Karin Fromm
Por Karin FrommLeia em 3 min.17/06/2015 

Passo a passo para uma automassagem

Onze dicas para aliviar tensões musculares, dores e ansiedade

Algumas simples manobras diárias podem ajudar você a ter uma noite de sono melhor, um dia no trabalho mais produtivo ou simplesmente ter mais disposição para o dia-a- dia. Reserve um tempo para si, num ambiente reservado, de preferência, após um banho relaxante. Se você puder, use um óleo (de preferência vegetal) como semente de uva, amêndoa doce ou gergelim. Para cada meia xícara de óleo, adicione três gotas do seu óleo essencial favorito (dica: o de lavanda é um coringa maravilhoso!). Coloque um pouco entre as mãos e esfregue-as para esquentar um pouco o óleo antes de aplicá-lo na pele, repita antes de cada manobra.

Desligue o celular, concentre-se em você e seu corpo! Confira abaixo uma breve sequência que ajudará você a relaxar da cabeça aos pés. É importante a ênfase nos movimentos da cabeça e rosto, onde sem percebermos acumulamos muitas tensões – que geralmente trazem dores de cabeça e irritação. Com a prática diária, você não precisará mais desse guia, saberá reconhecer as tensões e seguir sua intuição. Boa massagem!

Ilustrações: Rodrigo Leão.

Sentada, com as mãos secas, comece a fazer movimentos circulares no couro cabeludo. Use a polpa dos dedos e empregue uma intensidade que seja confortável. Circule desde o topo da cabeça até a base do crânio, passando pelas têmporas lateralmente. Depois com a mão cheia, dê leves puxões nos seus cabelos.

Agora o rosto. Se você quiser já pode começar a usar o óleo agora, se não quiser usar no rosto deixe para começar a usá-lo a partir do pescoço. Deslize suas mãos do centro da testa para as laterais, como se alisasse uma folha de papel. Depois circule os olhos, sempre para fora.

Continue no rosto descendo até as laterais, e aperte a junção das têmporas com as mandíbulas, uma região de muita tensão quando cerramos os dentes. Aproveite e massageie seu queixo e toda a mandíbula. Termine nas orelhas, dê pequenos apertões e depois leves puxões em todas as direções.

O pescoço é unanimidade, todos são tensos! Faça movimentos descendentes lateralmente à coluna, indo da base da cabeça até os ombros, repita quantas vezes achar necessário. Depois finalize com pequenos círculos com intensidade maior em cima das vértebras do pescoço.

Agora você pode se deitar, mantendo os joelhos flexionados e os pés apoiados no chão, preferivelmente numa superfície não muito mole, para que as tensões se evidenciem. Se você quiser aumentar o seu relaxamento, pode incluir duas bolinhas de tênis e posicioná-las entre as escápulas, na região dorsal da coluna e depois na região lombar, logo acima do sacro. Deite em cima delas e vá respirando, pode doer no começo, mas o efeito é incrível.

Com as duas mãos abertas e firmes “abra” os peitorais deslizando do centro para as laterais. Depois siga a direção das costelas, comprimindo-as levemente. Sinta o ar entrar e sair. Por último, pressione e deslize as mãos contra o osso esterno. Ele não deve ser muito levantado, devemos sempre tentar reposicioná-lo para baixo. Esse é um ótimo ponto para trabalhar a ansiedade e angústia.

Com as duas mãos faça círculos ao redor do umbigo, sempre em sentido horário.

Para relaxar o quadril, leve as duas pernas ao mesmo tempo para um lado depois para o outro. Sinta alongar e relaxar a coluna.

Alongue uma perna de cada vez, levando a sola dos pés para o teto. Esse movimento além de alongar as pernas também ajudará a relaxar a coluna.

Ainda deitada pegue um dos seus pés e faça rotações nos tornozelos. Capriche na quantidade de óleo, normalmente os pés são ressecados. Massageie a sola dos pés com deslizamentos e pressões. Repita no outro pé.

Estique as pernas, solte completamente a boca, mãos e pés. Se tiver, use um pesinho para os olhos. Neste momento tente não pensar em nada ou então, visualize uma cena de paz, saúde, amor ou alegria. Permaneça assim alguns minutos e sinta os efeitos da massagem.

Karin Fromm

Karin Fromm

Fisioterapeuta e psicoterapeuta, atualmente estuda medicina ayurvédica. Atende em consultório particular em São Paulo e mantém um blog sobre saúde e prazer.