Vanessa Tuleski
  • Por Vanessa Tuleski
  • Leia em 2 min.
  • 08/10/2018
  • Atualizado em 23/10/2018 às 18:07

Previsões astrológicas de 8 a 14 de outubro de 2018

Crises podem surgir, mas semana termina com mais leveza

Previsões astrológicas de 8 a 14 de outubro de 2018

Com base no céu astrológico geral, confira as previsões coletivas para 8 a 14 de outubro de 2018. Essas são tendências que podem ser sentidas por todos. Para entender também suas tendências particulares, após a leitura consulte seus trânsitos personalizados, no Horóscopo Personare.

A semana após o primeiro turno tende a ser tensa, com aspectos que desafiam. Sol/Plutão pode fazer emergir crises em qualquer coisa que não esteja bem, enquanto Mercúrio/Urano pode tornar o dia a dia mais agitado e imprevisível, bem como emprestar impulsividade às palavras.

Em meio a isto, Vênus quadra Marte, acentuando diferenças e divergências. Por causa deste cenário, alguns relacionamentos podem ter conflitos, sendo que as tensões se refletem no plano coletivo também.

Para ajudar a amenizar, Mercúrio, a partir de quarta-feira (10) faz aspecto harmonioso com Saturno, ajudando a mente a pensar com mais maturidade. E, a partir do domingo, Mercúrio se junta a Vênus, trazendo o desejo de amenizar quaisquer diferenças que tenham havido e terminar a semana com mais leveza.

Tempo de olhar para o que não está bom

O Sol quadra Plutão, aspecto que pode fazer emergir crises, complexidade, bem como finalizações. O contato pode ser difícil, por exemplo, para pessoas que estejam com entes queridos hospitalizados, com saúde muito precária, que podem vir a falecer. Ou, ainda, levantar crises em relação a questões financeiras, sejam individuais ou coletivas. Apesar de crises não serem algo agradável, muitas vezes são necessárias, levando a mudanças e correções de rotas.

Como o Sol transita por Libra, o signo dos relacionamentos, algumas situações podem se revelar difíceis nas relações. Dado à intensidade deste aspecto, recomenda-se especial cuidado com movimentos e atitudes nos relacionamentos, o que também está sendo avisado pela retrogradação de Vênus, já que embates aqui podem ser mais acirrados e se tornar também disputas de ego ou de quem é mais forte. Portanto, pode ser melhor evitar interferências não solicitadas, colocar o outro contra a parede e outras atitudes que tendem a causar reatividade. Ficar mais na sua pode ser mais prudente. E quem mora em regiões perigosas e/ou transita por elas precisa se acautelar. Um clima de maior desconfiança e eventualmente medo paira no ar e há uma facilidade para que haja confronto e disputa, havendo outros fatores do céu que reforçam isto, conforme explanado a seguir.

Agitação e alterações no cotidiano

De segunda (08) a sexta-feira (12), o planeta da mente e comunicação e de tudo o que rege o nosso dia a dia, Mercúrio, se opõe ao planeta do imprevisível, Urano. Isto significa um dia a dia com mais chance de surpresas e imprevistos, inclusive no que se referir a notícias, que podem chocar e/ou surpreender. Sensação de um andamento mais frenético, agitado ou imprevisível de nossa rotina.

A mente tende a estar mais estimulada e com novas ideias, mas, em alguns casos, até mesmo em excesso, com inclinação à insônia, por exemplo. Nas comunicações, o aspecto induz a uma fala mais impulsiva, sincera ou abrupta, o que, se formos pensar no aspecto anteriormente descrito, pode ajudar colocar a lenha na fogueira de divergências. Por isto, uma boa pedida possa talvez espairecer um pouco antes de falar algo impulsivo, se sentir nervosismo, e não levar tudo a ferro e fogo.

Profundidade e/ou contundência com palavras

Mercúrio muda de signo a partir de terça-feira, transitando por Escorpião até o final de outubro. Como qualquer posicionamento, há vantagens e desvantagens. A fala e o pensamento, regidos por este planeta, se tornam mais profundas, mas também mais críticas, necessárias ou não. O trânsito favorece processos terapêuticos e de cura, com a famosa habilidade escorpiana de enxergar muito além da superfície. Mas, se isto for mal manejado, há uma tendência a palavras contundentes ou ácidas em excesso. Pensamento mais estratégico. Interesse em finanças, sexualidade, psicologia e mistérios.

Administrando diferenças

Um outro aspecto que não colabora muito para um clima de entendimento é Vênus em quadratura com Marte. Ânimos podem esquentar facilmente, ou, então, é necessário lidar com diferenças. Um possível conflito pode ser entre o lado mais intenso e possessivo e o anseio por liberdade de Marte em Aquário.

Apesar de ser um contato que incrementa a sexualidade, muitas vezes também ocasiona descompasso, como, por exemplo, uma das pessoas com muito desejo (Vênus transitando por Escorpião) e a outra com a cabeça voltada para projetos e outras questões (Marte em Aquário), ou, ainda, nas paqueras, uma das pessoas desejando romance e a outra sexo sem compromisso. Por isto, o melhor neste momento pode ser tentar dar voz a anseios, mas negociar quando possível e evitar forçar a barra.

A polarização aparece no âmbito coletivo, com muita polêmica a partir do resultado do primeiro turno das eleições. É preciso pensar duas vezes para não brigar e/ou ofender por causa de opiniões políticas.

Meio da semana: cabeça mais madura

Para amenizar uma semana tão inflamada, Mercúrio faz sextil com Saturno de quarta-feira (10) a domingo (14). É um fator a auxiliar para que a mente tenha bom senso e também para que, no dia a dia, mesmo em meio à correria e imprevistos de Mercúrio/Urano, surja um senso de prioridade e/ou administração. O aspecto, portanto, apela para a faceta adulta, ajudando a pensar com mais frieza e a calcular melhor.

E, domingo (14), Mercúrio entra novamente em ação para colaborar (sendo que a próxima semana deve ser mais amena do que esta) ao se juntar a Vênus até a quarta-feira da outra semana (17), trazendo um anseio para que as relações fiquem mais leves, diferenças sejam relevadas e haja um toque de diplomacia nas relações. Aumento do interesse por interação social, lazer e vida cultural. Prazer (Vênus) nas trocas e conversas (Mercúrio).

Olá, essa matéria foi útil para você?
Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski mora no RJ e dá consultas astrológica-terapêuticas pessoalmente ou à distância, focando no que o céu tem a dizer, mas também no que o livre arbítrio pode fazer. Saiba mais