Sintomas de lúpus podem ser amenizados com terapias holísticas

Tratamentos podem unir medicina tradicional e terapias alternativas

Sintomas de lúpus podem ser amenizados com terapias holísticas

Doenças autoimunes como o lúpus (LES) – que afeta principalmente mulheres – podem não ter cura, mas optar por um tratamento multidisciplinar envolvendo a medicina tradicional e terapias holísticas pode reduzir os efeitos dos sintomas.

Na terapia integrativa, trabalhamos com aromaterapia, aromaterapia vibracional e frequencial, Reikiterapia floral e outras técnicas. Todas os métodos citados podem ajudar os pacientes de lúpus como apoio e tratamento complementar. Principalmente no caso das dores, pois todos apresentam quadros de dores articulares, problemas de pele como alergias e coceiras e também nas questões emocionais que a doença traz.

O QUE É LÚPUS?

O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES), conhecido popularmente como lúpus, é uma doença autoimune, com maior frequência em mulheres. Isto é, uma doença inflamatória que é causada quando o sistema imunológico da uma pessoa ataca os seus próprios tecidos. O Lúpus causa desequilíbrio de todo o sistema imunológico e pode afetar principalmente pele, articulações, rins, cérebro e todos os demais órgãos.

EXISTEM TRÊS TIPOS DE LÚPUS

Lúpus discoide

É mais limitado à pele, causando erupções escamosas ou manchas vermelhas que podem aparecer no rosto, na nuca e no couro cabeludo. Comumente, é confundido com outras doenças de pele até que se chegue ao diagnóstico correto de lúpus.

Lúpus sistêmico

Essa já compromete vários órgãos ou sistema do corpo, não sendo restrito só à pele. Os sintomas causados por este tipo de lúpus dependem do local da inflamação como rins, coração, pulmões e até ao sangue, além das lesões cutâneas e nas articulações.

Lúpus induzido por drogas

Algumas drogas ou medicamentos – está relacionado à exposição contínua a fármacos (ou seja, por mais de 30 dias) – podem provocar uma inflamação temporária, provocando sintomas muito parecidos com os do lúpus sistêmico. Esses sintomas podem desaparecer após a finalização do uso desses medicamentos.

Em todos os três casos, é uma doença que exige tratamento com especialistas. Quando feito de forma correta, o paciente tem condições de levar uma vida normal.

O QUE PODE AGRAVAR O LÚPUS?

Um dos principais fatores que podem agravar a situação do lúpus é a radiação solar, piorando o quadro da doença. Nesses casos, o indicado é evitar o Sol. Principalmente do período das 10h às 15h – quando a incidência de raios ultravioleta é mais forte.

Isso limita muita a vida de uma pessoa que apresenta a doença, principalmente em lugares onde o clima é mais tropical e tem Sol forte o ano todo. Essa reclusão forçada acaba causando problemas emocionais, principalmente com quadros de depressão.

Vale lembrar que o Sol ajuda na produção de vitamina D e nos dá energia. Ou seja, a energia que recebemos do Sol também é importante para manter a nossa saúde.

LÚPUS E TERAPIAS

Terapias naturais e integrativas podem ajudar a melhorar a qualidade de vida de um paciente com lúpus. Note, porém, que cada pessoa é única e deve ser analisada de forma integral, tratando o ser humano como um todo e de forma integralista.

Cristina Cairo, autora do livro Linguagem do Corpo (1999), cita que o lúpus é uma doença emocional que se desenvolve em pessoas que perderam a esperança e que remoem ódio contra aqueles que a traíram, abandonaram ou humilharam… Sendo assim, se faz necessário um acompanhamento terapêutico para entender cada processo gerador de mágoas e ressentimentos, ajudando a entender essas emoções.

Nesse caso falamos da psicossomática, onde a pessoa somatiza uma doença em consequência de uma questão emocional, a emoção se não resolvida vai para o físico.

Na aromaterapia, temos vários óleos essenciais que podem trabalhar ajudando na limpeza dessas emoções, trazendo aceitação, entendimento e também o perdão.

Há óleos que ajudam no caso das dores articulares, no quadro de inflamações de pele e quedas de cabelo, muito recorrentes em quadros de pacientes com lúpus. A aromaterapia vibracional também tem um papel importante para o controle da doença – atuando de forma muito sutil, principalmente no quadro emocional e energético.

Reiki também pode ser forte aliado para ajudar no equilíbrio emocional, assim com a cromoterapia, através da água solarizada. O Reiki vai trazer um reequilíbrio físico, energético e emocional, trazendo bem estar as pessoas com o quadro da doença. Na cor azul ou verde, a água solarizada vai ajudar a controlar quadros de ansiedade, trazendo tranquilidade, e amenizando dores, contribuindo com o tratamento tradicional.

No geral, para o tratamento de Lúpus tanto a cromoterapia como o Reiki ajudaram nas questões emocionais, no equilíbrio e no bem estar. No físico, temos melhoras nas dores e inflamações. Fruto do uso conjunto de Reiki, cromoterapia e aromaterapia.

DEPOIMENTO DE UMA PACIENTE COM LÚPUS

Compartilho o depoimento de uma cliente do Rio de Janeiro que fez tratamento holístico e faz acompanhamentos médicos regulares e hoje se sente melhor.

Cristiane Lucena, 42 anos, do Rio Janeiro, conta como a aromaterapia e a cromoterapia, aliada ao acompanhamento de médicos regulares, ajudou a se sentir melhor e amenizar os principais sintomas.

“Sempre acompanhei os assuntos tratados no site da Personare, de A a Z, todos os assuntos neste site me interessam. Em 2011, quando fui diagnosticada com Lúpus (eritematoso), vi que uma consultora que escrevia na Personare, assuntos sobre aromaterapia, cromoterapia, Solange Lima, estaria no RJ fazendo atendimentos, resolvi entrar em contato com ela e marcar um horário, estava precisando fazer algo que no mínimo pudesse aliviar a agonia de conviver com os sintomas constantes do Lúpus (dores, coceiras, queda de cabelo).

Encontrei a Solange Lima, hoje uma grande amiga, que me encheu de orientações, clareou minha mente no pior momento, onde eu não enxergava nada, não enxergava alternativas que não fossem as drogas fortes que eu sabia o quanto me custaria caro ao longo prazo.

Solange me apresentou a aromaterapia, a cromoterapia, os florais. Abri a mente para as infinitas possibilidades, conhecer o meu próprio corpo, alimentá-lo da melhor forma, não só com alimentação, mas com o que vejo, o que escuto, e o que sinto, os óleos essenciais, os florais, as cores, e isso tudo faz com que o corpo volte a se harmonizar, é como se estivesse se harmonizando com o Universo, com a própria natureza.

Hoje, ainda faço uso de corticoide, mas em uma quantidade muito inferior. Os sintomas praticamente sumiram, retirar o corticoide por completo leva tempo e paciência, estou focada nisso agora. Não tenho dúvidas o quanto estas terapias me ajudaram e ajudam. Sinto uma gratidão enorme pelo site da Personare que me permitiu enxergar novas possibilidades, encontrar a Solange, e o equilíbrio que estava buscando”.

 

Solange Lima

Solange Lima

Terapeuta holística e numeróloga. Utiliza técnicas como Florais, Aromaterapia, Cromoterapia, Shiatsu, Reflexologia e Reiki. Realiza atendimentos em São Paulo.