Raphael Andrade
Por Raphael AndradeLeia em 2 min.18/09/2015 

Acupuntura para tratamento da insônia

Técnica elimina estresse e atitudes indesejáveis que dificultam sono

A insônia é um distúrbio persistente que afeta a saúde e a qualidade de vida. Pessoas com insônia geralmente já começam o dia se sentindo cansadas, têm problemas de humor, falta de energia e o desempenho no trabalho ou nos estudos é prejudicado. Muitos apresentam dificuldades para dormir em algum momento da vida, mas outros têm insônia crônica, que pode durar um período de tempo muito maior do que o normal.

Existem três tipos principais de insônia:

  • inicial (dificuldade para começar o sono);
  • intermitente (dificuldade de se manter dormindo ininterruptamente – a pessoa acorda várias vezes durante a noite);
  • terminal (despertar muito cedo, antes do que gostaria ou deveria).

Qualquer que seja o tipo de insônia, ela causa sintomas como sensação de cansaço durante todo o dia (principalmente pela manhã), irritabilidade, ansiedade, dificuldade de concentração, dor de cabeça e problemas digestivos.

As principais causas da insônia são: estresse e preocupações, ansiedade, depressão, maus hábitos alimentares, falta de atividades físicas, dor crônica e dificuldade para respirar. O uso inadequado de algumas medicações e o consumo excessivo de álcool, cigarro e outras drogas agravam a situação.

Agulhas para dormir melhor

O tratamento da insônia com a Acupuntura começa depois de uma avaliação detalhada de toda a condição física e emocional do paciente, usando recursos específicos da terapêutica chinesa, como entrevista, exame do pulso e da língua. Com base nos dados da avaliação, chega-se a um diagnóstico energético e, em seguida, todas as condutas dali pra frente serão individualizadas. Em outras palavras, a Acupuntura procura entender exatamente o que se passa com cada paciente; não segue uma receita pronta para tratar esse ou aquele problema (foco no paciente, não na doença), sem provocar efeitos colaterais.

a Acupuntura procura entender exatamente o que se passa com cada paciente; não segue uma receita pronta para tratar esse ou aquele problema

Com o diagnóstico energético fechado, o terapeuta escolhe as técnicas a serem usadas no tratamento, como agulhas, moxa (calor), ventosas, laser, entre outras. Além disso, são passadas orientações sobre alimentação, exercícios e hábitos adequados para cada um, estimulando a participação ativa do paciente na resolução do seu problema. Dessa forma, a Acupuntura contribui para que o indivíduo comece a se enxergar melhor, bem como o ambiente em que vive, eliminando fontes de estresse e atitudes indesejáveis que resultam no surgimento e permanência da insônia. Se necessário, o terapeuta poderá indicar a Fitoterapia Chinesa, cujas ervas medicinais complementam o tratamento de forma eficaz.

Raphael Andrade

Raphael Andrade

Fisioterapeuta especialista em Acupuntura e Osteopatia. Graduado pela UFRJ, é Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente. Atende em consultório no Rio de Janeiro.