Alta tensão abaixa a atenção

6 dicas para harmonizar momentos de tensão e ter mais atenção no cotidiano

Alta tensão abaixa a atenção

Muitas vezes vivemos dentro de uma fôrma tão rígida que acabamos sentindo uma pressão muito grande. Quando isso acontece somos levados a um momento de alta tensão que acaba diminuindo nossa atenção, o que pode gerar sensações desagradáveis como a angústia, o nervoso e o estresse ao estar sob pressão.

Ouvi a expressão “alta tensão abaixa a atenção” há ano de uma psicoterapeuta. Desde então, esta frase está presente na minha vida. Realmente constato no meu dia-a-dia quando a tensão está grande minha atenção diminui.

Esqueço compromissos, me atrapalho com outros e tudo vira uma bagunça. É o sinal de que estou extrapolando os meus limites. Preciso rever a minha rotina e ver como posso entrar no eixo novamente. E para você como é quando se sente pressionado? Sua atenção continua a mesma?

Como identificar que algo está fora do controle

Quando a atenção está baixa podemos cometer pequenos e grandes deslizes na vida. Errar caminhos que podem nos levar para locais perigosos, esquecer a chama do fogão aceso e sair de casa, esquecer de apertar um botão importante num maquinário no local de trabalho, esquecer de buscar o filho numa atividade regular etc.

Frases chaves servem como sinalizadores mentais que no painel de controle da gestão das emoções e da vida estou extrapolando meus limites e fronteiras. Tais como:

– Não aguento mais!

– Não encontro mais nada!

– Me atrasei de novo!

– Está tudo uma bagunça!

Mihaly Csikszentmihalyi, psicólogo húngaro, desenvolveu a teoria do flow – em português, fluir. É um estado mental de foco e êxtase quando se está fazendo algo que você fica entregue e feliz.

Quando está fora desse fluxo, pode ir de um extremo que vai do tédio – quando a capacidade de ação não encontra desafios a altura, ao outro extremo que pode gerar ansiedade – quando os desafios da vida extrapolam a capacidade de ação.

Quando a pessoa está na harmonia do fluxo, encontra-se em seu pleno potencial. Fazendo o que gosta. O tempo não existe. Tensão zero ou quase zerada e atenção plena. Claro que essa faixa de pleno fluir não acontece o tempo todo. Nossas ações fluem de acordo com os desafios da vida.

Quando os instantes de alta tensão acontecem, em momentos tais que a pressão de cobrança é tão grande que você sente que deve fazer algo e não consegue, pode utilizar uma frase como um sinalizador da situação, por exemplo:

Quando não me expresso, eu me estresso.

Ao se recolher, por vergonha ou tolhimento alheio, a tendência é aumentar a tensão e novamente a atenção ser prejudicada, gerando pensamentos que insinuam para si mesmo que não realiza bem suas tarefas, depreciando a si mesmo. Gera novamente a roda viva do: “quanto mais tensão, menor é a atenção”.

Sua mente não consegue ficar no aqui e agora. A atenção fica vaga e flutua no ar. O foco foge e o desespero e angústia tomam seu lugar. Confirmando a sua condenação mental de se sentir incapaz ou ineficaz.

Como harmonizar momentos de tensão e falta de atenção

Quando a tensão aumentar, você pode utilizar os mecanismos abaixo para relaxar:

Meditação: toda prática trabalha o foco e atenção. Pode ajudar a equalizar a alta tensão. À medida que o corpo relaxa, a respiração volta ao normal, a atenção também retorna e a harmonia entra no patamar ideal.

Respiração consciente: quando você realiza uma respiração calma e consciente, principalmente nos momentos que podem gerar estresse, dificilmente a tensão irá crescer. E se isso acontecer é só retomar o ritmo da respiração que a atenção volta.

Exercícios físicos: mesmo que seja apenas uma caminhada, ajudam a aliviar a tensão do corpo. Se for por um lugar agradável, ajuda a aliviar a mente. Dançar também é uma alternativa relaxante, assim como a natação, um ótimo exercício para o trato respiratório, além da água naturalmente relaxar. Quando o ritmo é lento, a tendência é ficar mais calmo.

– Imagem positiva: ter em mente uma imagem relaxante pode ajudar quando se sentir tenso, é só recordar essa imagem. Ela pode mudar de tempos em tempos. Você pode inclusive imprimir uma figura que represente essa ideia e deixá-la bem à vista. Seja de uma praia, montanha ou local que te deixa feliz.

Mantra pessoal: utilizar uma frase que seja um mantra pessoal para retomar a atenção e agir de forma positiva e eficaz. Por exemplo: “respira e se inspira” ou “respirar devagar para me acalmar” ou “volto ao meu centro e me concentro”. Frases rimadas são fáceis de gravar. Crie a sua da forma que achar melhor.

– Tempo pessoal: reservar um tempo para organizar seus espaços para que a energia flua e não sinta pressão para arrumar e encontrar as coisas. Caso não consiga sozinho peça ajuda a um amigo ou contrate um especialista. Não ocupe sua mente em algo que aumente sua tensão numa ação que você pode delegar ou tornar o processo mais agradável, mudando o ponto de vista da situação.

Relaxar muitas vezes é soltar as rédeas de controle. Saber quando ter autoridade, delegar o que não precisa fazer e deixar fluir.

Existem momentos na vida que a tensão pode ser apenas passageira. Períodos de provas ou de fechamento de negócios, por exemplo. O sinal de alerta deve ser ligado caso a tensão seja constante. Pois não só sua atenção será prejudicada, como sua saúde física, mental e emocional também.

Tire o pé do acelerador da vida. Siga as sugestões acima e é bem provável que sua tensão diminua e a atenção aumente.

  • Meditação guiada:

“Nesse momento minha atenção

Está na minha respiração

Ar entra

Ar sai

Ar entra bem devagar

Ar sai calmamente

A tensão se desmancha

Minha mente deslancha

E a tensão se amansa

Eu estou no aqui e agora

Minha felicidade

Está no ato de viver

Minha alegria está no fato

De estar vivendo este intento

Os caminhos se abrem

E estou em harmonia no fluxo da vida

Assim volto ao meu centro e me concentro

E a paz reina neste momento”

Olá, essa matéria foi útil para você?
Andrea Leandro

Andrea Leandro

Profissional certificada pelo Selo Casa Saudável, administradora e consultora em Harmonização de Espaços. Utiliza em seu trabalho técnicas como Geobiologia, Feng Shui, Reiki, Lótus Sagrada e Florais. Saiba mais