapidez, você conta com mais agilidade na maneira de expressar ideias ou mesmo de fazer valer qualquer vontade. A clareza dos objetivos pode ser tão grande e rápida que os meios de comunicação tendem a facilitar e colaborar com contratos, entrevistas e mesmo com a execução sucinta de projetos. A agilidade oferecida por esta carta tão positiva também é notada pelo grau de frequência e mesmo de rapidez com que conversas, encontros e reuniões tendem a acontecer. É como se fosse possível resolver pendências perder tanto tempo. Mas toda e qualquer atitude importante deve ser acompanhada de uma boa dose de responsabilidade. “O Carro” é um lembrete de que cedo ou tarde arcamos com as consequências de nossos atos: se corremos na estrada, até podemos chegar mais cedo no nosso destino, mas aumentam as chances de provocar sérios acidentes.

NOVOS CAMINHOS, NOVOS COMEÇOS EM AGOSTO

“O Carro”, agora em agosto lhe garante força de vontade para celebrar as novidades na rotina e planejar melhor a reta final de 2018. Aliás, o termo “rotina” deve ser repensado ao longo dos dias, já que imprevistos e surpresas corriqueiras tendem a ser uma constante. A sensação de independência deve se instaurar na medida em que você ruma à concretização dos seus objetivos. Concentração e determinação são dois ingredientes que, misturados à atitude, podem resultar no sucesso das suas empreitadas. Sem hesitação, o mês d’O Carro é o período em que você pode tomar algumas rédeas do seu destino e cavalgar na direção dos próprios desejos. Ir direto ao ponto: no melhor a ser alcançado a partir da vontade.

AMOR INTENSO E RELAÇÕES MAIS FORTES

Entusiasmo, expectativa e desejo. As características deste arcano para um assunto tão importante não poderiam ser melhores. Começando pelo amor, “O Carro” é um presságio bastante favorável para quem pretende engatar uma relação estável. Aos solteiros, aponta predisposição à conquista — tanto a decisão de tentar firmar namoro com alguém, quanto a ser alvo de uma. Mas também há indício de relacionamentos rápidos e envolvimentos considerados passageiros que não por isso devem ser menos aproveitados. A fugacidade é um ponto clássico do arcano “O Carro”.

Para quem já está em uma relação amorosa, um melhor planejamento para haver uma renovação da convivência. Sabe quando tudo parece pedir mudança e limpeza? 

Viagens rápidas e maior dinamismo com as palavras e as atitudes podem ser os principais artifícios para oxigenar a rotina e fazer com que os sentimentos se aflorem e se mantenham vivos. Saber dizer e saber fazer são os veículos para o prazer e a satisfação. 

No sexo, as experiências podem ser maiores e melhores. Aos solteiros a oferta poderá ser maior, assim como a atração física deverá determinar os rumos dos encontros ou das relações sem compromisso. Todo o cuidado é pouco para não confundir tesão com amor, mesmo que temporário. A intensidade do afeto se espelha no sexo, que tende a ser inovador a partir de uma postura criativa e mais aberta das pessoas envolvidas. Aos compromissados, menos conversa e mais prazer, também, sempre que possível. É a admiração e o desejo de fazer o amor triunfar que “O Carro” confere a quem se predispõe a viver momentos significativos com pessoas relevantes. É tempo de avançar.

Para uma análise detalhada deste período, consulte o Tarot Mensal.

 

FIQUE DE OLHO NAS SUAS EXPECTATIVAS

Mesmo sabendo dos possíveis êxitos no âmbito afetivo, muito cuidado com as expectativas a respeito das situações e das pessoas. “O Carro” é a imagem de alguém que parte ou retorna a algum lugar esperando encontrar aquilo que deixou ou que tanto procurou pelo mundo afora. É por isso que evitar decepções também merece atenção redobrada a este momento do ano, mantendo a serenidade em vez de querer a perfeição das pessoas ou a excelência do que está fora do seu poder ou que não depende de você.

É preciso ir com calma, sem colocar “O Carro” na frente dos bois. Uma postura mais flexível diante da vida e dos caminhos que se abrem. Os deslocamentos físicos, como mudança de casa ou trabalho, também podem ocorrer. É tempo de cooperar com as transformações observando o próprio ciclo das circunstâncias – desde uma planta próxima a você, que demanda tempo para nascer, se desenvolver e fenecer; até as relações pessoais e mesmo empreendimentos a longo prazo – pois assim você aproveita melhor o tempo ao seu dispor e se realiza enquanto pessoa.

VITÓRIA É UM QUESTÃO DE SORTE, MAS TAMBÉM DE POSTURA

De acordo com a simbologia do número desta carta, são sete os dias da semana, os planetas clássicos do sistema solar e mesmo as maravilhas do mundo antigo. As rodovias de agosto estão ladrilhadas pelo algarismo da integridade, da grandeza e da plenitude. É um período para ver e, principalmente, mostrar-se aos olhos do mundo. Neste mês, a via do sucesso começa em você.

No trabalho, “O Carro” é a carta que prenuncia disposição redobrada à conquista da vitória, da objetividade dos planos e mesmo a impecabilidade naquilo que você planeja e executa. A noção de começo, meio e fim deve ser clara: novas ideias acompanhadas do vigor necessário para alcançar postos mais elevados, prestar concursos e elaborar projetos de forma amistosa, respeitando os limites e prevendo os objetivos.

A noção de começo, meio e fim deve ser clara: novas ideias acompanhadas do vigor necessário para alcançar postos mais elevados, prestar concursos e elaborar projetos de forma amistosa, respeitando os limites e prevendo os objetivos.

Se algo acaba, o que cabe é ir em frente: nada que termina lhe trará problemas agora. Assim como nada tende a ser contra você e seus planos se for feito com autenticidade ou com verdadeiro prazer e energia. A disponibilidade favorece bons resultados. Perceba o senso crítico ainda mais apurado e o poder de decisão à medida que o mês passa. Lembre-se: a sua postura também determina o seu futuro.

Pode ser que você se mostre de maneira mais competitiva ou mais dinâmica que as outras pessoas, querendo provar que sua força vai bem mais longe. E vai, se assim você se determina e demonstra! Mas o que interessa é justamente constatar seu empenho de modo brilhante e honesto, por menor que seja o lucro ou o reconhecimento. Concluir o que se começa para então se dedicar a outro projeto é uma postura prudente e realista que merece ser adotada. Concentre-se e tente definir de onde você parte e aonde você quer chegar.

A PRESSA AINDA É INIMIGA DA PERFEIÇÃO

“O Carro” também espelha nossa conduta nas mais diversas e adversas condições do cotidiano. Sob a ótica do Tarot, agosto tende a ser o mês do foco nas coisas importantes. A energia bem direcionada aos estudos e ao trabalho, por exemplo, está dignificada. Através das mudanças ocorridas e das escolhas feitas em julho você passa a sentir o peso de certas complicações do cotidiano. Mas com o senso de coragem mais aguçado, você poderá mostrar a que vem — aos outros, às circunstâncias e sobretudo a você. Ficar frente a frente com os desafios lhe faz ver que é possível ter maior controle de suas próprias decisões. Ainda mais quando for necessária a paciência e mesmo a frieza para resolver pendências e seguir adiante.

Neste mês, portanto, há de se tomar todo o cuidado com a velocidade. Qualquer velocidade. É provável que acidentes e imprudências de trânsito sejam ainda mais frequentes. Se você dirige, vale o recado: serenidade, equilíbrio e concentração. Até certo ponto você comanda sua própria vida e não vive em isolamento. Há de se ter responsabilidade pelos seus atos e por quem está sob sua responsabilidade. Agir por impulso é uma constante em todos os anos regidos pelo arcano O Carro, daí a urgência em manter a calma quando você estiver no volante, independente da circunstância.

Dos desafios pessoais com os quais você deverá conviver e atenuar ao longo de agosto, destaca-se justamente a ansiedade em toda e qualquer situação que requer tranquilidade e jogo de cintura. A pressa, você bem sabe, é inimiga não só da perfeição como também da assertividade. Para ser excelente em seus propósitos, comece desde já a questionar a correria, a fome descontrolada por resultados rápidos e mesmo a força e a velocidade que você despende para executar suas tarefas e conquistar seus objetivos.

ATENÇÃO ÀS NECESSIDADES DO SEU CAMINHO

Você deve passar a medir o poder das suas próprias inconsequências. Mesmo que seu lema seja criar o seu próprio caminho, é imprescindível o cuidado com as próprias atitudes. Neste mês algumas pessoas tendem a se mostrar de maneira assertiva, muito certas de si, mas lembre-se: ninguém é dono da verdade! Por isso é prudente administrar cada passo de acordo com conselhos e experiências alheias. Não alimente a prepotência de achar que sabe tudo sobre tudo. Vale mais a pena viver a vida como uma jornada. A própria estrada é a parte mais importante do caminho.

Para continuar firme e forte pelos caminhos abertos de agosto, convém acreditar no seu poder de discernir o melhor para você e para as pessoas ao seu redor. “O Carro” lhe instiga a perceber que cada experiência, por mais difícil ou prazerosa que seja, é uma experiência a mais para continuar indo em frente. O melhor da viagem é o trajeto, dizem alguns. Aproveite o que já está acontecendo e abra-se para o que ainda está por vir.

 

Olá, essa matéria foi útil para você?
Leo Chioda

Leo Chioda

É escritor e tarólogo. Dedica-se a palestras sobre Tarot, pesquisas históricas e prática da leitura das cartas. É também autor do Tarot Direto e Tarot Mensal do Personare. Saiba mais