Equipe Personare
Por Equipe PersonareLeia em 3 min.31/10/2016 

Horóscopo: o que é, quando surgiu e como funciona?

Horóscopo significa "Mapa da Hora" e reflete a posição dos planetas do zodíaco em um dado momento. Saiba mais | Glossário Personare

Orloj, o relógio astronômico medieval localizado em Praga, na República Tcheca (Imagem: Foter)

O horóscopo é um mapa que reflete as posições exatas dos planetas do zodíaco em um determinado momento. A partir dele, podem ser feitos diversos tipos de análises simbólicas, que fornecem informações sobre a personalidade de uma pessoa, acontecimentos e tendências. De origem grega, significa “ver a hora” ou “espelho da hora”.

Nos dias de hoje, é muito comum pensar em horóscopos como sendo a seção de Astrologia de alguns jornais, mas as interpretações encontradas ali são apenas um pedaço do verdadeiro horóscopo, que é estudado a partir do Mapa Astral de nascimento.

ORIGEM

O hábito de consultar o horóscopo é tão remoto quanto a própria Astrologia. Na Antiguidade, as mais diversas civilizações olhavam para o céu, buscando correlações entre os eventos celestes e terrestres. A partir da observação regular do movimento dos astros e estrelas, fizeram importantes descobertas como as estações do ano, o calendário e o tamanho da Terra, entre outras.

Os mesopotâmicos foram os primeiros a acreditar que os astros poderiam também anunciar o tempo em que ocorreriam determinados eventos na Terra, relacionados à vida do ser humano. Início ou fim de uma guerra e nascimento ou morte de reis são alguns exemplos de acontecimentos que eram previstos na época.Início ou fim de uma guerra e nascimento ou morte de reis são alguns exemplos de acontecimentos que eram previstos na época.

Essa análise era baseada na experimentação e no registro da posição que os astros ocupavam no céu enquanto esses eventos ocorriam.

Tornou-se comum, então, a construção do horóscopo, que é o Mapa da Hora. Inicialmente, ele era feito somente para reis e depois os gregos começaram a comercializá-lo. Já no século XVIII, os jornais britânicos popularizaram esse conhecimento, fazendo os horóscopos de jornal, como nós conhecemos hoje.

COMO FUNCIONA?

No momento em que uma pessoa nasce, os astros ocupam uma determinada posição no céu. Esse retrato do céu é registrado no Mapa Astral de nascimento, também conhecido como Carta Natal – uma das principais ferramentas astrológicas.

No entanto, os planetas continuam a se movimentar, girando constantemente ao redor do Sol. Esse movimento cíclico faz com que eles formem aspectos no Mapa Astral de nascimento de uma pessoa, originando os chamados ciclos ou trânsitos astrológicos.

Horóscopo Personalizado nada mais é do que a comparação entre a posição dos planetas do Mapa Astral de uma pessoa com o céu do dia analisado, também conhecido como Mapa do Céu.

A correlação entre o Mapa Astral e o Mapa do Céu permite a análise de uma série de fatores, entre eles:

  • Os ângulos formados entre os planetas, que formam os aspectos astrológicos;
  • A posição dos planetas em relação às casas astrológicas;
  • A posição de cada planeta em relação aos signos do zodíaco.

A partir desses pontos, é possível observar eventos e tendências que podem ajudar uma pessoa a entender os momentos pelos quais está passando.

As mais diversas civilizações consultavam horóscopos e cada uma delas construiu os seus próprios, de acordo com as particularidades de suas crenças. São eles:

Horóscopo Ocidental – é composto por 12 signos que representam as características dos elementos da natureza: Fogo (ÁriesLeão e Sagitário), Terra (TouroVirgem e Capricórnio), Ar (GêmeosLibra e Aquário) e Água (CâncerEscorpião e Peixes).

Horóscopo Asteca – é baseado nas posições do Sol e da Lua. Possui 20 signos que são representados por animais, vegetais e símbolos sagrados. São eles: Cipactli (crocodilo), Ehecatl (vento), Calli (casa), Cuetzpallin (lagarto), Coatl (serpente), Miquiztli (morte), Mazatl (veado), Tochtli (coelho), Atl (água), Itzcuintli (cão), Ozomahtli (macaco), Malinalli (corda), Acatl (cana), Ocelotl (jaguar), Cuauhtli (águia), Cozcacuauhtli (abutre), Ollin (terremoto), Tecpatl (faca), Quiahuitl (chuva) e Xochitl (flor).

Signos agrupados em um exemplo de calendário asteca (Imagem: Foter)

Horóscopo Egípcio – é baseado no calendário egípcio e composto por 12 signos. Cada um deles corresponde a um mês do ano regido por um deus específico. São eles: Rã (o deus Sol), Neit (a deusa da Caça), Maat, (a deusa da Verdade), Osíris (a deus da Renovação), Hathor (deusa do Amor e da Adivinhação), Anúbis (o guardião dos Mortos), Bastet (a deusa Gata), Tuéris (a deusa da Fertilidade), Sekemet (a deusa Leoa), Ptah (o criador Universal), Toth (o inventor da Escrita) e Ísis (a mãe Cósmica).

Estátua do deus Anúbis, um dos 12 signos egípcios (Imagem: Foter)
Horóscopo Chinês – É baseado no calendário lunar chinês e composto por 12 signos representados por animais e equivalentes a cada um dos meses do ano. São eles: Rato, Boi, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Carneiro, Carneiro, Galo, Cão e Porco.
Mosaico de signos do horóscopo chinês (Imagem: Foter)

CURIOSIDADES

O Horóscopo que é geralmente lido em sites, revistas e jornais é chamado de Horóscopo Solar. Ele considera somente o signo em que o Sol está no seu mapa de nascimento e ignora as posições dos demais astros e das casas astrológicas.O Horóscopo que é geralmente lido em sites, revistas e jornais é chamado de Horóscopo Solar. Ele considera somente o signo em que o Sol está no seu mapa de nascimento e ignora as posições dos demais astros e das casas astrológicas.

Conforme visto acima, o Horóscopo concebido originalmente é aquele baseado na hora de nascimento de uma pessoa. Isso quer dizer que o Horóscopo de jornal está errado? Não. Porém, ele é a análise mais genérica das tendências de um dado momento. Para que uma pessoa observe o movimento dos astros no Mapa Astral e saiba qual a relação deles com o momento atual dela, é preciso analisar os trânsitos astrológicos pessoais. E isso só pode ser feito por meio de um Horóscopo Personalizado.

NOSSOS ESPECIALISTAS

– Alexey Dodsworth é astrólogo há quase 30 anos, membro da MENSA, autor das análises de AstrologiaTarot e Runas do Personare e cursa doutorado em Filosofia e Ética em Veneza.
– Vanessa Tuleski é astróloga e realiza consultas astrológico-terapêuticas, pessoais ou à distância.
– Maria Eugênia de Castro, astróloga, também é fundadora e presidente da Sociedade de Astrologia do Rio de Janeiro.
– Clarissa de Franco é psicóloga e atua na temática da morte (perdas, luto e suicídio) e no debate entre religião e ciência, passando por temas como ateísmo e Astrologia.
– Marcia Fervienza é astróloga há mais de 15 anos, membro da American Federation of Astrologers e colaboradora em Astrologia para diversas revistas.
– Giane Portal é astróloga especializada em análise de relacionamentos, o que utiliza em seus atendimentos astrológicos. Faz parte do Conselho Deliberativo da Central Nacional de Astrologia.

 

Equipe Personare

Equipe Personare

Nós, da equipe Personare, também estamos em um processo constante de conhecimento sobre nós mesmos, sobre o mundo e sobre as relações humanas.