Bruna Rafaele
Por Bruna RafaeleLeia em 4 min.22/03/2020 Atualizado em 18/03/2020

Como lidar com recomeços

Descubra se você está pronto para seguir adiante

Gosto muito desta frase: a cada dia, um recomeço. Acredito que há muita verdade nessa aformação porque a cada dia somos uma nova versão de nós mesmos, com novos desafios de acordo com o tempo, de acordo com nossas vontades e de acordo com as relações que tecemos com a vida. Então, lá vem a pergunta: como lidar com recomeços?

Recomeçar nem sempre é algo fácil, mas certamente é uma mudança que vem e fica em nossas vidas. Algumas pessoas sentem preguiça de pensar em novos horizontes, em novas maneiras de ser, de agir e de pensar e nem mesmo se percebem como seres em constante mutação e isso é saudável – a mudança faz parte da vida, nada é fixo, tudo precisa fluir de nós.

Ao pensar sobre recomeços, penso em como eles podem vir cheios de dores, de apego ao que passou. Em como eles podem nos fazer colocar na balança os prós e os contras de mudar, de abrir mão da melancolia em torno do ciclo encerrado.

Recomeços nos fazem pensar em nossas verdadeiras capacidades de lidar com o desconhecido, nos deixando de frente com o medo que temos de tudo o que ainda não vivemos.

Escolher recomeçar requer o entendimento que somos seres livres de amarras e que nem sempre o caminho é uma linha reta. A vida nos ensina que não há um caminho só e podemos perceber como ela é uma transgressora e livre, assim como o tempo traçando marcas de expressão em nossos rostos.

Saber viver é saber recomeçar

Viver pode ser muito mais surpreendente que nossa série favorita! Nos faz ter curiosidade e ímpeto de aproveitar cada minuto de nossa trajetória com intensidade, com garra e repletos de sonhos. Sim, os sonhos são extremamente importantes para nos sentirmos vivos.

Sabia que quem não sonha não vive? Sonhar é desejar, é querer ir além do ponto em que se está, é ter asas e sair voando nos pensamentos para poder um dia, talvez através de um novo recomeço, colocar na prática o que tanto sonhou.

Viver é entender que em cada fase da vida há alegrias e  também perdas e ganhos. Se desvencilhar do que um dia foi bom, mas hoje não é mais possível, faz parte do processo. Às vezes, passamos muito tempo da vida lamentando o que não deu certo e não percebemos que isso nos faz parar no tempo, sem ir em busca de algo melhor.

Às vezes, uma doença emocional faz congelar por dentro nossos sonhos, mas o mais importante é buscar a chave da porta onde nossos sonhos mais profundos estão guardados e deixá-la sempre aberta!

Aprenda a lidar com recomeços

Se você quer mudar algo em você ou já mudou e não está conseguindo lidar com isso, busque ajuda profissional. Técnicas da Psicanálise podem ajudar questões emocionais que atrapalham sua sensação de bem-estar.

Não é preciso sofrer calado com mudanças que não trazem satisfação, com desconfortos que seu corpo e sua mente acumulam. Para passar por esse processo, você pode contar comigo através das minhas sessões. 

Bruna Rafaele

Bruna Rafaele

Psicanalista, especialista em Saúde Mental. Faz atendimentos presenciais no Rio de Janeiro e consultas online no Personare.