Leo Chioda
  • Por Leo Chioda
  • Leia em 2 min.
  • 04/01/2016
  • Atualizado em 25/07/2018 às 16:58

Nove de Espadas: o pesadelo do Tarot

Carta sugere ansiedade, preocupação e insônia

Nove de Espadas: o pesadelo do Tarot

O Nove de Espadas é o nosso pior pesadelo. O arcano do Tarot que corresponde aos sonhos mais cruéis. É comum estar associado a pessoas com insônia ou mesmo a quem dorme mal. A carta dos terrores noturnos devido a preocupações excessivas. Símbolo da depressão, da ansiedade que corrompe o bem-estar. E até mesmo nos coloca em dúvida sobre o que podemos fazer e sobre quem somos.

Sendo uma carta que geralmente assusta a maioria dos que a sorteia em uma análise, pode-se dizer que ela é um espelho no escuro: aponta aquilo que não temos tanta coragem de tentar enxergar devido à falta de clareza. Nos tira o chão.

Desespero, desgraça e preocupação são alguns dos seus piores atributos. Geralmente surge em um jogo quando a pessoa tem definido um desejo ou projeto impossível de ser concretizado, devido a diversos fatores, como estrutura emocional e recursos financeiros.

Geralmente surge em um jogo quando a pessoa tem definido um desejo ou projeto impossível de ser concretizado, devido a diversos fatores, como estrutura emocional e recursos financeiros.

Em alguns casos, denota negligência com assuntos ou mesmo valores considerados secundários, mas que são, na verdade, indispensáveis para que haja sucesso em alguma empreitada.

Os erros que se repetem

Um comportamento ilustrado pelo Nove de Espadas é o da pessoa aflita, nervosa e com a cabeça afundada em preocupações. É o desespero, outro fator determinante para que este arcano surja em uma leitura, que faz com que a pessoa se debata diante de problemas que não consegue administrar ou que considera grandes demais para resolver por si própria.

Temos, então, um arcano que denota vaidade, preguiça, mimo e mesmo vitimização. É também a carta de quem insiste nos próprios erros, resultando num estado cada vez mais pessimista.

E é justamente essa a conduta de quem mais sofre: repetir o discurso de que o mundo é injusto e que nada de bom lhe acontece.

O que vem depois da noite escura?

O Nove de Espadas indica sofrimento que vem se arrastando por um tempo ou, enquanto tendência, situações complicadas que podem tirar o sono. O importante a ser reconhecido é o medo de encarar a verdade: não há ninguém culpado por prejuízos e fracassos, a não ser a própria pessoa que mais está sofrendo.

Arcano aconselha mudanças radicais

Se este arcano emergiu em alguma de suas análises, uma postura radical merece ser adotada. Sacudir a poeira e dar a volta por cima pode parecer impossível, mas com o passar do tempo é exatamente essa a atitude que você terá de tomar para que algo possa mudar consistentemente. Nada vai mudar por acaso. Aceite os desafios que já existem e os que podem surgir para que você se fortaleça ainda mais e se orgulhe de ser quem é.

Temos medo de nos refletirmos na escuridão, pois somos nós que alimentamos toda e qualquer confusão, aumentando o perigo daquilo que julgamos impossível de ser administrado.

Por isso que a partir de uma postura de aceitação das responsabilidades pode ser o começo de mudanças favoráveis ao que se mostra nebuloso. Depois da noite escura, há o dia. Uma nova oportunidade para encarar os desafios e resolvê-los com pé no chão e cabeça erguida.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Leo Chioda

Leo Chioda

É escritor e tarólogo. Dedica-se a palestras sobre Tarot, pesquisas históricas e prática da leitura das cartas. É também autor do Tarot Direto e Tarot Mensal do Personare. Saiba mais