Roberta Struzani
Por Roberta StruzaniLeia em 5 min.25/04/2017 Atualizado em 05/05/2018

Ovoterapia íntima trata útero para melhorar amor e emoções

Técnica feita com pedras limpa traumas que causam bloqueios na vida

Ovoterapia íntima trata útero para melhorar amor e emoções

Ovoterapia é uma técnica milenar que recebe diversos nomes diferentes, como “ovo yoni”, “ovos de energia”, “pompoarismo vibracional”, “yoni egg”, entre outros. Até pouco tempo atrás era difícil encontrar alguém que conhecia esta técnica, mas atualmente ela vem se espalhando com rapidez. É uma terapia de limpeza das memórias de vida que ficam registradas e armazenadas no útero, realizada através de pedras minerais com formato de ovo, que a mulher introduz no canal vaginal.

É uma terapia de limpeza das memórias de vida que ficam registradas e armazenadas no útero, realizada através de pedras minerais com formato de ovo, que a mulher introduz no canal vaginal.

 

Segundo a metafísica, o útero é uma caixinha de lembranças, pensamentos, sentimentos e ânimos em geral. Ele guarda as memórias de todas as situações que a mulher vive, como traições, mágoas, primeiro beijo e relação sexual, carinho familiar e maternal, amamentação, entre outras. Quando uma mulher não está em contato com o seu útero e não cuida dele, o corpo dá sinais – sejam físicos ou emocionais – de que algo não vai bem, como bloqueios sexuais, TPM, dor durante o sexo, dificuldade para alcançar o orgasmo e, claro, os agravamentos do útero propriamente dito, como mioma, por exemplo.

A ovoterapia ajuda a liberar as cargas guardadas no útero, fazendo com que ele retome seu estado original de vitalidade. Isso faz com que a mulher se liberte para vivenciar o auge do seu prazer, feminilidade e autoconfiança.

Como funciona?

Roberta Struzani, fisioterapeuta ginecológica e autora do artigo, mostra um yoni egg (Imagem: arquivo pessoal)

A técnica consiste em simplesmente introduzir o ovo no canal vaginal, de modo que a mulher se sinta confortável. Alguns ovos tem um cordão na ponta, para que você possa puxá-lo depois, enquanto outros vem sem o cordão, de forma que é preciso introduzir o dedo no canal vaginal para tirá-lo.

Os minerais presentes nas pedras usadas na terapia possuem um DNA semelhante ao nosso e, por isso, transferem as energias através de um mecanismo chamado difusão. Na prática, significa o seguinte: você tem muita energia densa dentro do útero, enquanto a pedra está limpinha. Pensando no princípio de que tudo sempre migra de um meio mais concentrado para um meio menos concentrado, as energias densas concentradas no seu útero migrarão para algumas pedras, limpando este órgão ou energizando você por dentro.

O efeito dessas pedras dentro do corpo é tão forte que algumas vezes chega a dar vertigem imediatamente após introduzi-la. A primeira vez que usei em mim fiquei muito surpresa com a força da terapia, mesmo conhecendo o poder dos minerais. Mas é claro que cada pessoa tem uma sensibilidade diferente e sentirá os efeitos de uma forma. No entanto, isso não importa. Sentindo ou não os efeitos, o tratamento funciona com a mesma intensidade.

Contraindicação

Não use o ovo caso tenha dificuldade de penetração durante o sexo ou sinta fortes dores no ato, pois neste caso você pode ter vaginismo, o que faz com que sua musculatura vaginal contraia involuntariamente, dificultando a retirada do ovo.

Não se preocupe: o ovo não fará nenhum mal, ele não é tóxico, mas o susto que levará ao ter dificuldade de tirá-lo da vagina, ou a dor causada por isso, pode ser bastante desconfortante. Caso você apresente esses sinais, procure um médico ginecologista e fisioterapeuta ginecológico para corrigir sua disfunção.

Também não é indicado que introduza o ovo no canal vaginal durante a menstruação, pois nessa fase o útero está mais aberto e suscetível a infecções. Mas você pode deixá-lo encostado na vulva ou em cima da barriga. O mesmo se aplica para gestantes ou mulheres que ainda não tiveram sua primeira relação sexual.

Quais pedras escolher?

Ágata

É uma excelente pedra para iniciar a terapia, pois trabalha mais o corpo físico do que as emoções.

Os efeitos são:

  • Remove bloqueios e congestão física
  • Ameniza cólica menstrual (no entanto, durante a menstruação deve ser usada apenas na parte de fora da vagina)
  • Remove toxinas do útero
  • Relaxa e fortalece a energia
  • Afasta a negatividade (como, por exemplo, após um término de relacionamento ou muitas brigas, já que essas memórias negativas se instalam no útero)
  • Facilita o poder de autocura e protege a mulher durante a gravidez (neste caso, a técnica deve ser feita na parte de fora da vagina)
  • Facilita o parto normal.

Jade

Assim como a ágata, também é indicada para quem está começando a terapia, pois seu efeito é mais sutil.

Os efeitos são:

  • Purificar o sangue
  • Desintoxicar delicadamente o corpo
  • Fortalecer o sistema imunológico (principalmente para quem tem infecções ou candidíase com frequência)
  • Aumentar a fertilidade do corpo e da mente
  • Amenizar problemas físicos em geral
  • Promover harmonia, calma e desapego no relacionamento possesivo ou dependente, que esteja fazendo mal
  • Promover sensação de harmonia interior e favorecer a Meditação
  • Se optar por usar o Jade leitoso, ele ainda esfria e acalma o útero

 Quartzo Rosa

Apesar de ser muito popular e facilmente encontrada, seu valor no tratamento não deve ser subestimado, pois ela atua de forma bem forte nas emoções.

Os efeitos são:

  • Deixar que as feridas e os medos venham à tona para que possa senti-los e entendê-los conscientemente, mesmo que algumas vezes isso possa ser doloroso e desagradável
  • Processar os bloqueios emocionais que vieram à consciência (depois de usar a primeira vez, é preciso dar continuidade ao uso para trabalhar esse outro beneficio)
  • Afastar o medo
  • Aumentar a fertilidade
  • Suavizar mágoas, raivas e durezas do amor
  • Ajuda a superar traições
  • Ajuda a perdoar e compreender aspectos que não eram possíveis observar até então
  • Ajuda a ter mais amor pelas pessoas e por si, o que aumenta a autoconfiança
  • Protege o corpo das radiações negativas do ambiente (sendo usado em lugares carregados simplesmente para proteção, como amuleto)

Calcita

Pode-se também começar o tratamento com essa pedra, que é ideal para mulheres com problemas significativos na área da sexualidade. Seu efeito é lento e mais demorado, mas em compensação muito profundo. Não foi da noite para o dia que você adquiriu os problemas que tem hoje, portanto, também não será da noite para o dia que irá se curar. Paciência e disciplina vão trazer bons resultados para sua vida.

Os efeitos são:

  • Fortalece a estrutura corporal
  • Traz mais controle e estabilidade
  • Acelera o aprendizado da vida
  • Ajuda a entender seus próprios limites
  • Ameniza as emoções, trazendo despreocupação
  • Alegria
  • Seriedade
  • Atua nos problemas e feridas sexuais em geral

Obsidiana

A obsidiana afeta fortemente o corpo físico e as emoções, é quase um curinga que trabalha de tudo um pouco. Ideal para limpeza do útero, mas como é uma pedra de origem vulcânica, também traz consigo as qualidades do vulcão, como força e intensidade. Antigamente dizia-se que a obsidiana arrebentava com o oculto, mostrava o que os olhos não conseguiam ver. Sua ação é intensa e imprevisível, mas costuma deixar as mulheres mais à vontade e confiantes para entrar em contato com seus segredos, ou seja, o que fica ali dentro delas, escondidinho, e fazem questão de não querer ver.

Os efeitos são:

  • Protege de influências negativas (usar quando for a lugares “carregados”)
  • Desperta lembranças antigas
  • Libera emoções reprimidas e pensamentos inconscientes
  • Revela nossos bloqueios e sombras
  • Traz força e vitalidade, mais disposição para viver e fazer os afazeres do dia a dia
  • Muda padrões energéticos e de comportamentos
  • Ajuda a compreender os fundamentos para se tratar do que lhe incomoda

Lingam de Shiva

Pedra considerada sagrada pelos hindus, proveniente de um único lugar, o rio Narmada no oeste da Índia. Para eles, representa o pênis do Deus Shiva, ou seja, carrega a energia sexual, de vitalidade, o princípio de tudo. Em cada parte do corpo que você a utiliza, ela atua de forma diferente. Representa tanto o falo quanto o útero, porque diferente das outras pedras em formato de ovo, esta é mais longilínea. É por esse motivo que representa tanto o masculino do falo, quanto o feminino do ovo.

Os efeitos são:

  • Intensifica a vitalidade do corpo e da mente
  • Estimula todos os sistemas do corpo, trazendo sensação de mais saúde e bem- estar
  • Normaliza a dualidade do feminino e do masculino na mulher e no homem (podendo ser usada também pelo homem nas partes de fora do corpo)
  • Quando usada no Chakra Laríngeo (localizado na altura da garganta) permite o entendimento mais claro de algumas situações, tomada de decisão e comunicação sobre aquilo que estava engasgado e causando angústia, ou simplesmente entender a situação e deixar as mágoas irem embora.

Como utilizar?

Primeiro passo: lavar bem e higienizar o instrumento

Por ser introduzido no canal vaginal, a higiene do produto precisa ser em dobro. Para isso, ferva a pedra na água por cerca de 10 minutos e retire-a com uma espátula para não se queimar, ou se preferir, espere-a esfriar naturalmente. Além disso, existem alguns sabonetes próprios para higienizar brinquedos sensuais, como vibradores ou instrumentos de pompoarismo, que também são aconselhados para higienização dessas pedras.

Já que a terapia não trabalha com um instrumento qualquer, é preciso prepará-lo energeticamente, deixando-o embaixo de água corrente fria, até sentir que ele parece mais limpo, mais cheio de energia. Pode também deixá-lo no sereno, no sol, na chuva ou no que suas crenças e sabedorias lhe direcionarem, isso é com você.

Algumas vezes a pedra carrega tantas memórias que chega a quebrar ou rachar ao cair no chão ou após o uso. Neste caso, não a utilize mais, nunca tente consertar uma pedra. O ideal é devolvê-la à mãe natureza e procurar uma nova para continuar seu tratamento.

Segundo passo: deixe claro seu objetivo com o tratamento

Por mais estranho que pareça, eu particularmente gosto de conversar com o mineral na primeira vez que vou utilizá-lo e falar para ele para qual será sua função. Se isso estiver fora da sua realidade, apenas segure o mineral e pense o que pretende com o tratamento. Neste último caso, você não estará conversando com o mineral, mas consigo mesma, de forma terapêutica. O objetivo é que possa despertar seu inconsciente a trabalhar esses aspectos. Como dizem os antigos, “a fé move montanhas”, portanto, confie nisso e o faça. Ou adapte este passo de acordo com sua fé e crenças.

Terceiro passo: a técnica em si

O ideal é que você se deite e medite a respeito do que trabalhará no momento, já pensando em como o ovo poderá agir nas suas emoções, sentindo seu corpo. Com toda certeza, dessa forma perceberá melhor os efeitos da terapia. Mas o começo da técnica não precisa ser necessariamente assim. Você pode simplesmente começar direto pela prática, ou seja, colocando o ovo dentro do canal vaginal e deixando-o lá por minutos ou por horas. Você pode, inclusive, fazer outras atividades com o instrumento dentro de si, como trabalhar ou até caminhar.

Quando sentir que o ovo está escorregando para fora, faça contrações com a vagina (como se estivesse fechando a vagina para conter a urina) para o instrumento subir de volta. Dessa forma, é possível até mesmo trabalhar a força muscular, relaxando a musculatura da região e deixando o ovo escorregar, para logo depois contrair e fazê-lo subir novamente. Essa técnica é chamada de “pompoarismo vibracional” ou “egg pompoarismo”. É claro que existem diversas outras técnicas que abrangem esse tipo de pompoarismo, mas elas basicamente consistem no relaxamento e na contração com o ovo.

No caso de fazer uso do ovo nos Chakras, você deverá simplesmente colocá-lo sobre este centro de energia, encostado na pele. Se estiver grávida, o ovo pode ser colocado encostado na vulva e sendo segurado pela própria calcinha. Se estiver menstruada, por uma questão de higiene simplesmente, o ovo deve ser colocado entre a calcinha e a roupa.

Para que comece fazer os efeitos desejados, use-o regularmente, quase todos os dias, até alcançar seu objetivo – mas, de vez em quando, dê uns intervalos para o corpo. O ideal é você notar como os efeitos do ovo repercutem em você.

Algumas formas inusitadas de praticar a Ovoterapia

  • Algumas mulheres fazem uso da Ovoterapia sempre depois de uma relação sexual, para limpar o útero e a vagina da energia do outro – principalmente quando fazem sexo com muitas pessoas diferentes e têm consciência que essas energias ficam ali instaladas por longos períodos.
  • Algumas mulheres usam o ovo toda vez que voam de avião, para proteger a viagem.
  • Há quem faça uso da Ovoterapia quando está meditando, para facilitar a alteração de consciência.
  • Já conheci uma mulher que utiliza o ovo toda vez que dorme em uma cama que não é a sua.
  • Uma aluna relatou que usa o ovo todos os dias no trabalho e, segundo ela, esse foi o modo que encontrou de não voltar tão cansada para casa e nem se meter em pequenas intrigas no ambiente profissional. Ela diz que a Ovoterapia foi sua salvação para encarar o trabalho com mais leveza e se sentir bem no fim do dia.
  • Algumas de minhas alunas também são instruídas a usar o ovo quando vão para um encontro amoroso, ou quando saem no intuito de paquerar ou chamar a atenção, pois qualquer mineral coloca você mais em conexão com sua essência. Isso intensifica o brilho, o magnetismo e as virtudes que já são suas. Com o ovo dentro da pessoa, a impressão que tenho é que ela se sente mais segura de si.

Use sua criatividade na forma como vai usar o seu ovo e perceba se é preciso usá-lo mais vezes, por mais horas ou menos tempo. O instrumento pode ser encontrado em lojas virtuais.

As fotos das pedras usadas neste conteúdo são das lojas Anna Luz Designer e Arte-mísia.

Atendimento com a autora

Roberta Struzani, fisioterapeuta ginecológica e autora do artigo, realiza atendimentos em SP e em algumas cidades do Brasil para ajudar mulheres a se livrarem de bloqueios, por meio da Ovoterapia Íntima. Para mais informações, mande um email para: fisioterapia.roberta@gmail.com ou uma mensagem por Whatsapp: (11) 98604-7261

Roberta Struzani

Roberta Struzani

Terapeuta especializada em sexualidade e saúde ginecológica. Realiza atendimentos presenciais e online focados no autoconhecimento, na elevação da autoestima e na saúde do aparelho reprodutor feminino. Sua principal ferramenta de trabalho é o Pompoarismo.