Marcelo Anselmo
Por Marcelo AnselmoLeia em 3 min.04/06/2018 

Mindfulness para amenizar pressões da vida diária

Atenção plena aumenta flexibilidade para lidar com desafios da rotina

Trânsito, contas a pagar, necessidade de ganhar dinheiro, pressão por resultados. São situações comuns no cotidiano, mas que podem desencadear preocupações e desgaste energético mental e físico.

Em meu estudo do estresse humano, denominei estas ações de PVDs – Pressões da Vida Diária. São aspectos que ocorrem diariamente, com os quais aprendemos a lidar.  No entanto, por vezes estes mesmos aspectos podem se tornar “rivais surpreendentes”, aparecendo repentinamente, arruinando com nosso dia e trazendo impactos negativos.

Pressões diárias impactam nosso desempenho

Este panorama dos impactos abre espaço para falarmos sobre outra sigla, o DVD – Desempenho da Vida Diária, que denota a capacidade humana em executar tarefas. Perceba que, quando estamos desequilibrados a partir das PVDs, fatalmente, nosso DVD cai. Aprofundando mais este contexto, estes estressores diários reduzem nossa performance e produtividade. Alguns exemplos:

  • Redução da velocidade dos processos mnemônicos (memória mais lenta);
  • Menor tolerância à frustrações e/ ou contrariedades;
  • Diminuição da capacidade criativa, pensamento sistêmico e visão analítica;
  • Aumento de carga psicossomática (geração de micro-tensionamentos musculares que somados geram grande desconforto físico, principalmente nos ombros, coluna cervical e pernas.

Mindfulness para lidar com pressões da vida diária

Hábitos que podemos cultivar – de forma prática e com baixo investimento de tempo, energia e dinheiro- são capazes de gerar efeitos duradouros no equilíbrio humano,  proporcionando uma otimização do nosso desempenho diário.

Um desses hábitos é o Mindfulness (Meditação da Atenção Plena), que enfoca a atenção ao momento presente. Dentre diversos efeitos benéficos desta técnica, destaco:

  • Aumento de imunidade”: praticantes de Mindfulness são menos suscetíveis aos ataques de invasores (vírus, bactérias), pois suas células NK (Natural Killers, isto é, as células defensoras do organismo) funcionam de modo mais eficaz, protegendo o corpo de forma mais rápida e inteligente;
  • “SilencioTerapia”: a prática do Mindfulness permite um momento de contato consigo, favorecendo esta interiorização e quietude, capaz de reduzir a frequência de ondas cerebrais e diminuir o número de inputs (estímulos) sensoriais que chegam ao cérebro. Com menos estímulos chegando à mente, temos uma sensação de leveza e esvaziamento mental;
  • “Flexibilidade emocional”: com a prática continuada percebemos que tornamos mais resilientes, isto é, mais adaptáveis às circunstâncias cotidianas. Conseguimos ter uma regulação melhor das áreas do cérebro responsáveis pela reatividade humana (ínsula, amígdala e tálamo), fazendo com que não tenhamos desgastes ou contrariedades a partir de situações que estão acima das nossas forças.

Ouça o áudio abaixo e descubra a experiência de Mindfulness:

Marcelo Anselmo

Marcelo Anselmo

Fisioterapeuta e Professor de Educação Física; Mestre em Educação; MBA em Marketing; Especialista em Gerontologia; Certificado em Gerenciamento de Estresse; Especialista em Mindfulness e Mindful Eating. Contato: marcelo@plenitudebemestar.com.br