Frutas do Outono: qual a vantagem em consumi-las?

Confira receita de bolo usando caqui, fruta da estação, rica em vitamina C e fibras

Frutas do Outono: qual a vantagem em consumi-las?

Consumir frutas da estação têm benefícios que vão muito além do preço acessível. Quando o ciclo natural é respeitado, a natureza flui na mais perfeita ordem. No clima ideal, a fruta tem a possibilidade de se desenvolver com muito mais vigor, absorvendo mais nutrientes do solo, crescendo no tempo certo e favorável. Isso reflete no sabor e também na quantidade e qualidade dos nutrientes absorvidos durante seu crescimento.

Se a produção está a todo vapor, não há necessidade de interferência com o uso de produtos químicos e agrotóxicos. Por isso, além de bom para o bolso e para a saúde, consumir alimentos da safra colabora para a sustentabilidade, diminuindo as modificações no solo e uso de produtos que podem agredir o meio ambiente e os seres humanos.

Uma das frutas que estão no auge esse mês é o caqui, fruta rica em vitamina C, fibras e em betacaroteno que possui ação antioxidante e previne certos tipos de câncer. Não é muito comum utilizarmos o caqui em receitas, por isso a sugestão de hoje é um bolo aromático e mais denso, sem glúten e sem lácteos, que combina o caqui com a laranja e a canela. É a cara do outono e uma ótima opção para surpreender no café da tarde!

Temos basicamente dois tipos de caquis mais conhecidos: o rama forte, que é o caqui “mole”, mais doce, e o caqui fuyu, de textura mais firme, que foi usado nessa receita. Há também o caqui giombo, também conhecido como caqui chocolate, que possui sementes e listras marrons na parte interna.

Além de ser utilizado em bolos, uma outra boa opção é servir o caqui em fatias no meio de uma salada verde caprichada, com algumas nozes torradas picadas para contrastar com o adocicado da fruta.

Bolo de Outono

Massa:

  • 1 1\4 xícara (chá) de farinha de arroz
  • 1\2 xícara (chá) de fécula de batata
  • 1\4 xícara (chá) de farinha de amêndoas (ou faça como eu fiz: bati amêndoas no liquidificador até virar farinha, deixando alguns pedacinhos maiores)
  • 1 colher (sopa) de raspas de laranja
  • 3\4 xícara (chá) de açúcar demerara
  • 2 colheres (chá) de canela em pó
  • 3 ovos
  • 1\2 xícara (chá) de óleo
  • 1 xícara (chá) de suco de laranja
  • 1\2 xícara (chá) de caqui fuyu sem pele picado
  • 1 colher (sopa) de fermento químico em pó

Para cobrir a forma:

  • 1 caqui fuyu cortado em rodelas
  • 1 colher (sopa) de melado de cana

Preparo:

Em uma vasilha misture a farinha de arroz, a fécula de batata, a farinha de amêndoas, as raspas de laranja, o açúcar demerara e a canela em pó. Acrescente os ovos, o óleo e o suco de laranja. Mexa até ficar homogêneo. Coloque o caqui e por último, o fermento.

Unte uma forma redonda de fundo removível de 20 cm de diâmetro com óleo. Forre o fundo da forma com papel manteiga (corte o papel de forma que forre somente o fundo), espalhe o melado em cima do papel e acomode as rodelas de caqui.

Coloque a massa por cima e asse em forno médio preaquecido (180 graus) de 35 a 40 minutos. Faça o teste do palito.

Aguarde amornar para desenformar.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Monalisa Cavallaro

Monalisa Cavallaro

Nutricionista e terapeuta, trabalha integrando a nutrição do corpo, mente e alma. Intolerante à lactose, criou o blog "Diário Sem Lactose" - www.diariosemlactose.com. E-mail: monalisacavallaro@gmail.com / Instagram: @monalisacavallaro Saiba mais