Previsões para Gêmeos em 2017

Confira principais tendências para Sol e ascendente no signo

Previsões para Gêmeos em 2017

Os geminianos terão um ano representado pela sociabilidade, valorização da vida material e produtividade. Mas é sempre bom recordar que cada uma dessas características equivale a um decanato, ou seja, um período de dez dias em cada signo.

Porém, esses intervalos podem variar anualmente. Sendo assim, se você nasceu no início ou no fim de um decanato, é recomendado procurar um astrólogo para esclarecer esta questão.

As previsões abaixo são feitas a partir dos aspectos que alguns planetas fazem com o Sol em Gêmeos. Por isso, é natural que alguns decanatos possuam trânsitos mais expressivos do que outros. Para complementar as tendências para seu ano, leia também o conteúdo voltado para seu ascendente.

Por último, vale lembrar que uma pessoa é muito mais do seu signo solar. Isto significa que outros aspectos do seu Mapa Astral devem ser considerados. Para uma análise mais completa a respeito dos seus trânsitos, consulte um astrólogo.

Primeiro decanato – de 21 a 31 de maio

Para os nativos do primeiro decanato não existem trânsitos de planetas lentos significativos, mas algumas janelas de tempo podem ser identificadas como favoráveis a algumas ações específicas. Por exemplo, entre 7 e 21 de junho, Mercúrio em conjunção ao seu Sol e em seu signo de domicílio exacerba a sua capacidade intelectual e argumentativa, facilitando negociações. Já entre 6 e 31 de julho será Vênus que passará por Gêmeos, aumentando a sua sociabilidade e, com isso, sua influência e poder de persuasão. O mês de julho também é favorável tanto para o amor como para as finanças. Se precisar de energia para tomar decisões e quiser dar início a qualquer projeto, aproveite o período entre 22 de abril e 4 de junho, quando Marte transitará pelo seu signo, aportando à energia geminiana muita iniciativa e objetividade.

Segundo decanato – de 1º a 10 de junho

Já para quem nasceu no segundo decanato (especialmente entre 1º e 5 de junho), a energia confusa de Netuno continua predominante. Se os nativos do terceiro decanato estarão mais sérios e preocupados com o lado material, os do segundo decanato ficarão um pouco perdidos a respeito de como equilibrar o lado físico e o espiritual.

Enquanto Saturno-Sol aumenta as possibilidades dos geminianos se comprometerem com pessoas e situações, Netuno em quadratura ao seu Sol pode acentuar a tendência à dispersão, tornando mais difícil tomar decisões.

Enquanto Saturno-Sol aumenta as possibilidades dos geminianos se comprometerem com pessoas e situações, Netuno em quadratura ao seu Sol pode acentuar a tendência à dispersão, tornando mais difícil tomar decisões.

Principalmente porque essas pessoas não conseguirão ter certeza de muita coisa (e mesmo quando tiverem certeza de algo, poderão se sentir equivocadas a respeito de qual decisão tomar, já que a energia netuniana não nos deixa ver claramente e nos ilude, fazendo-nos acreditar que estamos certíssimos).

Tanto Saturno-Sol quanto Netuno-Sol podem gerar inação, porém por motivos diferentes: com Saturno, não agimos por falta de motivação e energia; com Netuno, não agimos porque estamos em estado contemplativo. Com Saturno, a tendência é que haja problemas com autoridades; e com Netuno há possibilidades de problemas com drogas, álcool e charlatães.

Se há uma maneira de utilizar positivamente a energia de Saturno é escolhendo um projeto e dedicando-se a ele durante o ano. Já Netuno pede que a gente se abra mais para lado espiritual da vida, assumindo, inclusive, um papel de “socorrista” para aqueles que estão em dificuldade.

Terceiro decanato – de 11 a 20 de junho

Os geminianos do terceiro decanato estarão vivendo um ano de Saturno em oposição ao seu Sol. Trânsitos deste planeta podem ser muito produtivos, se estivermos dispostos a trabalhar duro e formos automotivados.

Trânsitos deste planeta podem ser muito produtivos, se estivermos dispostos a trabalhar duro e formos automotivados.

Isto porque, em aspectos tensos ao nosso Sol, Saturno costuma drenar a nossa energia, fazendo-nos sentir mais cansaço, comprometendo-nos inclusive fisicamente (em alguns casos), com baixas no sistema imunológico.

Para os sociais geminianos, a oposição de Saturno pode torná-los mais sérios e preocupados com as suas realizações materiais (“o que fiz até aqui? Alcancei o que deveria?”). Uma dificuldade que este trânsito certamente apresentará a estes nativos reside no fato de que Saturno exige foco e concentração em uma única atividade ou objetivo, e os geminianos (curiosos por natureza) gostam de transitar por diversos assuntos, sem necessariamente se aprofundar na atividade do momento. Com isso, dois resultados são possíveis: ou os geminianos realizarão muito pouco durante o ano e se desgastarão imensamente com a exigência de foco de Saturno, ou aproveitarão este período para levar a cabo algum projeto que exija trabalho duro.

Ascendente em Gêmeos

Embora os nativos de ascendente em Gêmeos continuem passando por uma restruturação em sua vida amorosa e em sua relação com o outro, o que não costuma ser fácil, Júpiter em Libra – durante a maior parte do ano – deverá tornar o processo mais leve. Isto porque este é um signo do Elemento Ar, assim como Gêmeos, e ambos estão em trígono entre si.

Além disso, Júpiter em Libra também faz sextil a Saturno em Sagitário, o que permite uma colaboração entre duas energias dissonantes: a expansão de Júpiter e a restrição de Saturno. Para completar, Saturno está em trânsito pelo signo de domicílio de Júpiter, e este em trânsito pelo signo de exaltação de Saturno. Isso significa que ambos estão falando mais ou menos a mesma língua. Em outras palavras, em 2017 será possível utilizar energias opostas para o crescimento das relações e se expandir (Júpiter) de maneira sustentada (Saturno). Sonharemos (Júpiter), mas não perderemos o sentido da realidade (Saturno). Possivelmente descobriremos facetas do nosso par que antes desconhecíamos e que talvez não gostemos tanto (Saturno), mas poderemos aprender com isso para permitir um crescimento da relação (Júpiter). É possível um equilíbrio e o céu está favorável. Aproveite!

Consulta com a autora

Ficou curioso para saber mais previsões para seu ano, que envolvem outros aspectos de seu Mapa Astral? Marcia Fervienza, astróloga e autora deste artigo, realiza atendimentos à distância, por SKype. Para marcação de consulta ou mais informações, mande um email para a especialista: astronews2010@gmail.com

Olá, essa matéria foi útil para você?
Marcia Fervienza

Marcia Fervienza

Astróloga há mais de 15 anos e psicóloga, atua como colaboradora em Astrologia para diversas revistas e possui trabalhos publicados em vários países. Oferece atendimentos astrológicos presenciais e virtuais. Saiba mais