Equipe Personare
  • Por Equipe Personare
  • Leia em 3 min.
  • 27/07/2018
  • Atualizado em 19/11/2018 às 18:59

Congresso de Felicidade 2018: entender para sentir

Terceira edição do evento acontece em Curitiba no mês de novembro

Congresso de Felicidade 2018: entender para sentir

Você já se perguntou alguma vez sobre o que é felicidade? Caso já o tenha feito, conseguiu encontrar alguma resposta objetiva? Foi nesse contexto de entender o que está por trás do sentimento que surgiu o Congresso de Felicidade, em 2016. Pelo terceiro ano consecutivo, o evento reunirá em Curitiba grandes estudiosos brasileiros e estrangeiros. O tema felicidade será debatido sob os pontos de vista científico, artístico, filosófico, educacional, espiritual e profissional.

“A ideia era fazer um evento em que pessoas que não estão acostumadas à linguagem da meditação, por exemplo, pudessem participar. Por isso precisava ser um evento grande, com nomes bem conhecidos, para abordar a felicidade, que é um dos caminhos para o autoconhecimento”, explica Gustavo Arns, idealizador do III Congresso Internacional de Felicidade.

Ele conta ainda que, para que o evento não seja algo abstrato, e consiga gerar identificação e reflexão no público, é preciso que as palestras abordem temáticas que se encaixem dentro da realidade: falar de educação, nutrição, programação neurolinguística, coaching, economia criativa, arte, entre outros assuntos com os quais as pessoas tenham familiaridade.

Por onde começar a procurar a felicidade?

Em 2018, o Congresso chega à sua terceira edição em um novo local. Entre os dias 3 e 4 de novembro, o ExpoRenault do Parque Barigui, em Curitiba, será palco de diversas palestras que ajudarão as pessoas a refletir sobre formas simples de chegar cada vez mais perto de estarem satisfeitas com elas mesmas.

“A verdade é que todos buscamos a felicidade, mas não fazemos ideia por onde começar a procurá-la”, avalia Gustavo. Ele fala ainda que muitas pessoas têm um conceito errado do que é felicidade. Por esse motivo acabam acreditando que as celebridades, por exemplo, estão sempre felizes. Mas a verdade é que muitas vezes elas não estão realmente bem.

Para ajudar na reflexão sobre o tema, todos os detalhes são pensados cuidadosamente. Da organização do espaço, que deve passar uma mensagem intimista, até a curadoria dos congressistas, tudo é bem avaliado pelos organizadores. Segundo Gustavo, os palestrantes ainda acabam criando conexões que se estendem até depois do evento. “Os relatos que escutamos das transformações que acontecem são muito positivos. As pessoas fazem amigos e parcerias durante o Congresso”, revela.  

“A Ciência da Felicidade”: curso mais concorrido da Universidade de Harvard

Entre os nomes confirmados, está Tal Ben Shahar,  phD em psicologia positiva e professor do curso “A Ciência da Felicidade”, o mais concorrido da Universidade de Harvard. Ele é ainda autor de diversos livros que se tornaram best sellers e palestrante em diversas empresas, no meio acadêmico e para o público geral.

Integrando o time de palestrantes vem Leandro Karnal, doutor pela USP e professor da Unicamp. Autor de algumas das obras mais vendidas no Brasil, como “Conversas com um jovem professor” e “Diálogos de culturas”, ele é reconhecido como um dos maiores formadores de opinião no país.

Uma das novidades desta edição é a jornalista e ex-consulesa da França Alexandra Loras, embaixadora da “AfroeducAção”, do “PlanoDeMenina.com.br”, do “Meias do Bem” e do programa “Raízes” do Museu Afro Brasil, além de ser fundadora do Fórum Protagonismo Feminino. Suas palestras têm o intuito de apontar pontos inconscientes na sociedade dentro do contexto da diversidade.

Gustavo Arns, organizador do evento, no Congresso de 2017

Além de todas as palestras, paralelamente ao Congresso, acontecerá o III Festival da Felicidade, no mesmo Parque de Barigui. Totalmente gratuito e aberto a toda a população, tem o objetivo de levar às pessoas artes, música, mantras, meditação, yoga, teatros, palestras, lançamento de livros e sessões de autógrafos, e uma praça de alimentação.

Ainda que a programação completa não tenha sido revelada, alguns nomes de peso já foram confirmados. Confira a seguir.

  • Tal Ben Shahar – Professor da aula mais concorrida de Harvard, PhD em psicologia positiva;
  • Alexandra Loras – Jornalista e ex-consulesa da França, consultora e palestrante. É embaixadora da “AfroeducAção”, do “PlanoDeMenina.com.br”, do “Meias do Bem” e fundadora do Fórum Protagonismo Feminino;
  • Gustavo Tanaka – Influenciador digital, autor dos livros 11 Dias de Despertar e Depois do Despertar, três vezes palestrante TEDx .Em 2016, entrou para a lista dos 15 brasileiros mais influentes do Linkedin no prêmio Top Voices;
  • Jorge Trevisol – Filósofo, teólogo e psicólogo, sensação do Congresso de Felicidade em 2017;
  • Marcio Balas – Palhaço, improvisador, apresentador e diretor. Apresentou-se com os “Palhaços Sem Fronteiras” franceses na África e em campos de refugiados durante a guerra do Kosovo;
  • Thiago Berto – Diretor da Fundação AyniEducação e Sustentabilidade;
  • Bruna Lombardi – Atriz, poeta, escritora, roteirista, produtora e criadora do programa Rede de Felicidade;
  • Leandro Karnal –  Professor, escritor e historiador brasileiro;
  • Cristiane Arns – Doutora em educação pela Universidade de Fribourg (Suíça);
  • Michelle Taminato – Consultora de gestão e Co-fundadora do Collabsoul;
  • Aline Castro – Jornalista, viajante, empoderadora e facilitadora de travessias. É master coach e mentora, professora de MBAs da FGV, especialista em desenvolvimento humano de gestores;
  • Vânia Lucia Slaviero –  Presidente do Instituto Educacional de Bem Com a Vida.
Olá, essa matéria foi útil para você?
Equipe Personare

Equipe Personare

Nós, da equipe Personare, também estamos em um processo constante de conhecimento sobre nós mesmos, sobre o mundo e sobre as relações humanas. Saiba mais