6 de janeiro, Dia da Gratidão

Aprenda como cultivar esse sentimento no seu dia a dia

Logo no começo do ano, dia 6 de janeiro, comemora-se o Dia da Gratidão. É um momento para celebrar a sua existência, as paixões, parentes, amigos e todas as pequenas coisas que trazem alegria à sua vida.

  • O que você valoriza?
  • Quem você aprecia?
  • Como você expressa sua gratidão aos outros?

A gratidão é um conjunto de vários sentimentos: amor, ternura, amizade… É o reconhecimento de que não somos os únicos responsáveis pela nossa própria condição. Ser grato é reconhecer que outras pessoas, seres, ambientes e situações também participaram na produção de nossa vida. É poder dedicar, compartilhar e transbordar as graças recebidas.

Mas é importante não confundir gratidão com bajulação ou lisonjas e com servilismo. Não há hierarquia na gratidão, não há diferenças.

Sentir-se grato, com um sentimento constante de dívida impagável, pode não ser muito saudável.

A gratidão é sempre boa na medida da alegria que a acompanha. E a angústia de uma dívida constante carece de alegria.

A gratidão automática também não! A que faz mudar nossa frequência e aumenta nosso campo energético, transforma nossa vida, é a que ressoa por dentro e transborda.

Por exemplo, “sou grata até pelo ar que respiro” mas, se isso nunca foi realmente sentido por você, não ressoa, não vibra e não muda. Agora, depois de uma crise respiratória, certeza que esse sentimento vibra, é real.

Cultive a gratidão

  • A gratidão te lembra das coisas positivas da vida. Faz você feliz com as pessoas e situações em sua vida, sejam eles pessoas queridas, uma pessoa que conheceu que foi atenciosa com você, ou mesmo um bem-te-vi que canta em sua janela.
  • A gratidão te lembra do que é realmente importante. É mais difícil reclamar sobre as pequenas coisas quando você é grato por seus filhos estarem vivos e saudáveis. É difícil se estressar com as contas a pagar quando você é grato pelo teto sobre sua cabeça.
  • A gratidão faz você agradecer aos outros. O simples ato de dizer “obrigado” a alguém pode fazer uma grande diferença na vida dessa pessoa. As pessoas gostam de serem apreciadas por quem elas são e pelo que fazem. Não custa nada, mas faz alguém feliz. E fazer outra pessoa feliz vai fazer você feliz também.
  • A gratidão transforma o negativo em positivo. Seja grato por ter desafios. Seja grato pois você pode aprender com estes desafios. Seja grato pelos desafios fazerem de você uma pessoa mais forte.

Pequenas sugestões para um dia-a-dia com mais gratidão

  • Medite com gratidão. Somente uns 2 ou 3 minutos pela manhã para lembrar por quem ou pelo que você é grato. Você só precisa fechar seus olhos e silenciosamente pensar no que agradecer por fazerem parte da sua vida, se quiser escrever, é ainda melhor. Com a prática e constância passamos o dia prestando atenção ao que nos faz bem.
  • Expresse a sua gratidão. Quando alguém faz algo de bom para você, ainda que algo pequeno lembre-se de agradecer. E realmente seja agradecido.
  • Enxergue diferente o “negativo” em sua vida. Há sempre duas maneiras de olhar para alguma coisa. Muitas vezes passamos por algo negativo, estressante, perigoso, triste, difícil. Os problemas podem ser vistos como oportunidades para crescer, para ser criativo, para aprender, para mudar. A mesma coisa pode ser olhada de uma forma mais positiva. É uma ótima maneira de se lembrar que há o lado bom em quase tudo.
  • Veja qualidades nas pessoas. Tente se concentrar nas qualidades das pessoas ao invés de seus traços negativos. Se você percebe as qualidades de alguém, isso serve de incentivo para essa pessoa. Essa mudança de atitude pode ajudar a melhorar o seu relacionamento com os outros, permitindo-lhes saber que você os aprecia como são.
Simone Kobayashi

Simone Kobayashi

Terapeuta Holística atuante em São Paulo e OnLine. Dedica sua vida profissional à junção de técnicas terapêuticas como o Reiki, Florais, Acupuntura, Análise Energética, Limpeza Energética, Harmonização, Barras de Access e Cura quântica.