À procura de um novo amor ou ainda não é o momento?

Reflexões para entender o que você realmente espera do próximo relacionamento

À procura de um novo amor ou ainda não é o momento?

Você já se perguntou como anda o seu nível de interesse em deixar outra pessoa entrar na sua vida? Você já encerrou seu relacionamento anterior? Mas encerrou de verdade, fisicamente e emocionalmente, dentro de você? Se está à procura de um novo amor é preciso refletir sobre esses pontos.

Vamos analisar o seu jeito de se relacionar. Você é uma daquelas pessoas que não entendem o porquê ficam sozinhas por muito tempo antes de se interessar por alguém ou é do tipo que engata um relacionamento logo após o outro? Independentemente do seu comportamento, esse texto vai ajudar a entender se você realmente está disposto a amar novamente. Vamos lá?

Tem gente que diz que o mais aconselhável para curar feridas de um amor anterior é um novo amor. Mas será mesmo que o melhor remédio emocional é sair de um relacionamento para outro, sem olhar para dentro e ver o que estava ou ainda está desajustado e, além disso, descobrir qual foi a lição que o relacionamento anterior trouxe para você, e entender os motivos que levaram ao seu fim?

QUANDO UM NOVO AMOR É PARA NÃO FICAR SOZINHO

Quem termina uma relação e logo está à procura de um novo amor geralmente é uma pessoa que sente um vazio muito grande e não suporta sentir uma solidão profunda, dolorida e amarga. É conviver consigo mesmo, mas sem querer enxergar os próprios defeitos. Muitas vezes, essas pessoas estampam um sorriso no rosto, querem expor uma suposta felicidade para quem está ao seu redor. No entanto, amigos e familiares podem enxergar que essa nova relação está apenas preenchendo um espaço que permanece vazio – sem amor próprio, muito menos amor por outra pessoa.

PESSOAS QUE ABSORVEM MELHOR O FIM DO AMOR

Mas existe também o tipo de pessoa que realmente é desapegada de sofrimento, que não fica por muito tempo no luto do relacionamento anterior. Ela viveu intensamente a relação enquanto durou e passou rapidamente pelo processo do término do amor. Essa pessoa muitas vezes olhou para dentro, aceitou o que vivenciou como ensinamento e se sente livre para virar a página e partir para um novo amor, convicta de que não está buscando um paliativo para a dor sofrida pelo fim de um relacionamento.

NÃO TEM HORA CERTA PARA AMAR NOVAMENTE

Também pode ocorrer de uma pessoa de repente se encantar por outra, sem ter se preparado para amar alguém Como controlar isso? Bom, não se controla algo que vai te fazer bem, não é verdade? Então, nesse momento, o ideal é deixar o sentimento fluir entre vocês.

QUANDO É IMPORTANTE PARA A PESSOA FICAR SÓ POR UM TEMPO

Mas e quando acontece de você querer passar um tempo sozinho/a porque não quer trocar um sentimento, não quer ter a companhia de alguém por um período porque você quer fazer um balanço interior, avaliar e reavaliar suas atitudes dentro do relacionamento passado, inclusive entender o que passou de bom e de ruim na relação anterior? Enfim, você quer ter um tempo para si mesmo/a para curar a dor do término e viver o luto para se conhecer melhor.

Essa fase não precisa ser um momento cheio de tristeza e arrependimentos, mas pode ser um período em que a pessoa quer curtir uma fase solteira, com os amigos, descobrir novos lugares, novas pessoas e novos prazeres como um novo estudo, um novo hobby ou praticar um novo esporte ou dieta.

Esse período pode ser cheio de grandes descobertas sobre si e, muitas vezes, quem olha de fora pode achar que a pessoa está sofrendo. Mas repito: nem sempre é sofrimento, pode ser uma sensação de alegria causada pela liberdade de estar mais uma vez aberto/a para ter mais tempo para si.

E COMO SABER SE VOCÊ ESTÁ ABERTO/A PARA UM NOVO AMOR?

Não há uma regra, mas para saber se você realmente está de peito aberto para um novo relacionamento é importante analisar alguns pontos no seu comportamento e no que você espera com o seu próximo amor. Para descobrir, responda sinceramente às perguntas abaixo:

  • Por que você quer ter um relacionamento novo?
  • O que você espera desse novo relacionamento?
  • Qual pode ser o maior desafio para enfrentar no próximo relacionamento?
  • Você sente de verdade que não quer voltar com o par anterior?
  • Você já se sente capaz de compartilhar amor com outra pessoa?
  • Você acredita que sua relação anterior trouxe muito aprendizado e você não quer repetir os mesmos erros que podem ter causado o fim de seus outros relacionamentos?
  • Você acha que dá para conciliar seu ritmo de vida atual com um novo amor?
  • Você realmente está disposto/a para que alguém se aproxime de você e permaneça na sua vida?

Depois de refletir sobre essas questões, isso faz sentido para você? Tem gente que não sabe o que escolher para si e vai sendo levado pelo fluxo dos ambientes que frequenta e pelo comportamento das pessoas com as quais convive, porém sem conhecer seus verdadeiros desejos.

Será mesmo que para se sentir feliz é necessário ter alguém do lado para manter um status social? E, afinal, o que é um “status social”? É a vontade dos outros controlando sua maneira de ser e de agir. Mas você acha mesmo que realizar a o que os outros querem vai gerar uma sensação boa na sua vida?

É importante entender que quem não deixa espaço na vida para alguém entrar, certamente está perdendo oportunidades de conhecer novas pessoas interessantes, que podem ter sonhos compatíveis com os seus.

PARA QUEM SE SENTE LIVRE PARA UM NOVO AMOR

Amar é uma atitude que se tem de forma consciente, apesar de o amor despertar de várias maneiras. Mas manter um relacionamento é algo que demanda não só o amor. Principalmente é ter vontade de se comprometer e de se dedicar à relação.

Vivenciar o amor exige de nós disponibilidade não só para ser presente nos momentos bons, mas é necessário focar no relacionamento, dando importância para estar presente inclusive nos momentos difíceis, em que muitas pessoas fogem.

Para  manter um bom relacionamento é fundamental falar o que pensa e o que sente de forma sincera, e ao mesmo tempo saber ouvir o outro, querer o outro do seu lado – mostrando que você faz questão da presença dessa pessoa, porque o “tanto faz” destrói qualquer relação, não é verdade?

Estar aberto/a para um novo amor não é estar pronto/a para largar seus sonhos e sair atrás de alguém porque você acha que ela é capaz de te amar você. Isso é um sinal de falta de amor próprio muito forte. Vemos isso claramente em pessoas que parecem que mudam de personalidade de acordo com o par que está do seu lado, e isso acontece porque a pessoa não se conhece de verdade, não tem a noção dos seus verdadeiros desejos.

Para  manter um bom relacionamento é fundamental falar o que pensa e o que sente de forma sincera, e ao mesmo tempo saber ouvir o outro, querer o outro do seu lado.

Estar com o peito e a mente abertos para um novo amor é não nutrir pensamentos de que essa relação não vai dar certo, é querer entregar de verdade para alguém o melhor sentimento que você pode nutrir.

Para que o outro tenha interesse em te amar, você precisa demonstrar que tem um furo, ou seja, não é autossuficiente em questão de receber amor, além de ter um amor próprio fortalecido.

Então, depois de ler esse artigo, você refletiu sobre sua vida, sobre o que está acontecendo com você neste momento? E o que você acha sobre estar ou não aberto/a para amar novamente? Não é nenhum problema se não é o seu momento ideal para um novo relacionamento. Mas se você descobriu que está já muito disposto a ter um novo amor ao seu lado, então se entregue ao seu desejo!

Bruna Rafaele

Bruna Rafaele

Psicanalista lacaniana, Mentora (FGV) e Mestre em Estudo da Linguagem (PUC-Rio). Atende pessoalmente e online.