6 atitudes para quem quer empreender

Sucesso de um negócio vai além de planejamento e inovação

Atualmente, tenho percebido uma quantidade expressiva de pessoas que querem trabalhar fazendo aquilo que amam e, assim, conquistar uma maneira mais livre e autônoma de viver. Com esse objetivo em mente, muitos enxergam no empreendedorismo um meio de atingi-lo. Mas uma coisa é certa: empreender exige muita energia e dedicação.

Algumas atitudes são essenciais para quem deseja empreender, ou seja, para quem nutre o sonho de ser dono do próprio negócio e quer vê-lo gerar bons frutos. Aqui vão algumas das principais:

Ter iniciativa

Ir em busca de informações e oportunidades, correr riscos calculados, tomar atitude, trabalhar a capacidade de conseguir os recursos que precisa para seguir em frente.

Inovar

Empreender está diretamente ligado a inovar, pois é mais do que só administrar um negócio. É criar! Criar novas maneiras de produzir, divulgar, interagir e gerar novas soluções.

Relacionar-se

Conectar-se, trocar experiências, aprender, ensinar e compartilhar. É importante fazer boas parcerias, onde todos saiam ganhando, e se relacionar constantemente com seus clientes.

Planejar

Ter uma visão de onde se quer chegar, estabelecer metas, traçar o passo a passo e monitorar o andamento. Esse é um ciclo constante na vida de quem quer empreender.

Gerenciar o tempo

Quer ser dono do seu tempo? Lembre-se: liberdade sempre vem junto com responsabilidade.

Administrar bem o tempo, equilibrando vida pessoal e as diversas demandas do seu negócio – isso é o básico.

Promover

Promover seu empreendimento, seus produtos/serviços, promover o que você tem a oferecer. Quando bater aquele frio na barriga, pense: O que você tem a oferecer pode fazer diferença na vida das pessoas? Pode levar benefícios para elas? Então, por que não compartilhar? Promover é fazer acontecer, é deixar que seu serviço/produto chegue ao mundo.

Identificando e desenvolvendo cada habilidade

Agora que você já conhece os passos mais importantes para iniciar e manter um empreendimento, pense em quais você já pratica diariamente e quais precisa adotar e aperfeiçoar. Reflita e avalie:

  • Como está cada uma dessas atitudes em seu cotidiano, hoje?
  • Dê uma nota de 1 a 10 para cada uma delas, no momento atual.
  • Qual está mais em alta? Quais comportamentos seus fazem com que esteja assim?
  • Qual habilidade está mais em baixa? Defina ações concretas para mudar esse quadro, começando com um pequeno passo para aumentar sua conexão com essa habilidade.
  • Proponha, agora mesmo, um plano de ação para você ampliar suas atitudes empreendedoras. Podem ser atividades, desde fazer um curso, entrar em contato com alguém que pode lhe apoiar e ler um livro sobre o tema, até alguma tarefa de organização no cotidiano.

Quer viver fazendo o que você ama através do empreendedorismo? Então tome uma atitude empreendedora e comece a agir!

Juliana Garcia

Juliana Garcia

Escritora, criadora, consultora, psicóloga, psicodramatista. Seu trabalho gira em torno da Autenticidade e da Criatividade. Psicóloga graduada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), pós-graduada em Psicodrama pelo Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno. Cursou formações em Coaching pela Abracoaching e Condor Blanco Internacional. Foi professora do curso de pós-graduação em Psicodrama pelo Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno. Criadora de diversos cursos livres e conteúdos mais livres ainda. Contato: contato@julianaggarcia.com.br