Equipe Personare
  • Por Equipe Personare
  • Leia em 8 min.
  • 10/12/2014
  • Atualizado em 10/12/2014 às 12:17

Depoimento: como escolher a melhor creche ou escola?

Blogueira compartilha sua experiência e oferece dicas para responsáveis

Blogueira compartilha sua experiência e oferece dicas para responsáveis

Depoimento: como escolher a melhor creche ou escola?

A escolha da escola ou creche de um filho é sempre uma difícil decisão. Pensando nisso, a autora do Blog Dicas Pais e Filhos, Gabriella Brandão, dá dicas para que essa experiência seja o mais bem-sucedida possível. Confira abaixo o depoimento da blogueira.

“Cada família tem o seu processo de escolha de uma creche ou escola, assim como os requisitos a serem atendidos. Mas uma coisa é quase sempre unanimidade: essa busca gera angústia e muitas dúvidas. Afinal de contas, entregar seu filho a uma instituição é uma tarefa um tanto complicada.

Os critérios que devem fazer do processo de escolha precisam ser definidos entre os pais antes mesmo da primeira visita. Até porque, as visitas normalmente são rápidas e os pais devem utilizar o tempo da maneira mais otimizada, com o intuito de obter a maior quantidade de informações.

A ideia é que os responsáveis já visitem as escolas com um “checklist” na mão, para ter certeza de que nenhum dos critérios a ser observado passou despercebido.

A ideia é que os responsáveis já visitem as escolas com um “checklist” na mão, para ter certeza de que nenhum dos critérios a ser observado passou despercebido.

Quando fui visitar as escolas para os meus filhos, por exemplo, já ia com a planilha na mão para ser bem objetiva nas perguntas. É super importante perguntar quantas crianças têm em cada sala, além do número de professores, auxiliares e psicopedagogos; proposta pedagógica da instituição; como a escola lida com a criatividade das crianças; como são os “feedbacks” com as famílias e muitos outros questionamentos. A minha lista era imensa. Confesso que algumas escolas não responderam todas as minhas dúvidas, mas pelo menos as mais importantes foram esclarecidas.

É importante observar que haja coerência entre a proposta da escola e a educação recebida em casa, afinal de contas a criança precisa se sentir segura e a educação tem que ser coerente. Em muitos lugares a procura por escolas bilíngues tem crescido a cada ano, mas lembre-se sempre de analisar se a cultura dessas escolas é parecida com a sua, caso contrário, pode gerar um choque no seu filho.

Por fim, ressalto que é importante conversar com outros pais, tanto os que amam o colégio que você visitou, quanto os que tiveram problemas e até chegaram a tirar os filhos de lá. Essas informações podem ser bem valiosas”.

Para continuar refletindo sobre o tema

Ser brilhante na escola não é sinônimo de sucesso na vida

Adaptação escolar sem mistério

Acerte ao escolher a escola

Volta às aulas com consciência

Olá, essa matéria foi útil para você?
Equipe Personare

Equipe Personare

Nós, da equipe Personare, também estamos em um processo constante de conhecimento sobre nós mesmos, sobre o mundo e sobre as relações humanas. Saiba mais